Resenha: O Circo da Noite

by - sexta-feira, maio 18, 2012

 Olá pessoal!

E mais uma resenha saindo, agora do livro "O Circo da Noite". Confiram e comentem.

Dados de Publicação
Autora: Erin Morgenstern
Páginas: 368
Ano: 2012
Editora: Intrínseca

Pensem em um circo dos sonhos, como ele seria? Cheio de cores e movimento? Bom, o circo Le Reves, ou o circo da noite, tráz a magia em cada detalhe, suas cores são pretas e brancas, seu objetivo não é somente transmitir alegria, e sim encantar o expectador, fazendo com que este não se esqueça jamais que um dia esteve lá. Dentro deste cenário incrível, uma competição está sendo travada entre Celia e Marco, e apenas um sobreviverá.
Celia fora mandada para seu pai, o grande mágico Próspero, ele era cruel e dominava a magia sobrenatural e passava para seus expectadores a impressão de que tudo era um ilusionismo bem aplicado. Mas não era. A mágia corria por seu sangue, e de sua filha também. O mágico não era um bom pai, e colocou Celia numa competição mortal, ele cortava as pontas dos dedos da filha até ela conseguir curá-los rapidamente.

Do outro lado Marco estava sendo preparado, lendo e aprendendo muito sobre simbolos e coisas que o fossem ajudar na competição. Mas os protagonistas não faziam ideia de que tipo de combate era esse, quais eram as regras, só sabiam que tinham que ser bons.
O circo passa por diferentes locais, e entre Marco e Celia nasce o amor, mas o jogo não pode ser interrompido. E agora? Como terminará esse jogo? O que na verdade envolve esse circo?
Confesso queridos leitores, que fui com muita ansiedade ler esse livro, a sinopse muito bem trabalhada e chamativa, uma capa linda, um bom marketing sobre a estória, enfim tudo me levou a crer que eu simplesmente iria amar esse livro. Não, não amei, mas ao terminar a leitura pensei, até que é um livro bom, mas ainda assim faltou algo.
O espaço da obra foi muito bem feito, a imagem que se constrói na mente do leitor do circo é simplesmente linda, as cidades que também foram citadas, as quais o circo passava, como Londres, Paris, etc, também me chamaram a atenção. A autora usou muito da sinestesia, através das palavras escolhidas é como se pudessemos ver o circo a nossa frente, sentir o gosto dos doces, o cheiro. Logicamente que para tanto Morgenstern foi detalhista, então demorei mais para ler a estória. Nesse circo não há palhaços ou aquelas coisas que estamos acostumados a pensar quando essa palavra nos vem a mente. Ele é misterioso, repleto de magia, que encantam o leitor.
No decorrer da leitura comecei a sentir falta de algo, o mistério que envolvia a estória era perceptível, mas ainda assim eu esperava alguma coisa, algo que me prendesse ao livro,  não consegui me prender a estória. Esperei, li, e o encantamento que esperava não encontrei.
Há um grande mistério a respeito da competição entre Marco e Celia e a todo momento esperei por um embate, mas não houve. Foram poucas as cenas que os personagens estavam juntos, até a metade do livro eles ficam mais separados. Não há um romantismo, o qual estamos acostumados com alguns livros, então se você for ler esse livro não espere uma estória de amor de tirar o fôlego, porque você não encontrará.
Eu fui muito mais envolvida pelo cenário, do que pela estória em si. Há um terceiro personagem, o jovem Baley, que terá uma importância na estória, mas eu ainda assim esperava mais. Ao terminar de ler, até que gostei da estória, mas mesmo assim senti que faltou algo, e que o livro prometeu mais do que cumpriu. Então aconselho a quem for ler, que não vá com a mesma ansiedade que eu fui, para não se decepcionar.
A diagramação é linda, a capa, as páginas, a divisão dos capítulos, que tem trechos misteriosos, que envolvem o leitor no cenário do circo, o que faltou mesmo foi uma melhor elaboração da estória por parte da autora.
O Circo da noite é um livro até que bom, vale a pena ser lido, mas sem muita ansiedade,  não é uma estória de tirar o fôlego e que faça o leitor se prender as suas páginas. Eu diria que valeu a pena lê-lo muito mais para conhecer o circo, do que pelos personagens e o seu enredo.


Leia também

18 comentários

  1. Muito anciosa pra ler esse livro ! Gente que pai horrivel ele esse homeme parece ser ! Ele cortava os dedos da filha pra ela curar ! Que horror ! Afora sim preciso desesperadamente desse livro ! Otima resenha !

    ResponderExcluir
  2. Nhaai que pena que você não gostou, eu amei o livro. Deve-se levar em consideração que o personagem principal é o circo, não Celia e Marco. Mas botar muita expectativa e ansiedade em um livro é tenso mesmo, eu mesma já me decepcionei muito.

    Ótima resenha, uma pena que você não tenha se encantado ;)

    Beijitos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Daiane

    Eu havia ouvido falar deste livro. Bem, como não li a história pouco tenho a argumentar. No entanto, você não acha que o seu entusiasmo inicial gerou altas expectativas em relação a narrativa? Pelo menos comigo ocorre isso. Enfim, gostei muito da sua resenha.Embora tenha deixado clara sua opinião, você conseguiu nos mostrar os pontos de destaque do livro e isso fez com que o meu interesse pela obra permanecesse.

