Carpe diem

by - quarta-feira, abril 10, 2013

Olá pessoal!


Tudo bem? Galera como vocês sabem o blog está dando uma leve mudada, trarei mais textos de reflexão, seja sobre livros ou divagações. Assim vocês me conhecem melhor, e também vou deixando esse meu cantinho cada dia mais minha cara, então vocês sempre verão por aqui, posts como esse de divagações. Aproveitem!

Você já parou para pensar no tempo? Confesso que quando mais nova eu sempre tinha essa preocupação. Mas tempo é algo relativo, pelo menos para mim. Hoje eu aprendi a colocar um pé no freio, ir devagar, não se afobar.

Não tenho medo do tempo, penso mais no agora, nas minhas atitudes, por pensar muito no futuro diversas vezes nos esquecemos do presente. Não que não seja bom pensar no amanhã, mas o amanhã ainda não chegou, aproveite o agora. Carpe diem people.
Quando paramos para pensar no tempo muitas vezes imagem da velhice percorrem esses pensamentos. Como um dia a Lilian postou aqui no blog, velhice e idade também são relativos. Me considero uma mulher cheia de fases, tenho 21 anos, mas às vezes me sinto com 16, adoro camisetas de caveiras, moletons, jeans e um tênis legal, jogar conversa fora, rir de coisas sem graça, em outras a parte responsável aparece, salto, social, responsabilidades, compromissos, seriedades, não bebo, chego cedo em casa, esposa exemplar, me sinto com mais de 30 anos com o tanto de responsabilidades que tive que encarar em minha vida desde cedo. Sou cheia de fases e amo cada uma delas.

 Para alguns o tempo assusta, por outros ele é aguardado, talvez lá na frente haja uma recompensa por todo to trabalho que alguém faz hoje, ou quem sabe aquela promoção no emprego, o fim da universidade, os desejados dezoito anos, o esperado quinze, uma formatura. Mas e o depois? Nunca pensamos no depois, será porque talvez ele nos assuste?
O tempo não é monótono, ele muda a cada hora, minuto, segundo. Toda nossa vida pode mudar de uma hora para a outra, ou uma parte dela, assim como aconteceu comigo, algumas palavras bastaram para mudar todo um trajeto.
Desde pequena os adultos ao meu redor me fizeram pensar no amanhã, sempre. Coisas como, você tem que definir uma profissão, tem que estar preparada para o trabalho, não reclamo dessa pressão que recebi, por um lado ela me ensinou a ser responsável, mas por outro a sempre ter tudo planejado. Mas eis que quando me deparo com meus vinte anos tudo se esvaneceu, e meus planos tiveram que começar a serem reconstruído. Olhando para as ruínas diante de mim, me preocupei em como reconstruir novamente o castelo invisível que um dia criei para mim mesma. Mas para tanto tive que colocar cada tijolo no lugar, ele ainda não está completo, pois eu quero que ele tenha uma boa base, e ela se faz aqui no presente.
O tempo oscila entre meu melhor amigo e pior inimigo.  Ele me trouxe coisas boas, outras nem tanto, ele me ensinou muitas coisas, mas sei que ele me assusta lá na frente, não sei se estou preparada para enfrentá-lo, mas agora quero somente aproveitar o meu momento.
Não acho que estou ficando mais sábia com o tempo, acho que estou ficando mais experiente, talvez preparada diante de diversas situações, sejam de felicidades ou lágrimas. Estou aprendendo com ele e sua imprevisibilidade. Ele não me impressiona, mais sei que sempre traz no amanhã aquilo que plantamos no hoje.
Afinal o que nós queremos? Eu quero ser feliz, aqui e agora! Meu carpe diem começa a cada nova manhã e o seu?


*Carpe diem -  aproveite o momento, aproveite o dia

Leia também

33 comentários

  1. "O tempo oscila entre meu melhor amigo e pior inimigo."
    Essa frase com certeza está definindo minha vida! É tão difícil pensar no presente sem ficar visualizando o futuro. E as vezes é até preciso ver o passado para realmente colocar a sua vida em um ponto e começar o carpe diem.
    Acho que temos que organizar nossas vidas para o agora e o amanhã. E se for preciso mudar os planos, que mudemos. A vida é feito de oscilações. As vezes a mudança é a até a melhor opção e só não sabíamos disso.
    Ótimo texto! Parabéns!

