Resenha: Jogador nº1

by - quinta-feira, dezembro 27, 2012

Olá pessoal!

Que tal mais uma resenha? Agora do livro "Jogador nº 1" publicado pela nossa editora parceira LeYa. Vem conferir!

Dados de Publicação:
Autor: Ernest Cline
Páginas: 462
Ano: 2012
Editora: LeYa

"Original, único e irresistível"

Imagine um suspense cibernético, com várias referências aos anos 80, inimigos reais, um mundo real que depende do que acontecerá no virtual, louco não é mesmo? Mas ao mesmo tempo fascinante e único! Assim é Jogador nº 1, ambientado no ano, o mundo cofre com a falta de recursos e as pessoas vivem numa pobreza extrema. Wade, nosso protagonista, tinha uma vida difícil vivendo com a tia que o desprezava, então para fugir um pouco dessa realidade, passava horas e horas em frente ao computador, ele praticamente aprendera quase tudo por essa máquina. Ele ficava conectado ao OASIS, uma utopia virtual na qual seus usuários podiam ser o que desejassem.
Mas a trama começa quando o criador do OASIS falece. No seu testamento ele deixara claro que herdaria sua grande fortuna aquele que conseguisse desvendar os enigmas escondidos dentro desse jogo. Começou então uma caçada por esses enigmas, milagres de pessoas online, que ficaram conhecidos como caça-ovos, a pista deixada pelo criador era que os enigmas eram baseados na cultura pop dos anos  80. Então as pessoas começaram também a estudar de maneira obsessiva esse período.
Alguns anos foram se passando, e nada de alguém encontrar o primeiro desafio, até que Wade o encontra. As atenções voltam-se novamente para esse jogo e em especial para Wade e seu avatar Parzival. Milhares de pessoas se voltam para essa busca, alguns estão dispostos a tudo, inclusive assassinatos, para encontrar esse prêmio primeiro, pessoas e grupos poderosos desejam esse poder e não querem Wade em seus caminhos. Agora só resta ao nosso jovem protagonista vencer, mas e quando nossas emoções, o mundo real e a nossa vida estão em jogo, o que pode acontecer?
Envolvente e complexo foram essas as primeiras impressões que tive desse livro. Quando o tive em mãos comecei a lê-lo e logo me senti envolvida, era irresistível, mas ele também me pareceu complexo, na minha infância eu não jogava games, nasci na década de 90 e não sou uma fã assídua dos anos 80. Ainda não jogo e conheço bem pouco esse meio. Não assisti Matrix (me julguem). Então não foi muito fácil compreender algumas coisas. Mas a forma como o autor foi colocando as referências, percebia-se que ele teve calma, não foi nada simplesmente jogado nas páginas, justamente para que leitores como eu pudesse compreender a obra.
Ao final do livro obtive um grande aprendizado, e posso dizer que gostei. É diferente quando você pega para ler algo que não está acostumado, a aventura e surpresas que você encontra são inovadoras e nos fazem aprender. O suspense era o que mais me chamava à atenção durante a leitura, queria saber o que ia acontecer, como seria o fim, se Wade ganharia ou não. A leitura não foi fácil, demorei, mas li e foi uma experiência única.
Um dos melhores livros que li esse ano, justamente por conter aquilo que eu mais admiro: a originalidade. Ele não é previsível, e pode ser lido mesmo por pessoas que assim como eu não conhece bem esse universo dos games, acredito que para aqueles que conhecem bem esse meio a leitura se torne mais fácil.
A escrita de Cline não é pesada, demoramos um pouco para ler, mas acredito que esse fato se deve aos detalhes que compõem a obra, os quais são necessários para composição do cenário e da trama. Você realmente se sente dentro de um mundo virtual e começa a refletir sobre o mundo real, uma ficção fantástica! Ele te faz refletir sobre o futuro que a humanidade está traçando para si. Consegui fazer algumas comparações com pessoas famosas da nossa realidade, mas bem poucas.
Gostei da capa, achei simples e apropriada ao livro. A diagramação interna está muito boa, justamente pelos detalhes. Os direitos de filmagem do livro já foram comprados, então em breve terá o filme. Recomendo a leitura para amantes de games, curiosos e que gostam de uma boa ficção, e também para aqueles que querem ler algo diferente do que está acostumado, afinal é bom experimentarmos novos gêneros e novas histórias, nosso conhecimento literário se expande bem mais.


