Resenha: Will & Will

by - domingo, julho 28, 2013

Olá pessoal!

Bora de resenha de um livro super fofo da Galera Record! Vem conferir ;)

Autores: John Green e David Levithan
Páginas: 348
Ano: 2013
Editora: Galera Record

Em Will & Will - Um nome e um destino, escrito pelos grandes autores John Green e David Levithan, somos apresentados aos dois Will. Até então cada um tinha seu modo de ser, não se conheciam. O primeiro Will (escrito por John Green) era amigo de Tiny Cooper, um menino gay assumido, muito expansivo, e estudavam juntos. Tiny estava com o projeto de fazer um musical falando sobre si mesmo e suas descobertas, etc. Do outro lado, estava o outro Will (escrito por David Levithan), amigo de Maura, depressivo, vivendo somente com sua mãe, e com tédio e pensamentos negativos, além da ironia.
Até que um dia, em uma situação (não direi qual é, tenho medo de soltar spoiler) esses dois Will se encontram, eles tem o mesmo nome, Will Grayson, e os destino desses se cruzam. Assim o Will (depressivo) conhece os amigos do outro Will. A partir desse contato a trama toda começa, e esses dois rapazes começam por mudanças em suas vidas.

“Não digo bom-dia. Acredito que essa seja uma das expressões mais imbecis já inventadas. Afinal, você não tem a opção de dizer mau-dia ou horrível dia ou não-dou-a-mínima-pro-seu-dia. Todas as manhãs, espera-se que seja o início de um bom dia. Bem, eu não acredito nisso. Acredito contra isso.”

O livro tem a narrativa do ponto de vista dos dois Will com capítulos alternados, é incrível como John Green e David Levithan construíram uma história tão redondinha, que se entrelaça perfeitamente. Sou fã do Green, e quando comecei a ler logo identifiquei qual Will ele estava fazendo, já o outro Will estava sendo escrito pelo Levithan, autor que também já conheço, pois já li outro livro dele e logo percebi suas características, sem contar a carga de palavrões e ironia usada, que é característico também do autor. Então não tive dificuldades para discernir isso, agora quem ainda não conhece os autores, talvez enfrente essa dificuldade e se confunda no início.
Sendo bem sincera, quando comecei a leitura desse livro esperava uma coisa, mas o que encontrei foi outra. Para começar, Tiny é um personagem que rouba a cena (característico de John Green colocar personagens secundários fortes que podem se tornar o centro da trama), ele será importante para os dois Will. E confesso que me foi um choque a forma como as coisas foram acontecendo, pois eu não esperava mesmo!
As duas personagens femininas que aparecem nesse livro, Maura e Jane, essa última amiga do Will de Green, são personagens distintas uma da outra, mas que tem importância também para a história. Não gostei de Maura, agora Jane demonstra a típica indecisão e jeito adolescente de uma menina de sua idade.

"tenho a sensação de que minha vida está muito dispersa neste momento. como se fosse um monte de pedacinhos de papel e alguém ligasse o ventilador. mas falar com você me faz sentir como se o ventilador tivesse sido desligado por um tempo. como se as coisas pudessem de fato fazer algum sentido. você junta todos os meus pedacinhos, e sou muito grato por isso."

Tiny conseguiu em alguns momentos me irritar, ele se apaixona muito fácil, cada dia por um menino diferente, e parece que o mundo tem que girar somente em torno de seu umbigo. Mesmo com todo esse egocentrismo, gostei dele, é muito fofo, não tem como não gostar, mesmo às vezes ele nos irritando um pouco.
Will & Will, me surpreendeu e também me emocionou. Os personagens são totalmente palpáveis e você consegue se identificar facilmente com eles ou com as situações que passam. É uma obra que fala sobre as relações de amizade, amadurecimento, escolhas, indecisões, medos, coisas que todos nós já passamos e sentimos. A adolescência é uma fase de descobertas, e eles estão nessa fase.
Acima de tudo é um livro que mostra o amor como ele é, algo natural a todo ser humano, um sentimento universal que independe de sexo, cor, raça, gênero, idade, etc. Will & Will aborda o amor e suas diferentes formas e maneiras de se manifestar, seja por nossos pais, amigos, companheiros (as).  Afinal, é apenas amor.
O final da obra é típico John Green, surpreende e te deixa com olhos arregalados se perguntando "como assim e agora?", que por sinal eu adoro! Você ri se emociona e quer mais! É um livro real dentro de uma ficção, uma leitura que te marca. 
Como sempre, a editora fez um trabalho fantástico também nesse livro, e a narrativa dispensa apresentações, pois só mesmo David e John para comporem uma história assim, tão original e única. Não há como não amar, se revoltar, e se divertir com os personagens, acredite.