    Bjoos

    ResponderExcluir
  2. Tempo...há um tempo(sem trocadilhos) escrevi um texto isso..sobre o quanto precisamos dele, dependemos dele..e vivemos em função dele.
    Tudo é motivo pra dizer 'nossa, não deu tempo"..ou sumi por falta de tempo.
    Nos esquecemos que a cada segundo o tempo continua mudando..enquanto escrevo, o tempo corre..e isso é dadivoso demais!!!
    Não é preciso ficar pensando no amanhã..pq ele é agora!!
    Então..que seja amanhã todo o tempo...Com tempo, sem tempo..sempre é tempo!!!

    Carpe Diem =)

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oie,
    adorei o texto!! Realmente o nosso Carpe diem deve começar logo, de preferência hoje rsrsrs

    ResponderExcluir
  4. Adorei o momento reflexivo. Carpe Diem costuma ser uma das expressões que mais uso no meu dia a dia. Medo do futuro eu tenho, de vez em quando, mas teve um dia em que eu preparei de me preocupar tanto com ele e pensar mais no meu agora, aproveitar mais o meu dia após levantar da cama, esteja chovendo ou não. Aí está a beleza das coisas. Acho que é nessa de "aproveitar o dia" que cada um de nós nos tornamos mais felizes e realizados.

    ResponderExcluir
  5. esse texto me fez refletir bastante, as vezes a gente se foca tanto no tempo vive correndo contra ele e não a favor dele e se esquece de como a vida é boa, como as pequenas coisas são importantes, o quanto o memento é a vida! eu agora ando me concentrando mais em me organizar e me conhecer, meus limites, minhas falhas e tentar aproveitar mais cada dia, fazer com que cada minuto realmente valha a pena e sempre busco acordar com a certeza de que o hj sera melhor que o ontem. Buscando ter smepre em mente o carpe diem! o viver, o ser!

    ResponderExcluir
  6. Adoro esses momentos de reflexão e muitas vezes me vi em seu texto. Há 2 anos, eu nunca diria que minha vida iria mudar tanto e de uma forma tão rápida. Realmente me peguei lendo seu texto e dizendo: Caramba, é desse jeito que eu me sinto as vezes. Muito bom saber que isso não acontece só comigo.

    ResponderExcluir
  7. É verdade, também me sinto como você, as vezes me sinto bem mais nova e as vezes bem mais velha pelas minhas responsabilidades.

    O fato é, que hoje com 23 anos eu as vezes me pego pensando que estou ficando "velha". rsrs
    O tempo parece que tá passando cada vez mais rápido, e hoje eu comparo meus pensamentos com o de alguns anos atrás, e percebo que realmente a gente amadurece. Muitas coisas que eu pensava antes (há não tanto tempo atrás assim), hoje já penso bem diferente!

    Gosto desse lema: Carpe Diem, afinal nossa passagem por aqui é "curta" e a única certeza que a gente tem na vida, é que a morte chega pra todos!
    Beijos
    makeetcs.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Lindo o texto. Para mim o tempo realmente assusta, ainda mais saber que a qualquer hora tudo pode mudar. Então Carpe Diem. Aproveite o dia, viva o agora, esqueça o que passou e o que irá passar. A vida é agora!

    ResponderExcluir
  9. Bacana esse texto! Adorei, escreveu tudo, disse tudo e passou tudo o que podia passar. Lindo e sincero, gostei mesmo. É viver a vida e ir vivendo né...Dando Carpe Diems por aí...ai ai...

    ResponderExcluir
  10. Exatamente. Eu vivo me preocupando com o futuro, achando que vou terminar a faculdade e não vou ter tempo de aproveitar o que eu estudei, ter minha casa, minha família... Parece que temos pouco tempo pra tudo isso. Vou tentar relaxar mais, quanto a isso...

    ResponderExcluir
  11. Interessante o seu texto.
    Realmente colhemos o que plantamos e se plantamos o bem todos os dias, todos os futuros dias serão bons, ;)

    ResponderExcluir
  12. Muito legal! Eu confesso que tenho que aproveitar mais os momentos, as pequenas coisas e ser feliz. Para de reclamar e ficar se lamentando pelo que passou, eu tenho que viver o agora, o amanhã e isso é extremamente importante! Parabéns pelo texto, muito bacana!

