Resenha: A Seleção

by - quinta-feira, outubro 25, 2012

Olá pessoal!

Vamos para mais uma resenha aqui no blog, dessa vez do livro "A Seleção" do selo Seguinte de nossa Editora parceira Companhia das Letras. Confiram!

Dados de Publicação:
Autora: Kiera Cass
Páginas: 357
Ano: 2012
Editora: Seguinte
Compre aqui: Livraria Saraiva


O livro "A Seleção" da autora Kiera Cass, é narrado em primeira pessoa pela personagem America Singer, uma jovem e bela moça pertencente a quinta casta. Em uma sociedade divida em castas, no total oito, em que as primeiras são mais ricas e as outras mais pobres, 35 garotas são escolhidas para a Seleção, essa é a chance imperdível, pois a selecionada se casará com o princípe Maxo, sendo a futura rainha e melhorando a sua vida e de seus familiares.
America Singer é uma moça pobre, porém com belos dons artísticos além de ser muito bonita, sua mãe insiste para que ela participe da Seleção, mostrando assim uma face interesseira e aproveitadora a meu ver sobre a filha, mas depois percebemos que ela a ama e tenta ou pensa estar fazendo o melhor por ela. America é então escolhida para a Seleção, mas para ela tudo é como se fosse um pesadelo, pois terá de deixar para trás sua família e o seu amado, para viver em um palácio regado a mordomias, e disputar com outras 34 meninas a coroa.
O palácio sempre é atacado por grupos rebeldes, e a família real também guarda seus mistérios. Cercada de diversas outras meninas, a protagonista faz amizades e também inimigas, as quais não medem esforços para alcançarem seus objetivos. Até que America e o príncipe se conhecem, e alguns pré-conceitos começam a ser quebrados, quem sabe a Seleção não começa a ficar mais interessante?
Um livro que nos faz pensar, refletir sobre diversas questões em nossa sociedade atual. Kiera Cass nos mostra um mundo em que simples coisas, como fazer todas as refeições diárias para alguns são um luxo. Percebe-se que o público alvo do livro é o infanto-juvenil, entretanto esse pode ser lido pelo público mais adulto também, ele nos entretém bem, nos faz pensar, rir e se emocionar em uma leitura leve.
Algo que me incomodou um pouco foi à questão da personagem America se sentir inferior, não reconhecer sua beleza, aquela questão da mocinha bonita ter complexo de inferioridade, entretanto seu lado forte, decidido e até emocional conseguiu encobrir essa outra característica. Ela em algumas vezes é impulsiva, sentimos seus medos, duas dores, e sabe também ser irônica. Conseguimos nos identificar com ela.
A personagem mãe de América, em alguns momentos me irritou, parecia ver a filha como produto, não pensar no que realmente a garota queria. Já seu pai é um doce, respeita a opinião de América e a ouve incentivando a seguir seu coração. May, a irmãzinha, é uma pré-adolescente muito fofa, levada e irritante, me lembrei da minha própria irmã.
Muitas garotas veem essa seleção como a chance de mudar de vida, de enriquecer, e vemos que o real objetivo é a coroa e nem tanto o amor do príncipe. Maxon, com o decorrer do livro, através de América, conhece e aprende o que seus pais jamais lhe mostraram, a realidade além dos muros do castelo, a pobreza e desigualdade. Percebemos nesse livro de forma implícita que a autora nos reserva surpresas e segredos sobre a família real, o que me deixou bem curiosa.
A Seleção é um livro leve, fácil de ler, diferente também. A capa é simplesmente linda, e nos revela muito da estória, a narrativa é envolvente e muito bem escrita. Como citado anteriormente, o público é juvenil, mas nada nos impede de lê-lo e gostarmos, é uma ótima leitura para aqueles que querem ler algo diferente e ao mesmo tempo em que te envolva. A dúvida no coração de América, o príncipe e o plebeu, desfiles de vestidos, quem será a futura princesa, são características da obra que sempre vão mexer com nossos corações. Recomendo a leitura e espero ansiosamente pelo próximo!