Leia também

18 comentários

  1. Essa é a segunda resenha positiva que eu vejo desse livro. Ele realmente não faz meu estilo. Mas como as duas resenhas que li estão maravilhosas eu fiquei bem curiosa em relação a ele, e acho que leria mesmo assim.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Então flor...já havia lido algumas resenhas desse livro anteriormente,mas nenhuma delas me chamou a atenção.
    Sei lá, nunca gostei muito de games, esse lance meio cibernético e mesmo lendo sua resenha, continuei não querendo ler o livro.
    Sempre costumo dizer que é preciso uma afinidade pra se ler uma obra e comigo, ainda não pintou com esse..rs
    mas quem sabe, qualquer hora dessas, a vontade aparece e me aventuro nessa ficção né?

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. o livro nao é meu estilo, mas ele parece mt bom por isso fico com vontade de le-lo.

    ResponderExcluir
  4. Oie :)

    Eu li várias resenhas positivas desse livro então acho que vou conferir ..... Será que o filme vai ser um Tron da vida ? porque eu odiei aquele filme tomara que não né , parabéns pela resenha muito boa :D

    euvivolendo.blogspot.com ( comenta lá D: )

    ResponderExcluir
  5. Eu já vi esse livro e acho que ele pode ser uma boa história ... confesso que eu jogava muito quando era criança .. principalmente Mario kk Também é um livro que não fã meu estilo mas acho que vou tentar lé-lo ^^

    ResponderExcluir
  6. Achei a resenha incrível, e não é a primeira que leio deste livro, todas positivas, acho que será bom ter a oportunidade de lê-lo.

    ResponderExcluir
  7. A capa desse livro é mega anos 80! rs... Desde que descobri que ele falava sobre essa época, fiquei louca pra ler... Amava o Atari! hahaha... será que os games citados são dele? Mantivemos ele em casa por bastante tempo, até que a manutenção se tornou muito cara. Uma ideia muito original mesmo a do autor, estou louca pra ler e conhecer esse OASIS, acho que vou amar o livro.

    ResponderExcluir
  8. Que legal! Achei muito interesante e criativa a sinopse do livro.
    Eu, que cresci nos anos 80 e vivi bem a cultura, as brincadeiras, o universo novo com a entrada do videogame, as músicas, enfim, uma década maravilhosamente rica... Sinceramente? É o primeiro livro desse gênero que mexeu comigo, exatamente pela época a que se refere. Quero ler, sim!

    ResponderExcluir
  9. vc me deu uma otima dica de presente!!! tenho um amigo que é viciado em livros desse genero e eu por não gostar e muito menos saber o que ta no top tava perdidinha!!! Obrigada!!! vou arrasar com o meu presente

    ResponderExcluir
  10. Não sou muito fã de distopias...mais esse parece ser bem interessante!
    xoxo

    ResponderExcluir
  11. Eu já tinha visto a capa deste livro,mas ele não me chamou a atenção vou confessar que nem sabia do que se tratava a história,mas agora me arrependo parece ser bem legal espero ter a oportunidade de lê-lo logo.
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Só li resenhas positivas a respeito desse livro, mas por ser um gênero que eu não gosto muito, sempre fui deixando pra lá. Mas concordo com você, temos que experimentar gêneros literários diferentes, porque às vezes você acaba gostando ou, no mínimo, ampliando horizontes.

    ResponderExcluir
  13. Eu já li muitas resenhas positivas sobre esse livro. Eu pretendo ler, mas não sei bem quando. Tenho vontade de comprá-lo também e presentear meu irmão, pois ele não tem o hábito de ler, mas como ele é um gamer, acho que isso poderia fazê-lo ler e, assim quem sabe, ele goste e comece a ler outros livros.

    Ótima resenha, beijos.

    ResponderExcluir
  14. Apesar do genero naos ser o que sou acostumada a ler estou bem curiosa a respeito do livro, gostei dele pelo fato da historia se passar em na decada de 80 (se nao me engano).

    ResponderExcluir
  15. Tenho Jogador N°1 a um tempo e a sua resenha me fez ficar ainda mais interessado, já esta na minha meta especial de 2013 e muito em breve vou le-lo!!

    ResponderExcluir
  16. Infelizmente ainda não tive oportunidade de ler esse livro, mas posso falar que estou muito curioso. Gosto de livros que abordam essas caçadas ao tesouro, e em uma realidade virtual, cheia de mistérios, enigmas, assassinatos e aventuras, fica melhor ainda. Espero ler em breve.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  17. Esse tb foium dos melhores livros ie li em 2012, amei muito. Mas sempre fui viciada em jogos, acredito que isso faça eu gostar ainda mais rs.
    E como assim ainda nao viu matrix?? Assista!!


    Bjooo

    ResponderExcluir
  18. Oiii comprei esse livro recentemente, e espero gostar, tbm não joguei mto video game, mas um pouco dessa década eu sei e curto...então espero entender e gostar do livro...

    BjOs!!!

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011