    ResponderExcluir
  13. Eu adorei o seu texto Dai, eu as vezes paro para pensar no futuro também, e muitas vezes eu penso tanto que sinto que estou a ponto de pirar.Mas é como você falou acho que na verdade agente tem que aprender a aproveitar o agora, se ficarmos só pensando no futuro, vamos deixar passar muita coisa. Eu também tenho 21 anos, mas com certeza também sou igual a você, tenho minhas partes de adolescente por gostar de coisas infantis, mas sempre sei a hora de ser responsável.
    beijos,
    Fernanda,
    http://www.lendoeesmaltando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Adorei esse novo momento de reflexão.
    Eu tenho sérios problemas com o tempo.Queria ser uma dessas pessoas que aproveitam o momento, mas não consigo, estou sempre pensando não amanhã. Quando um dos meus planos não dá certo, fico extremamente frustada pensando em quanto tempo perdi e em quanto gastarei para conseguir realizar o que quero.
    Como disse, eu gostaria de não ser assim, mas infelizmente sou.

    ResponderExcluir
  15. O futuro é algo inevitável, e pensar nele é meio que algo que a sociedade nos cobra, nossos pais, nossa família, nossos amigos. Estou passando por uma situação em que tenho que decidir meu futuro... Fiz vestibular à 2 anos atrás e desisti do meu curso, tem muita pressão em cima de mim, o tempo está passando e as pessoas estão cobrando. Perdi tempo? Talvez, mas ganhei experiência, adorei conhecer pessoas novas e descobrir um novo mundo, agora estou em busca de outros horizontes. Estou aproveitando cada momento, e espero que seja assim sempre :)

    ResponderExcluir
  16. "O tempo oscila entre meu melhor amigo e pior inimigo." adorei o texto.. sabe as vezes me pego fazendo essas divagações sobre o tempo! No meu aniversário de 20 anos eu dei uma pirada " tenho 20 anos e não tenho nada, moro e dependendo totalmente da minha mãe, não tenho um emprego, não sou formada não tenho nada" mais ou menos isso me preocupo demais com o futuro mas ele não me pertence então de uns tempo para cá estou tentando viver cada momento de cada vez sem me preocupar demais com o futuro.
    adorei Dai realente o texto , me identifiquei bastante =D

    ResponderExcluir
  17. Muito lindo o texto!
    Adoro a frase "Carpe Diem". Acho que se todos nós a seguíssemos, tudo seria mais fácil. Claro que é ótimo sonhar com o futuro, pensar no que faremos, no que "queremos ser" e etc, mas pensar no hoje, dar a devida importância ao hoje, também é muito importante e ótimo também!

    Beeijos,
    iSteh

    ResponderExcluir
  18. Eu sou muito afobada, quero tudo pra ontem, não gosto de perder tempo. Acho que isso é um defeito meu, porque muitas vezes acabo fazendo coisas por impulso e depois me arrependo. Mas gosto de pensar que mais vale se arrepender do que não fazer.
    Eu costumo pensar muito no meu futuro, mas não deixo de viver o agora.
    Acho que não me encaixo nos meus 15 anos, também tive responsabilidades desde cedo, amadureci muito rápido e agora por mais que eu tente não consigo levar a vida mais flauteada.
    "O tempo oscila entre meu melhor amigo e pior inimigo." Adorei!
    Às vezes é difícil seguir um Carpe Diem, mas sempre tento.

    ResponderExcluir
  19. Achei essa sua divagação perfeita!!!!!
    Sempre estamos questionando o tempo. Quando crianças, queremos nos tornar adultos depressa, quando adultos, queremos voltar a ser crianças. E o agora, geralmente nem nos importamos tanto assim. Mas essa é a grande questão, viver o agora, pois o ontem não volta mais, e o amanhã, pode não vir para nós.


    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  20. Adorei o texto!
    Sim, a gente acaba sempre pensando demais no futuro e esquecendo de viver o presente. Ainda precisamos aprender a equilibrar o tempo entre aproveitar o momento e fazer planos para a vida.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  21. "Você já parou para pensar no tempo? Confesso que quando mais nova eu sempre tinha essa preocupação."