Leia também

17 comentários

  1. Otima resenha e tenho que admitir que esse livro parece ser bem legal porque eu o começo eu achava a história meio chata ... mas vejo que me enganei e a história bem interessante ... vou ler esse livro conceteza ^^ Afinal quem não gosta de ver a história de uma princesa ou futura princesa kk

    ResponderExcluir
  2. Apesar de refletir aspectos da sociedade medieval -e da nossa própria - sinto que esse livro é um tanto fútil. Garotas concorrendo pra casar com um príncipe bonito, rico (óbvio) e que não conhece a realidade fora do castelo? Clichê e infantil, na minha humilde opinião. Mas também acho que a maioria das distopias não consegue ser original, é uma coisa própria do gênero. Então, não estou desesperada pelo livro, ele nem está na minha lista de desejados, mas não o descarto. Minha visão pode estar completamente equivocada, né? ^^

    http://queridos-sapiens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu quero tanto ler!
    Um beijo.
    http://livrodagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Já li algumas resenhas sore esse livro, e a cada uma delas, fico mais interessado em ler, pois além de ser uma distopia, ele aborda um tema que gosto bastante, que é Reality Show. Outra coisa que gostei foi a capa, é realmente bem bonita.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  5. Li recentemente e também achei bem interessante. Agoramquero descobrir com quem ela vai ficar.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  6. eu acho essa capa linda
    sou doida pra ler esse livro

    ResponderExcluir
  7. Eu já vi essa capa muitas vezes, mas é a primeira vez que leio, resenha e sinopse.
    Achei linda. sua resenha e tudo.
    Parabéns pelo blog.
    Beeijos

    ResponderExcluir
  8. Eu li algumas resenhas sobre ele e me interessei muito, a sua so aumentou minha curiosidade. Nunca li nada sobre castas, mas quero ler...Vamos ver quem será a princesa ahaha
    A capa é linda *-*

    ResponderExcluir
  9. A capa desse livro é simplesmente perfeita...
    Não tenho tanto interesse em lê-lo, mas quem sabe.

    Ótima resenha,
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Eu também amei esse livro e fiquei com vergonha da sua resenha,pois foquei no romance e nem dei bola para a crítica social,parece que eu sou fútil,mas não sou não... Também amei o livro e estou LOUCA pela continuação!!

    Que resenha Dai!!!!

    Bjsss

    Bianca

    ResponderExcluir
  11. Adorei a resenha!!
    Eu ja tinha me interessado pelo livro so pela capa linda kkk, mas ele parece ser, realmente mto bom =)

    bjoo

    ResponderExcluir
  12. Oiii esse é um dos livros que quero mtoo ler...adorei sua resenha, a capa é simplesmente lindaaa....

    BjOs!!!

    ResponderExcluir
  13. Nossa que resenha linda. Quando você falou sobre a seleção me lembrou Jogos Vorazes, o fato de só uma pessoa ficar com o príncipe. Isso mexeu um pouco com o meu coraçãozinho, rsrsrs'. Pois adoro história onde o homem tem que escolher com quem ele vai ficar. (:

    Em outras palavra, adorei a resenha e só fiquei com mais vontade de comprar esse livro.

    Beijinhos, Alícia.

    ResponderExcluir
  14. O livro tem um capa bem atraente, mas infelizmente no momento ele não é o tipo de distopia que eu estou procurando, eu quero ler uma distopia cujo tema principal seja a crítica social, e pelas resenhas que eu li a trama de A Seleção gira em torno de um romance.
    Abraços.

    http://viciadoemlivrosefilmes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Sua resenha ficou ótima, a capa do livro é linda, o livro parece interessante mas não me empolguei muito pra ler, já que ele é muito parecido com Academia de Princesas, livro no qual algumas garotas passam a morar juntos e a "treinar" para conhecer o principe que escolherá uma delas pra se tornar a rainha. Ambos os livros são direcionados para o mesmo publico, então esse vai ser um livro que eu só lerei se achar em uma super promoção ou acabar ganhando.

    ResponderExcluir
  16. Apaixonante poder e principalmente amar, gostar, deliciar -se com a leitura e sua diversidade que vai mexendo conosco de forma tão intensa, intima de cada pessoa... 03/12/2012 Odete Vasconcellos.

    ResponderExcluir
  17. Como estou lendo vários livros ao mesmo tempo; providenciarei este o mais breve; pois me chama, aguça e convida a viajar.... no mundo mágico da literatura.... Odete Vasconcellos. 03/12/2012

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011