Profissões para quem gosta de ler - Parte 3

by - terça-feira, janeiro 22, 2013

Olá galera!

Tudo bem? Hoje trago então para vocês a terceira parte da coluna "Profissões para quem gosta de ler". Dessa vez a profissão escolhida foi através de uma sugestão (não me lembro quem sugeriu, sorry). O curso é "Direito", todos sabemos que um estudante e profissional dessa área devem ler muito. Mas como é um curso que eu conheço pouco, pedi ajuda para um estudante da área que assim como nós é um leitor assíduo. O convidado é o Matheus do blog Vida de Leitor.
O Matheus me concedeu uma entrevista, na qual perguntei algumas questões básicas que sempre fazemos antes de adentrar um curso, mais para nos ambientarmos mesmo e o conhecermos melhor sob o ponto de vista de um acadêmico dessa área. Então, vamos conhecer melhor esse curso? Confiram:

DIREITO

"É a ciência que cuida da aplicação das normas jurídicas vigentes em um país, para organizar as relações entre indivíduos e grupos na sociedade. Zelar pela harmonia e pela correção das relações entre os cidadãos, as empresas e o poder público é a função do bacharel em Direito" - Guia do estudante 

(Daiane) - O que o estudante de Direito vai estudar?
(Matheus) - Nos primeiros períodos o Acadêmico do Direito faz um apanhado básico de assuntos e matérias introdutórias que irão garantir sua maior compreensão das leis e matérias específicas do Direito. Matérias como Introdução ao Estudo do Direito, Filosofia, Sociologia, Filosofia Jurídica, Sociologia Jurídica, Português e Técnicas de Argumentação são sempre as mais comuns. Contudo, isso dependerá da faculdade, já que cabe a cada instituição escolher qual grade melhor se adéqua ao tempo dos professores.
Ao passar dos primeiros períodos começam então os estudos específicos como Direito Penal, Civil, Constitucional e outros. O aprendizado é linear, por isso, para não sobrecarregar o aluno, muitas instituições dividem as matérias em unidades como Direito Penal I, II e III, já que fazer um estudo do Código Penal Brasileiro em apenas 6 meses é um pouco tenso.
A intensidade com que determinada matéria será explorada também varia de faculdade para faculdade. No meu caso, minha instituição tem um viés mais Empresarial/Tributário, ou seja, tais matérias são exploradas mais a fundo.

Por que você escolheu Direito?
(Matheus)  Por 2 motivos: primeiro porque sempre amei ler e segundo porquê não estava satisfeito com a atual posição de nosso judiciário e queria poder fazer algo a respeito e, para isso, precisava me informar mais sobre o assunto para ter argumentos para tentar mudá-lo, mesmo que somente um pouco.

Tem algum requisito para quem quer adentrar nessa área?
(Matheus) Gostar de ler é essencial para um Acadêmico do Direito pois um determinado tema possui N livros lançados e inúmeras doutrinas diferentes, cabendo ao aluno ler e desenvolver sua própria linha de raciocínio.
Outro requisito é ter a mente aberta. Durante várias etapas do curso você estará em uma situação em que o tema que precisará explorar, ou desenvolver algum artigo/trabalho, não será de seu agrado e muitas vezes te deixará indignado, como quando eu tive que ser a favor do aborto mesmo sendo contra. O mesmo ocorrerá quando for seguir sua profissão. Em muitos momentos da vida você terá que defender alguém que cometeu crime ou um pai que não pagou a pensão alimentícia do filho que estava passando fome.

É fácil conseguir estágio e depois se estabilizar na área?
(Matheus) Se você for um aluno dedicado e que tire pelo menos algumas horas durante a semana para estudar a fundo as matérias que viu em sala de aula a resposta é sim. Quando se tem vontade de aprender e dedicação no que faz as portas tendem a abrir e muitas vezes os estágios que conseguimos são por recomendação de nossos próprios professores.
A graduação em direito também abre uma gama de possibilidades para concorrer a cargos públicos por meio de concurso como: polícia, serventuário dos tribunais, promotores, defensores públicos, procuradores e etc.

Como está o mercado de trabalho para o formando em Direito?
(Matheus) Difícil e muito competitivo. A cada ano mais faculdades de Direito abrem sua portas ao tempo que aquelas que abriram no ano anterior estão fechando por não conseguir manter o nível de ensino ou boa porcentagem de aprovação na famosa “prova da OAB”. Contudo, como disse acima, quando você se dedica e estuda as chances são muito maiores do que aqueles que preferem ir para a balada todo final de semana e só assistem as aulas.

Quais as maiores dificuldades?
(Matheus) A minha principal dificuldade são os preços dos livros. Existem livros que chegam a custar R$300,00 um único volume (séries com 5 ou 6 volumes) e, como sou estagiário, não posso comprar em face ao salário que recebo.  Outro problema é a mensalidade das faculdades particulares para aqueles que não atingiram o sonho de uma Federal (como eu... Hahaha).