    1. Como assim? Quando eu era mais nova...Quantos anos você tem? 60? Porque no seu texto, você diz que tem vinte e poucos...Você ainda é nova!!! Sabe quando você pode se considerar idosa? Quando os potes de creme anti-idade começam a se acumular na bancada do seu banheiro. Até lá, você não pode usar essa expressão...tá bom? =)

    2. Tecnicamente você esta numa corrida contra o tempo! Tudo bem você parar para aproveitar o dia - o tal Carpem diem - mas a partir do momento que você sai da barriga da sua mãe o seu cronômetro passa a ser regressivo!
    Na boa...esse negócio de Carpem Diem não funciona comigo... eu sou muito pilhada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi flor!
      Tenho 21 anos sim ahahhaa Esse texto na verdade foi um desabafo, embora eu seja "jovem" tudo que eu já passei, vivi, me levam a ter uma mentalidade de outra idade em alguns momentos. Eu parei para pensar nesse quesito tempo quando descobrimos que a morte estava tão próxima da pessoa que eu mais amo. O desespero, tudo, me fez pensar no tempo que temos, hoje aproveito cada segundo dele, pois realmente não sei o que acontecerá daqui um mês, um ano ou dez. E quando vc ta perto de perder quem mais ama, você agarra cada segundo que tem e quer transformá-lo em horas, dias, vc não quer perdê-lo...
      Bjs linda e obrigada pelo comentário ^^

      Excluir
  22. Esse texto me ajudou muito! Nossa! Porque, assim, estou no 3º ano do Ensino Médio e você sabe, aquele momento em que a gente fica preocupada com o amanhã, com a profissão, o que vai acontecer e coisas do tipo. Mas, sim, temos aproveitar o que nós temos hoje, dar valor para as simples coisas. Claro que temos que planejar nossa vida, mas o futuro depende do que fazemos no presente. Então, vou começar a pensar mais nas minhas atitudes agora, para que as consequências destas venham no futuro (:

    Brunna Carolinne - My Favorite Book - @MFBook
    myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  23. Super bacana o texto.
    Lembro-me quando vi A sociedade dos poetas mortos (amo o filme), pela primeira vez. E me lembro da minha época de colegial, onde todas as escolhas futuras ecoavam na mente. Mas não se enganem, as decisões não são só nessa época KKKK É na faculdade, trabalho, dia a dia.

    ResponderExcluir
  24. "Quanto mais o tempo passa, mais percebo que não tenho tempo." O quanto já escutamos de pessoas falando sobre isso, né verdade? Aprendi, na verdade, estou aprendendo, que o tempo é bem relativo. Não é ele que muda as nossas vidas e nos transformam, nós é que mudamos. Infelizmente não vivi as fazes de minha vida como a maioria dos jovens de hoje, talvez lá pra frente eu me arrependa- ou não-, só o tempo dirá. Por isso prefiro focar no meu momento, o agora. O amanhã prefiro deixar nas mãos de Deus, sei que ele sabe o que é melhor pra mim.

    ResponderExcluir
  25. Não é que eu tenha medo do tempo...
    mas eu percebo que passa tao rapido e nem sempre faço o q sinto vontad d fazer, e isso sim me assusta..
    eu tbm sou nova, um pouco mais velha q vc só... mas ao msm tempo ja vivi tanta coisa..
    é estranho parar pra pensar nisso..
    mas é exatamente isso... aproveitar o dia sempre, viver o momento.. nao deixar pra amanha o que puder fazer hj...
    adorei o post... faz a gente pensar!

    bjs
    Pam
    Meus Livros Preciosos

    ResponderExcluir
  26. Oiii adorei o texto...para mim o futuro não existe, o que temos é o agora o presente, e devemos vivê-lo da melhor maneira possível, fazermos tudo do bom e do melhor e tudo que nos der vontade, devemos plantar e ir regando para podermos colher coisas boas. Devemos saber o que fazemos hoje para no dia de amanhã não sofremos as consequência. Me identifiquei quando você disse que é de fases eu também sou, ainda mais no humor rsrs. Adorei sua divagação Dai...espero encontrar textos tão belos por aqui.

    BjOs!!!