Leia também

36 comentários

  1. Onww!!!
    tbm sou super fã do John Green!!
    Estou louca para ler este livro. Tematica totalmente inovadora né, um relacionamento gay.
    Parabéns pela resenha, me deixou com ainda mais vontade de ler, nem sabia que isso era possivel.
    hahahahaha

    ResponderExcluir
  2. A princípio não fiquei interessada em ler este livro (mesmo sendo do John, que eu adoro!), mas conforme fui lendo as críticas vi que esta história vai além do superficial. Além de ser bem amarrada, tem uma característica bem peculiar do John Green, fala de sentimentos. E eu adoro quando isto acontece, a história fica mais palpável, assim como os personagens, criando empatia instantânea com o leitor. Quero muito ler e espero ter a oportunidade um dia desses.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. apesar de querer loucamente ler a culpa é das estrelas não creio que leria esse livro, infelizmente não foi um lançamento que me deixou muito na expectativa, não sei porque o enredo não me agradou :/

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Concordo com tudo o que disse, Daiane...
    Simplesmente me apaixonei por este livro e pelos Wills. O que eu mais gostei foi o do David. Acho que a forma meio irônica e pragmática dele me encantaram mais, apesar de dar boas risadas com o outro Will.
    Você comentou sobre já conhecer os dois autores e por isso não ter dificuldade de diferenciar os Wills, né? Eu não conhecia nenhum dos autores, os conheci neste livro, e não tive dificuldade nenhuma em diferenciar os garotos, logo de cara sabia que o segundo capítulo não era do mesmo menino do primeiro, eles são bem diferentes...kkkk Não soube diferenciar na hora qual autor era qual Will, mas também não demorou muito para entender que o mais fofo era o do Green, na adivinhação mesmo...kkk

    Enfim, amei o livro, foi uma das minhas melhores leituras do ano. *-*

    Bjs, Yara.
    http://www.ilusoesescritas.com/

    ResponderExcluir
  5. Eu nem sei o que faria se encontra-se alguém na rua com exatamente o mesmo nome que eu. Acho que ia ficar muito bolada...
    Todos estão falando super bem desse livro, mas a verdade é que ainda não me convenci de que eu iria apreciar essa leitura. Tô na dúvida...
    O que eu não tenho dúvida é sobre a capa. A editora poderia ter caprichado mais. Achei ela tão simplória...

    ResponderExcluir
  6. Oie :)

    Isso é o que mais gosto nos livros do John ele te surpreende quanto menos você espera, eu quero muitooo ler esse livro só que vai demorar um pouco porque a lista aqui está enorme, beijos !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Finalmente descobri o assunto desse livro tão comentado hahaha.
    A capa não me atraiu, não sabia o tema, provavelmente nunca o leria, mas aí... Bam! Você faz uma resenha e me deixa louca para lê-lo. Daia, vou ficar pobre e a culpa é sua hahahhaha.

    ResponderExcluir
  8. Não tenho muita vontade de ler esse livro, a sinopse não me atraiu e diferente de vc, não gosto dos finais inacabados do John Green =(

    ResponderExcluir
  9. Quero ler esse livro desde que alguns blog falaram que receberam a prova. Nunca li nada de David mas John é sensacional. Só li resenhas do livro mas ele está no top desejados, que eu espero comprar em breve. Ontem fiquei super feliz quando meu amigo veio me perguntar que livro ele deveria ler agora e eu recomendei Will&Will, tenho certeza de que ele vai amar a leitura :)

    http://viciosdeumabaiana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. só li os livros do Green, já do Levithan não me recordo de ter lido nenhum não...
    das (poucas) resenhas que li do livro, acharam ele encantador, e pelos motivos parecidos com os seus :P
    no começo pensei que o "amor" que o livro tratava, era apenas de um tipo, mas agora estou vendo que não...
    estou bem curiosa para ler ele!!! ;~~

    ResponderExcluir
  11. Oiie
    Sinceramente esse é livro q nao me da vontad d ler..
    Nao curti muito o enredo.. sei q pra qm gosta, deve ser ótimo, mas nao despertou meu interesse e nem chamou minha atençao... =/
    Confesso q nao sei se vou ler ele um dia.. veremos, né...

    bjinhos
    Pam
    Meus Livros Preciosos

    ResponderExcluir
  12. Will & Will é um livro que não esteve entre os meus desejados desde o início. Eu o quis depois de ler as resenhas. A verdade é que subestimei a parceria entre o brilhante J. Green e outro autor do qual nunca ouvi falar (rs). Ainda subestimei o romance homossexual, porque ao ler a sinopse pensei: certo, Will e Will se apaixonam depois de se conhecerem num sex shop. Pronto, sei tudo do livro. Que vergonha! Entendi que a abordagem do romance é completamente inusitada e vale muito a pena conhecer o livro!