    Abraços e bom fim de semana,
    Islayne

    ResponderExcluir
  4. Oi Day
    A narrativa de Erin é bem detalhista em alguns momentos, e acho que esse foi o maior problema dos leitores que não curtiram tanto o livro. De fato a atmosfera do circo é mágica.
    Eu me apaixonei pelos personagens e o romance (que não foi lá aquelas coisas, mas ainda assim tiveram vários quotes que me fizeram suspirar), e estou ansiosa para ver o circo nas telonas.
    Ótima resenha
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Esse livro foi bem disso: ame/odeie. Eu, até hoje não li, mas pretendo lê-lo. Eu, ultimamente, não estou lendo nada com muita expectativa, e estou me surpreendendo até com o que nem é tão bom assim. Ou seja, está sendo ótimo, haha. Mas, que pena que você tenha achado que faltou algo no enredo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi flor,
    Bom acho que você já sabe de toda minha ansiedade para ler esse livro, que em breve vai chagar up\o/
    Agora vou tentar não ler esperando muita coisa não rs.
    Parabéns pela resenha.
    Bom final de semana.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. @cyberlivingdeadmaio 19, 2012

    Olá, Daiane!
    Estou com esse livro aqui em casa, mas lerei sua resenha.
    O circo é e acredito que sempre será um local de magia que mexe com a nossa imaginação. Esse enlace amoroso no livro dá um tom meio trágico para a história, né? Apesar do romance ser bem leve. Afinal como amar alguém e saber que você deveria enfrentá-lo em um embate mortal? Complicadíssimo! Esses detalhes da autora focar na descrição do cenário enfatizam que o grande personagem é o circo, ao menos é o que se pode deduzir.

    Beijos!
    http://policialdabiblioteca.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Expectativa faz-nos imaginar mil e uma coisas, né? É muito ruim quando nos impulsionam a esperar algo e depois nos deixam na mão. Mas eu fiquei realmente curioso por ler esse livro, você fez uma resenha aparentemente muito justa e imparcial.
    Gostei daqui. Visita-me?
    ;*

    ResponderExcluir
  9. Não li este ainda.Já vi muitas resenhas de pessoas que adoraram e outras que nem tanto.A história me chama a atenção.
    Parabéns pela sinceridade de sempre.
    Beijos
    Ingrid.

    ResponderExcluir
  10. Acabei de chagar da reunião da editora intrinsica na minha cidade ! E esse livro maravilho foi esplicado la ! A resenha esta otima !

    ResponderExcluir
  11. Olha, esse livro é um pouco estranho qnto a opiniões, mta gente gosta e mta gente ñ, qse ñ se tem meio termo. O lançamento dele foi aquele auê e estava super empolgada pra ler, mas agora, tenho lido bem isso que vc disse, que é uma estória mais morna e sem mta empolgação. Vamos ver qndo lerei!

    Bjs, @dnisin
    http://diamanteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Eu espera que sua resenha fosse dar menos estrelas, porque tinha visto seus comentários.
    Esse livro dá muitas opiniões diversas.
    Vou ler e vejo de que lado vou ficar.

    Bjos,
    Cida

    ResponderExcluir
  13. Eu estava morrendo de vontade de ler esse livro e ainda estou. Gostei da sua resenha, mostrando os lados positivos e negativos. Vou tentar não esperar mais do livro do que ele pode fornecer..

    Beijos,
    Gaby
    pitadadecultura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Não gosto muito de palhaço, as vezes gosto, as vezes me causam arrepios. Achei bacana o livro não ter como personagens palhaços, e sim mágicos. E que pai é esse em!? Cortar as pontas do dedos da filha. Enfim, espero um dia ter a chance de conferir o livro e me maravilhar com o universo circense cheio de mistérios. E vou me lembrar de não ir a fonte com muita sede ;)

    ResponderExcluir
  15. Ai, acontece umas coisas bem cruéis por parte dos pais mesmo, mas mesmo assim essa história não me convenceu, exceto pelo circo que conseguiu encantar e os detalhes físicos do livro, lindos.

    Ótima resenha, realmente Celia e Marco, pifaram todo o tesão q eu tinha pelo menos. E palhaços, morro de medo daqueles muito caricatos e carecas, se for só o rosto pintado, tudo bem.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  16. Depois que li Água para elefantes fiquei totalmente interessada em livros que tenha em sua história circos.
    Sendo assim esse não foge disso.
    Ótima resenha.

    ResponderExcluir
  17. Ain não acredito q não tenho esse livro ainda e q não li pra contar o q achei, cada um tá falando uma coisa, e qro ter minha opinião.

    Um beijo!

    Pauliane

    ResponderExcluir
  18. Nossa, que triste, vc não é a primeira pessoa que fala assim desse livro... e logo agora que já encomendei =S

    Assim, pelo menos ele é bonito... e vai que gosto dele
    :D

    tenho esperanças ^^

    Obrigada pela sinceridade
    bjus e até

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011