    @jannagranado
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  27. "O tempo oscila entre meu melhor amigo e pior inimigo." Meu Deus essa frase ficara gravada!

    Com certeza colhemos o que plantamos e nosso carpe diem tem que começar hoje! Sou bem nova ainda, acho que tenho muito o que viver e aprender. E mesmo sendo nova, sei que as coisas passam rápido demais então devo aproveitar o hoje, porque talvez o amanhã nunca chegue.

    ResponderExcluir
  28. O tempo....

    Isso eh algo que venho pensando mto ultimamente. Estou chegando aos 25 anos, e entao parei pra pensar em varias coisas, como "meu deus, tenho 25 anos sou, definitivamente, adulta sem nunca ter sido adolescente", o que eh algo meio contraditorio, mtas vezes eu me sinto com 16 anos, adoro ler livros jovens e tal, mas, desde mto cedo, tive diversas responsabilidades, por isso, nesse sentido, envelheci mto rapido, e acho paro pra pensar, nao so nisso mais em tudo. Ai.. melhor eu parar por aqui ou ja ja estarei divagando mais do que vc rs.

    O que quero dizer mesmo eh que todo mundo devia aproveitar bem o tempo, e nao se preocupar com ele tb =P

    Bjoooo

    ResponderExcluir
  29. Divagação incrível!
    Pensar sobre o tempo é uma coisa que não importa a idade, você sempre esta pensando. Na maior parte das vezes estamos torcendo para que ele passe mais rápido ou mais devagar.
    Sou um ano mais velha que você (conforme o texto), e acho que em seu texto descreveu muito bem o que pelo menos eu penso, ou melhor, me questiono. Confesso que muitas vezes percebo que desperdicei o hoje pensando no amanhã. Na verdade é aquela frase clichê: "Esse ano esta passando muito rápido". Não é o ano que esta passando rápido, somos nós que nos aprisionamos em prazos, por exemplo, no meu caso vivo me prendendo aos prazos da faculdade, provas, trabalhos, palestras, quando acaba um prazo já fico aguardando o próximo. São poucas as vezes que paramos para viver o hoje...
    Ótimo tema, serviu para fazer grandes reflexões.
    Parabéns pelo blog! =D

    Carpe Diem! xD

    ResponderExcluir
  30. O tempo é relativo, quando eu era nova eu queria que tudo chegasse rápido, meus 18 naos, carteira de motorista entrar na balada, casar... Hoje eu quero que ele vá devagar para aproveitar minha vida. Mas ainda tenho certo medo do futuro, da velhice. Mas como sempre a vida é uma caixinha de surpresas né?!

    nasproximaspaginas.blogspot.com
    raah_varella@hotmail.com

    ResponderExcluir
  31. Concordo plenamente quando você diz que ficamos mais experientes com o tempo.
    Antes eu não pensava muito nem no meu presente nem no meu futuro.
    O que eu tinha de projeto para o futuro era me formar. Agora que estou tão perto de realizar isso. Penso muito no meu agora.
    Como será cada novo dia na faculdade, o que farei quando acabar? como farei?
    O que estarei fazendo daqui há alguns anos?
    Mas algo que ando pensando muito é na minha vida pessoal, o que eu realmente quero pra ela.
    Acho que nos últimos meses estou vivendo melhor o meu Carpe Diem e estou bem mais feliz. :)

    http://lisos-somos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  32. Ah o tempo ele é tão imprevisível uma hora acontece coisas boas outras ruins e assim vai e para mim aí é que se aplica o Carpe Diem, pois temos que aproveitar a cada dia que começa e eu sempre penso comigo que a gente e digo no geral reclamos dos nossos dias em vez de agradece-los por ter vivido e isso faz a diferença pois mesmo com a mesma rotina de sempre eu agradeço pelos meus diaas sempre!! E pra falar a verdade o tempo me fez tão bem e muito melhor hoje com 23 do que quando eu tinha 16, pois amadureci e como vc mesmo disse são fases e é indispensável vive-la cada qual em seu tempo se com 16 eu fazia tudo sem pensar e hj com 23 faço tudo pensando em consequências e sempre mais de uma vez e essa é uma fase que eu estou adorando viver!

    Uma ótimo texto que me fez refletir!
    Parabéns.

    Beijos
    Rafa

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011