    "O final da obra é típico John Green, surpreende e te deixa com olhos arregalados se perguntando "como assim e agora?", que por sinal eu adoro! Você ri se emociona e quer mais! É um livro real dentro de uma ficção, uma leitura que te marca." ---- Só essa sua descrição já me faz cair de amores pela obra! Sei como é esse sentimento que o J. Green nos provoca. E quero senti-lo novamente! :D

    ResponderExcluir
  13. Confesso que se fosse apenas pela capa, não o leria. Mas quando vi os nomes de John Green e de David Levithan na capa, minha vontade de ler aumentou consideravelmente. É quase impossível não se envolver completamente com as personagens desses dois. E sem falar em suas tramas muito bem desenvolvidas.
    Espero ter a oportunidade de ler em breve.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  14. Eu estou louca pra ler esse livro, gosto muito da escrita do Green. Antes eu pensava que o livro abordaria também a relação ´amorosa´ dos dois, mas uma Figurinha Literárias de algumas blogueiras descobri que não. kk Mas isso só me fez com que eu ficasse com mais curiosidade sobre. E adorei essa capa!

    ResponderExcluir
  15. Oii Dai, eu li o livro esperando uma coisa também, acho que a maioria esperava isso, mas nós todos nos surpreendemos e foi bom, conseguiu pegar todo mundo de surpresa e mostrar toda a magnitude do livro, eu gostei muito do Tiny e também de Jane, foram personagens secundários que roubaram a cena, já Maura não fui muito com a cara dela também. O livro está lindo néh? Parabéns pela resenha.

    BjOs!!!

    @lpdiversao
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Essa foi a primeira resenha de Will & Will que eu li, e, uau! A única outra coisa que eu tinha ouvido sobre ele é que é muito engraçado e só. Pelo o que você diz, parece ser um livro que vale a pena ser lido. Eu adoro os livros do John Green, só por ser dele eu leria de qualquer jeito :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Outro livro muito fofo do Green e com um autor que combinou muito bem com ele. Gostei desse equilíbrio entre os dois, normalmente quando se vê livros de parceria ou nem se percebe quem escreve o que ou muda muito, e esses dois souberam como dar um equilibro gostoso de ler. São parecidos na escrita mas distintos, adorei isso no livro. Vale muito a pena, o tema é legal e a história ficou super fofa!

    ResponderExcluir
  18. Só li ACEDE do Green, mas morro de vontade de ler qualquer coisa dele, mesmo sua lista de supermercado.... enfim, Will... parece um livro emocionante, tanto pelo tema quanto pelos personagens. Sei que vou gostar, só não sei quando vou ler :))) Bjoo Dai


    ssentrelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Bom, depois de ler ACEDE e O Teorema Katherine, eu estou a procura de mais uma dose de Green! haha
    Esse livro parece muito legal, só li resenhas positivas a respeito dele até agora. A capa tbm é muito bonita, ainda mais com ela em mãos!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Ownn *-* o livro deve ser muito fofo \o/
    A Galera Record esta de parabéns com a capa \o/
    Amo os livros de John Green tive a oportunidade de ler A culpa é das estrelas, porém ainda não li nenhum livro de David Levithan : D
    A resenha está ótima !!!!! Adorei a narrativa do livro, e os personagens descritos e sempre a ideia de John Green fazer personagem secundários fortes se tornarem o centro da trama ;)
    Adorei a personalidade de Tiny que mesmo nos irritando e com todo seu egocentrismo consegue ser fofo ^-^
    "O final da obra é típico John Green, surpreende e te deixa com olhos arregalados se perguntando "como assim e agora?" Tenho certeza que é assim mesmo o/
    Espero ter a oportunidade de ler Will & Will e conhecer um pouco mais do mundo de John Green e também conhecer algumas obras de David Levithan : D

    Abraços = D

    ResponderExcluir
  21. A cada livro do John que leio, mas próxima dele me sinto. Fiquei encantada por esse livro primeiramente por causa da capa e do autor, ai com o tempo fui me sentindo mais doida para lê-lo ainda.

    ResponderExcluir
  22. Eu sei que não posso me apegar ao John Green por ele ser o autor de A culpa é das estrelas, mas acho que sinto falta da escrita dele como naquele livro, sabe?
    Já li várias resenhas sobre esse novo livro, mas poucos me cativaram como essa. Não sabia que o livro ia emocionar, achei que era uma leitura normal, só que pautada para a homoafetividade. Mas agora me deu vontade de ler.