Qual o tempo de duração do curso?
(Matheus) 5 anos com 10 períodos de 6 meses. Contudo, algumas faculdades não adotam esse sistema e a divisão é feita por ano, ou seja, são 5 períodos de 1 ano. Quanto mais graduado o aluno, maiores as chances dele ter uma carreira de sucesso (isso não é regra) então podemos adicionar mais 2 anos de pós-graduação, 2 anos de mestrado e 2 anos de doutorado... Hahaha

Tem algum conselho que daria para quem optar por Direito?
(Matheus) Tenha certeza de que este é o curso que quer. Muitas pessoas começam o curso achando que será algo fácil e tudo mais e não conseguem acompanhar o ritmo. Direito é um curso que requer constante estudo e pesquisa por parte do aluno e do próprio advogado, já que a cada dia sai/altera alguma Lei, jurisprudência ou súmula dos tribunais superiores. Fazendo com que seja necessária a constante atualização.

Matheus muito obrigada pela entrevista, acredito que ajudará muitos que estão ainda estão em dúvida, além de nos ajudar a conhecer melhor esse curso tão maravilhoso.

E ai pessoal o que acharam? Tem mais sugestões de cursos que gostariam de ver aqui? Coloque nos comentários, e semana que vem apresentarei a vocês um outro curso também muito legal!

Beijos!

Leia também

33 comentários

  1. Não gosto muito de direito mas faço "Ciências Sociais", exige muita leitura e é bem bacana ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá estou pensando em seguir esta área da Ciências Sociais, poderia comentar um pouco sobre ela. Mercado e os anos na faculdade. Agradeço desde já e parabéns por seguir este caminho!

      Excluir
  2. Eu sonho em cursar direito. Esse ano estou indo para o segundo ano, mas já sei para qual curso prestarei vestibular ano que vem!
    Um beijo.
    http://livrodagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. ok. Desisti de fazer Direito. Ou melhor...acho que Direito deveria ser matéria do currículo básico das escolas estaduais, pois todos os alunos deveriam aprender um pouco sobre o que eles tem direito pra que não fossem enganados no futuro. É por desconhecer as leis que muitas pessoas são enroladas hoje em dia por empresa, pessoas inescrupulosas e etc.
    Pensando melhor, talvez eu faça Direito pra complementar a minha graduação em Jornalismo. Imaginem uma jornalista com curso de direito: vou entender tudo daquelas publicações oficiais do governo que são uma importante fonte de informação ( e que ninguém dá a mínima) e seria uma ótima investigadora.
    Muito boa essa sequência de posts profissionais. O próximo vai ser Jornalismo, né? Hahahahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jornalismo está na pauta hahaha mas tem outras profissões q tbm colocarei

      Excluir
  4. Olá !
    Direito é uma daquelas carreiras que se você não gosta de ler, melhor nem começar.
    E na verdade, é leitura para o resto da vida.
    abraços
    Melissa
    http://decoisasporai.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Melissa, eles leem muito! Um curso que sempre tem que estar lendo e se atualizando

      Excluir
  5. bem legal entrevistar alguem que faz ese curso, d auma visão mais panoramica do curso e do que se pode esperar

    ResponderExcluir
  6. Quando eu era pequena sonhava em fazer Direito, mas com o passar dos anos essa vontade passou. Acho que essa área não tem muito a ver comigo, mas gosto bastante desse curso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já pensei tbm em fazer Direito, mas fiz outras escolhas e para ser sincera não me arrependo hahahaa é um curso ótimo, mas acredito que meu perfil não se encaixe muito bem

      Excluir
  7. Eba o/ Eu que havia pedido pelo curso de direito :3 Obrigado Daiane, por trazer a entrevista, esclareceu-me muuuuuuuuuuuitas dúvidas e agora tenho certeza que é Direito mesmo que eu quero. É um curso lindo *---*
    Já favoritei a entrevista haha
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Essa é difícil hein? Não faz o meu estilo. Tenho uma amiga advogada, e deu um trabalhão para ela passar na OAB. O preço dos livros já desanima. Mas o retorno depois é grande.

    ResponderExcluir
  9. Legal a entrevista,ficamos conhecendo um pouco mais desta profissão que eu acho que não é muito a minha cara.
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Ah muito show!!!!rs
    Minha melhor amiga(a Sheylla) tbém faz direito..e diz q são livros demais pra ler..rs Ela adora, é claro!
    Sabe q nunca tinha ligado a profissão a leitura,mas tem tudo a ver. Se não gostar de ler, sem chance de acompanhar os livros ou apostilas.
    Adorei a entrevista! Ah, as duas partes, é claro..rs

    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Essa não escolherei nunca!!!!!
    Não tenho paciencia pra o tipo de leitura que o curso pede. aff
    Ms achou honroso quem faz.

