Resenha: As virgens suicidas

by - quarta-feira, julho 03, 2013

Olá pessoal!

Vamos de resenha nova! Dessa vez do livro "As virgens suicidas" de Jeffrey Eugenides.

Autor: Jeffrey Eugenides
Páginas: 231
Ano: Edição 2013
Editora: Companhia das Letras

Sinopse: Num típico subúrbio dos Estados Unidos nos anos 1970, cinco irmãs adolescentes se matam em sequência e sem motivo plausível. A tragédia, ocorrida no seio de uma família que, em oposição aos efeitos já perceptíveis da revolução sexual, vive sob severas restrições morais e religiosas, é narrada pela voz coletiva e fascinada de um grupo de garotos da vizinhança. O coro lírico que então se forma ajuda a dar um tom sui generis a esta fábula da inocência perdida. Adaptado ao cinema por Sofia Coppola, publicado em 34 idiomas e agora em nova tradução, o livro de estreia de Jeffrey Eugenides logo se tornou um cult da literatura norte-americana contemporânea. Não por acaso: essa obra de beleza estranha e arrebatadora, definida pela crítica Michiko Kakutani como "pequena e poderosa ópera no formato inesperado de romance", revela-se ainda hoje em toda a sua atualidade.


"Segurando o queixo da menina com delicadeza, o médico perguntou: 'o que você está fazendo aqui, meu bem? Você nem tem idade para saber o quanto a vida pode se tornar ruim'.
E foi então que Cecilia forneceu oralmente aquilo que seria sua única forma de bilhete de suicídio (...): 'É obvio, doutor', ela disse, 'você nunca foi uma menina de treze anos'."

Há um tempo ouvi falar de um incrível livro, considerado um clássico contemporâneo da literatura norte-americana, assim logo fiquei curiosa para conhecer "As virgens suicidas". Entretanto tive a oportunidade de conhecer outro livro do autor primeiro, "A trama do casamento", já resenhado aqui no blog. Encantei-me por sua escrita bem elaborada, por suas reflexões e modo de lidar com as palavras deixando o leitor chocado com a forma com que as expõem no papel. Então quando iniciei essa obra, já sabia o que esperar, mais um grande livro, que assim se confirmou.
A história já começa nos revelando que todas as irmãs se suicidaram, cada uma por vez, a primeira sendo Cecilia, a qual tentou o suicídio não dando certo na primeira vez, mas o concluindo na segunda tentativa. O narrador é observador e não poupa detalhes nas descrições. Nada escapa aos seus olhos, como itens de higiene, tudo se transforma na narrativa do autor e coisas que poderiam ser simples, já não são mais simples dentro do enredo, por conta dessa incrível habilidade de narrar que Eugenides tem.
Eugenides possui um estilo de narrativa único, através dos detalhes, das cenas construídas, é como se realmente estivéssemos presente observando todos os fatos e como os suicídios foram afetando a família e as pessoas ao redor. O autor nos aproxima de seus personagens de uma forma que eles se tornam tão vívidos e nos permitem até mesmo nos identificarmos.
Essa etapa da adolescência tanto das garotas como dos meninos, também se tornam um plano de fundo para a história. As moças viviam em um ambiente com restrições religiosas e morais, então temos toda aquela emoção do proibido, e dos meninos com a famosa “curiosidade” pelas jovens inacessíveis.
As virgens suicidas é poético, melancólico e inesquecível aos olhos daquele que o lê. Um livro que nos choca com o terrível, transformando-o ao mesmo tempo em belo, é um constante contraste onde os limites se aproximam de seus extremos. Belo, trágico, um espetáculo literário, escrito por uma mente brilhante da literatura clássica contemporânea.
O que levava a essas meninas se suicidarem? Essa foi uma pergunta constante em minha mente desde o início da leitura. Após um tempo ela deixou de me ser importante, pois aconteceu, passou e foi breve, de nada adiantaria saber se tudo poderia ser evitado ou não. Esse sentimento de liberdade, da fase da adolescência, entre o deixar de ser e o torna-se era o que mais me chamava à atenção.
Essa obra é leitura obrigatória para quem procura bons livros, com alto nível de qualidade literária, um cult moderno, inesquecível com um toque de suspense e que marca com certeza o leitor. Livro recomendado com certeza.


Leia também

25 comentários

  1. Não li nenhuma resenha negativa a respeito desse livro, o que me deixa muito curiosa e ansiosa pela leitura. Ganhei uma cortesia do skoob em maio, mas me foi enviado que ele se encontraria esgotado. E a editora só enviaria após a reimpressão, que segundo eles provavelmente vai ser esse mês! \o/ kkk Quero muito ler, sério mesmo! Essa capa é linda, assim que a vi pela primeira vez curti bastante.

    ResponderExcluir
  2. Tem algum tempo que eu quero ler esse livro e essa capa só fez aumentar minha ansiedade, é linda e marcante demais!
    Tanto a sinopse quanto a resenha são muito boas e todos os cometários que leio sobre o livro falam bem dele...quero muito ler esse livro!!

    ResponderExcluir
  3. Oie,
    não conhecia o livro, mas não sei se leria. Ele parece ser um pouco triste e gosto mais de livros alegres.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  4. nossa, nenhuma das resenhas que eu vi deste livro ganharam menos que 4 estrelas, incrível!
    parece ser um ótimo livro mesmo... cheio de mistério, bem do jeito que eu gosto *-*
    e essa capa é linda né? mesmo se eu não soubesse nada sobre o livro e visse ele na livraria, compraria-o!
    preciso dele logo ;~~

    ResponderExcluir
  5. Vi esse livro no Skoob e achei que seria uma história diferente. Achei que o livro era baseado todo nos suicídios das meninas, mas acho que me enganei (de novo!) Despertou minha curiosidade e queria saber se me encantaria tanto quanto você.