    ResponderExcluir
  23. Will&Will parece ser bem emocionante. Espero que eu não tenha problema em ler os dois personagens e principalmente aquele Will depressivo que tem a escrita minúscula. xD Sou cega e tal..
    Não gostei da cor verde nos quotes ficou impossível de ler... :'(

    ResponderExcluir
  24. O livro parece se bem legal mesmo, já tinha lido resenhas dele e todos falam muito bem. Já da pra saber que é bom só pelos quotes que você separou.
    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Gostei da resenha.
    Achei a estória do livro bem original.
    Pelo que vc falou parece uma leitura bem descontraída e dinâmica,
    até pelo fato de cada capítulo ser de um Will.
    Todavia, não me interessei em ler esse livro no momento.

    ResponderExcluir
  26. Desde o lançamento fiquei bem curiosa!!!
    Acho q a sua é a primeira resenha q gosto desse livro.... Não li nada dos autores, mas conheço a fama do Jon Green e estou bem curiosa com esse livro!!! Quero saber de qual Will vou gostar mais!!!

    ResponderExcluir
  27. Depois de todo o burburinho com esse livro estou bem curiosa. Bom saber que é um livro que vale a pena ler. Adicionado à listinha.

    ResponderExcluir
  28. Este livro parece ser muito bom e com uma bela mensagem, adoro livros como este que nos fazem ver diversas realidades e pensar na vida. Só achei que podiam ter caprichado mais na capa.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  29. É a primeira vez que deixo o comentário no blog. Gostei bastante da resenha, achei que passou bastante que o livro é. Vi que Will & Will mostra vários pontos positivos que fizeram eu querer ler o livro. Achei legal o autor não focar apenas no romance homossexual, e dar preferência a outras questões. Cada vez que leio a resenha positiva de um livro do John Green, fico com mais vontade de ler os livros dele. Acredite ou não, não li nenhum ainda :/

    ResponderExcluir
  30. Realmente a editora fez um excelente trabalho com esse livro tanto com a arte quando com a divulgação. Ainda não li, mas gostei da proposta de trazer um tema assim pros livros, pelo menos aqui no Brasil não tinha visto algo assim. legal também focar na amizade e tal. Me surpreendi em saber que um dos will é hétero, me falaram isso, não sei se é verdade, mas me surpreendi... Fico com pé atras quando o livro é escrito por 2 autores diferentes, mas ja vi que esse foi algo bom.
    Espero ler em breve.
    Bj

    ResponderExcluir
  31. Oi, :)

    Gosto muito do John Green, ainda mais depois de a culpa das estrelas.

    Gosto do modo como ele escreve, levemente divertido sempre ^^

    Não li Will e Will, mas fui bombardeada pelas divagações e resenhas rs'

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir
  32. Nossa, eu preciso ler esse livro!!!!! Eu tô morta com a sua resenha, que maravilhosa! Com esse tema tão natural e ainda assim não tão falado, meu deus, eu preciso ler!!
    Ótima resenha!
    Beijos
    http://literallypitseleh.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  33. Acho que depois de A culpa é das estrelas, John Green vai ter seus livros comentados por bastante tempo.
    Estou bastante curiosa pela forma diferente que o livro foi escrito, com cada autor desenvolvendo personagens tão diferentes. Pretendo ler esse livro logo, o mais rápido possível!

    ResponderExcluir
  34. Dai, amei tua resenha principalmente na parte que vc fala que não gosta do Will por que ele se apaixona fácil e parece que o mundo gira ao redor dele, conheço uma pessoa exatamente assim, estava esperando uma resenha para bater o martelo e comprar esse livro, já que no momento John Grenn se tornou meu autor favorito do momento!
    bjs

    ResponderExcluir
  35. Ainda estou no começo do livro e estou amando, não consigo parar de rir. Não conhecia a escrita de David Levithan, mas já conhecia a de John Green, então logo identifiquei qual Will é de quem. Descobri que não posso ler esse livro durante a noite, pois não consigo controlar as gargalhadas. Espero gostar desse livro tanto quanto você. E uma ultima coisa, estou ADORANDO o Tiny!

    ResponderExcluir
  36. Olá, Daiane!
    Só li um livro do John Green e ainda não conheço esse outro autor.
    Depois que li A Culpa é das Estrelas, fiquei na vontade de ler outro do John, principalmente pra ver se ele me conquista. Não amei o livro dele, mas as pessoas falam tão bem que quero tirar a prova se o problema foi o livro ou o autor mesmo.
    Adorei a resenha!

    Beijos.

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011