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Bacana a entrevista, mas eu tbem deixo para quem gosta de direito....
    rsrsr bjoss

    ResponderExcluir
  13. O curso de Direito é muito interessante. O estudante deve está preparado tanto na questão intelectual, como na questão emocional. Afinal, para você não explodir diante de uma cena, você deve ter um auto-controle emocional impressionante. Nesse quesito, faço um comparativo com os alunos de Artes Cênicas, os quais devem ter uma mente aberta e controle das emoções impressionantes. Aliás, gostaria de ver esse curso de Teatro ou Artes Cênicas aqui nessa coluna, pois tem que ler muito também.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  14. gosto de ler e faço letras/ingles , combinou demais com esse meu gosto !

    ResponderExcluir
  15. Tinha feito um comentário muito legal, voltei aqui hoje e acho que ele não tinha ido =( Mas ok haha
    Acho que fui eu mesmo que pedi o post de Direito, porque pretendo cursar esse curso.
    Adorei a entrevista, tirou várias das dúvidas que eu tinha e esclareceu outras coisas, com certeza pretendo cursar Direito (mas tbm admito meu medo com o preço dos livros, tomara que consiga arcar)
    Até favoritei o post e sempre que eu pensar em não continuar, vou relê-lo
    Abraços

    ResponderExcluir
  16. Excelente curso. Nunca pensei em fazer mas achei algumas disciplinas tão interessantes e necessárias para abrir a nossa cabeça! O que sei é que desconhecemos nossos direitos e as implicações legais dos nossos atos, muitas vezes. Acho que algumas noções de Direito deveriam ser dadas na escola ainda, para que as pessoas sejam esclarecidas.
    Muitos fazem o curso pensando mesmo nos concursos públicos, que abrem com bons salários e a sonhada estabilidade. Mas o que acho mais legal nessa carreira é realmente segui-la.

    ResponderExcluir
  17. Adorei o post!

    Eu, a princípio, pensei seriamente em fazer Direito. Até porque adoro ler e também por gostar bastante dessa área judiciária.

    Porém, amo mais muito mais áreas como Sociologia, Filosofia... Então, há um ano, estou decidida a cursar Psicologia.

    Mas se minha paixão por essa área não fosse tanto, com certeza eu cursaria Direito.

    :)

    ResponderExcluir
  18. Não, nessa eu não ingressava mesmo! Não é o tipo de profissão pra mim, mas acho legal quem faz. Tem muito o que lembrar e sou péssima nisso xD
    Mas é uma boa profissão.

    ResponderExcluir
  19. Já pensei até em fazer direito, mas acho que não serve pra mim, simplesmente não serve. Acho que apesar de gostar de ler, os cálculos me dão um prazer maior. Engenharia sim é minha cara.
    Beijos!

    http://desajeitadasamadoras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Nunca tinha pensado em Direito como uma faculdade para quem gosta de ler, e apesar de concordar, não combina comigo rs'

    Adorei o post!

    Beijo;*
    Naty.

    ResponderExcluir
  21. Nossa Direito é uma profissão bem difícil. Já pensei em fazer Direito, porém ainda estou muito indecisa.

    ResponderExcluir
  22. Eu escolhi Direito \o/ Estou no terceiro período ainda, mas já vi de tudo, matérias mais ligadas a filosofia, sociologia e tal. Mas já vi Penal, Civil, empresarial. Amo meu curso e fiquei muito feliz por ter acertado na decisão
    beijos,
    Fernanda ,
    www.lendoeesmaltando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  23. Realmente, pra fazer direito tem que gostar de ler! Cada livro!!

    Mas ô profissão dificil neh, pelo menos pra mim rs, tem que ir lá falar, e defender, lembrar de cada coisinhas oO

    mto dificil rs

    Adoro esses seus posts =)

    ResponderExcluir
  24. Minhas aulas de direito vão começar esse ano, e essa postagens me tirou muitas duvidas. Adorei Dai! Agradeço ao Matheus tbm :]

    ResponderExcluir
  25. Oii estou adorando essas postagens sobre profissões. Realmente para ingressar em direito tem que gostar muito, pois deve ser muito difícil...

    BjOs!!!

    ResponderExcluir
  26. Ja me imaginei tentando fazer direito, porem nao mais. Acho essa profissao uma das mas importantes (depois dos bombeiros).

    ResponderExcluir
  27. Já pensei em ser advogada mas tenho a memória de um peixinho de aquário, rsrs ( coitado dos peixinhos).
    Acho que essa profissão não é para mim mas adoprei o post
    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Sempre tão interessante os posts dessa coluna. Eu gosto de ler, mas não cursaria Direito não... :D

    Bye da Pah
    Livros Estrelas

    ResponderExcluir
  29. Estou com vontade de fazer Direito, só que essa entrevista me desanimou um pouco. Eu amo ler, só que não gosto nem um pouco desse tipo de leitura :/.

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011