    ResponderExcluir
  6. Dai, vim aqui te avisar que vc foi Tagueada lá no blog. Dá uma olhadinha... :3

    http://livros-recomendados.blogspot.com.br/2013/07/tag-este-blog-merece-um-beijo.html

    Abraços...

    ResponderExcluir
  7. Só eu que não leio esse livro? Eita, toda hora vendo em algum blog e só resenha boa, assim fico doida de curiosidade. Está dando uma baita vontade de ler! Tem tudo pra ser bom mesmo e gosto do estilo do livro e da trama. Querendo conferir.

    ResponderExcluir
  8. eu também estou com essa pergunta na mente: o que levou as meninas ao suicídio? ja ouvi falar muito bem do autor, seus livros são considerados muuuuito bons e a curiosidade se torna inevitável

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Só leio bons comentários sobre este livro, assim como o seu. E acho que é isso que me faz querer lê-lo. Parece ser ótimo...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Eu não sei bem o que pensar deste livro...
    1. O que é um tom sui generis?
    2. Como assim a história é contada através de um coro? Como uma ópera? Fiquei curiosa, mas ao mesmo tempo não consigo imaginar como isso funciona.

    Gosto de livros detalhados, mas espero que não seja exagerado, pois ai enche o saco. Eu nunca tinha ouvido falar desse livro, mas agora vou ver se encontro em algum sebo aqui perto de casa. Afinal, eu preciso descobrir como um história pode ser contada em coro. o.0

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1) "sui generis" único em seu gênero, ou seja, o autor compôs um livro tão único, que não pode ser comparado com nenhum outro pela sua singularidade.
      2) "coro lírico" essa foi uma metáfora utilizada para sinopse oficial do livro, como coloquei na resenha o narrador se mantém como observador, e nos mostra como os meninos tinham uma curiosidade a respeito das meninas. É isso q ele quis dizer com coro ^^
      O detalhe dele é diferente, ao mesmo tempo em que não é excessivo, eles deixam uma marca e saltam perante nossos olhos. Assim percebemos que os detalhes vão tomando importância, não achei cansativo, desse ponto de vista os achei válidos. Essa é a nova edição do livro, mas acredito que a anterior pode ser encontrada facilmente em sebo. É um livro bem interessante :)
      Obrigada flor :)

      Excluir
  11. Eu já tinha visto o livro, mas nunca li uma resenha dele.
    Ainda não sei o que pensar dele, na verdade não tenho muita vontade de lê-lo. Mas, caso algum dia surja a oportunidade, eu lerei e espero gostar ;)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Gostei muito da resenha, até porque não conhecia o livro.
    Parece ser muito bom e a capa é ótima também!

    ResponderExcluir
  13. Super bacana a historia, adorei a resenha, ja tinha lido uma e essa só complementou mais. Esse livro já está nos meus desejos!
    A capa já representa a historia rs. Parece ter um misterio e espero q a narrativa seja boa, apesar de ser coletivamente. Quero ler! :D

    ResponderExcluir
  14. Eu lembro que nos falamos desse livro no twitter e fui pesquisa-lo para ler e achei super interessante, nao sabia da sinopse qdo me tinha dito e gostei logo de cara!

    ResponderExcluir
  15. Olá, te marquei em um selinho lá no meu blog... Depois dá uma passadinha lá pra conferir ;)
    http://umnovo-roteiro.blogspot.com.br/2013/07/meu-2-selinho.html

    ResponderExcluir
  16. Faz anos que li o livro e assim como aconteceu com você rsrs no início eu queria buscar uma razão para os suicídios, depois eu percebi que não era tão importante quanto eu pensei que seria saber o "porquê".
    Assisti o filme semana passada e gostei das atuações das atrizes que deram vida as virgens suicidas :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oii Dai, já tinha visto alguns comentários seus no twitter sobre o livro e pensei: tenho que ler esse livro, e com sua resenha só confirmei o que já tinha pensado, me pareceu ser um livro bem complexo, quero poder descobrir o que há por trás desses suícidios, ótima resenha nos deixa com a pulga atrás da orelha e com muuuuiiita vontade de ler o livro.

    BjOs!!!

    @jannagranado
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Já faz um tempo que quero ler esse livro. Todos que conheço e que leram gostaram bastante. A pergunta que não quer calar: Porque as meninas se suicidavam? Só lendo para saber...rs

    ResponderExcluir
  19. Então... lembro que assisti ao filme (não sei até onde vai a relação filme/livro, mas sei que deve haver alguma). Quando soube do livro, fiquei bem interessada, mas ainda não tive oportunidade de ler. Bom saber que é 5 estrelas, acabou com qualquer dúvida que poderia ter. :)

    ssentrelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Ta ai um livro que eu tenho muuuuita curiosidade!!
    a sua resenha confirmou o que eu já imaginava!!
    5 estralas, OMG! já foi para a minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
  21. É exatamente o tipo de leitura que estou procurando! Tenho uma curiosidade enorme em conhecer a história desse livro!

    ResponderExcluir
  22. Muitas pessoas falam muuuito bem desse livro e eu estou mega curiosa com ele. Sua resenha só me deixou só mais curiosa. Adicionei na minha lista de leitura!

    ResponderExcluir
  23. Esperava mais dele, falou muito de coisas desnecessárias, focou apenas na morte de Cecília o restante dos suicídios ficou nas ultimas folhas do livro.

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011