Resenha: Sangue na Neve

by - segunda-feira, setembro 09, 2013

Olá pessoal!

A Ieda preparou mais uma resenha pra gente! Dessa vez de um suspense, da mesma autora de "Viva para contar".

Autora: Lisa Gardner
Páginas: 416
Ano: 2013
Editora: Novo Conceito

Olá pessoal, então a Dai mandou alguns livros para mim e entre eles estava o Sangue na Neve que é uma espécie de continuação de Viva para Contar só que com uma nova história envolvendo a incrível detetive D.D. Warren.
Após um prólogo curioso, nos deparamos com D.D. e Alex no aconchego de suas vidas onde tudo parece bem, mas de cara podemos dizer podemos dizer que ótimas surpresas estão por vir. E é no meio disso que D.D. é chamada por seu antigo parceiro e ex-namorado, Bobby para um caso que merece sua atenção em cheio.
A situação é a seguinte, uma mulher atirou no próprio marido após ser agredida por ele, mas a questão mesmo é que a mulher é uma policial, uma trooper , e sua filha desapareceu, pode perceber que D.D. terá que correr contra o tempo dessa vez.

"Eu podia voltar para casa e para Sophie toda sexta-feira à noite, mas também tinha de deixá-la chorando nos braços da Sra. Ennis toda segunda de manhã. Semana após semana após semana até eu achar que ia gritar por causa da pressão. Mas fui em frente. Tudo pela Sophie. Sempre pela Sophie." 

Então conhecemos Tessa Leoni, a nossa trooper que perdeu o marido e a filha no mesmo dia, aos poucos ela vai contando sua história, alternando entre o passado, quando conheceu Brian e no presente, em que está terrivelmente ferida e impotente para ajudar a sua filha, Sophie, além de estar guardando muitos segredos e mentindo muito.
E assim meio que começa uma rixa entre Tessa e D.D., porque esta acredita sem sobra de dúvidas na culpa de Tessa e consegue ver o quanto ela está mentindo, a situação piora quando D.D. descobre que Tessa já matou uma pessoa na sua juventude em autodefesa, mas isso não a convence.
Eu adoro a D.D, não é novidade, ela é rápida, profissional e tem um humor sarcástico terrível, mas Tessa Leoni é outra mulher que aprendemos a admirar. Ela já passou por poucas e boas, mas desde sempre foi muito forte e determinada, tudo por sua Sophie, é incrível o quanto ela ama sua filha e o quanto faz por ela. O seu relacionamento com Brian também foi muito fofo, pelo menos em suas memórias, exceto que parecia meio platônico às vezes, porém de modo algum conseguimos imaginar Brian como um espancador de mulheres, então é bom suspeitar da veracidade dos fatos.
Enfim, o final não é lá essas coisas, acho que poderia ter sido melhor, entretanto foi apropriado. Eu meio que quero ler o próximo livro da D.D. porque ela com certeza estará numa situação bem complicada para cuidar de um caso e isso eu preciso ver.




Leia também

20 comentários

  1. Eu fiquei meio perdido nessa resenha porque parece ser continuação de um outro livro: Viva para Contar (que a propósito nunca nem ouvi falar). Pelo que deu para apreender da resenha, o livro não se enquadra nas minhas preferências de leitura, mas a história parece ser interessante. Procurarei saber mais sobre o volume antecessor, e se eu gostar, adicionarei na minha lista. Curti a resenha, bem objetiva.

    ResponderExcluir
  2. Meu coração bateu mais forte só de ler aquele trecho de vermelho no post, parece ser um dos livros que eu leria mais que uma vez, é.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. O lado ruim da série é que são muitos livros e pelo que eu me lembre começaram a lançar por aqui já pelo terceiro ou quarto. O bom é que são bem independentes, né?! O que deixa uma pessoa que não quer se apegar a séries feliz. rs Fiquei bem curiosa por esse livro e digo mais, acho que a Tessa tem rabo preso. Apesar de você mostrar os dois lados, eu acho ela meio suspeita. E nem li o livro. rs

    ResponderExcluir
  4. tudo bem?
    esse livro não faz parte de meus desejos, não curto livros policiais e muito menos thrillers, mas minha mãe é fã dessa autora!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oh Iêda, que pena que você não gostou taaaanto do livro =/
    tenho muita vontade de ler os 2 livros da Lisa, mas até hoje não tive oportunidade :'(

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro romances policiais, e como fã desse gênero não poderia deixar de ficar curiosa com esse livro.
    Eu quero muito lê-lo. O título foi o que primeiro me chamou a atenção. A sinopse também é interessante, e a nossa detetive tem um elemento em sua personalidade que eu simplesmente adoro: O sarcasmo.
    Fico me perguntando se os livros dessa autora são como os da Patricia Cornwell com a sua personagem Kay Scarpetta, onde seus livros seguem essa personagem, mas cada um sendo diferente um do outro. Cada livro é um novo caso.

    ResponderExcluir
  7. Esse tipo de livro não faz meu estilo, realmente não faz, nem adianta tentar ler. Vi um monte de resenhas positivas, mas nem me animei. No seu caso o livro foi aceitável e tudo, mas eu realmente não gosto de acompanhar. Sou chatinha pra essas coisas, sem contar que achei a capa feia, então é meio caminho andado pra eu não querer ler o livro :(

    ResponderExcluir
  8. Não sou muito fã de romances policiais e li em algum lugar que esse livro faz parte de uma série, o que é um ponto negativo para mim.
    Por enquanto não tenho interesse em ler o livro, mas quem sabe mais para frente.

    ResponderExcluir
  9. Esse livro parece interessante, mas o fato de ser uma série com muitos livros me desanima por questão do tempo (ou da falta dele, rs).

    Abraços, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  10. Oieee! eu nunca li Viva para Contar e não sou muito fã de romances policiais, mas eu gostei da sua resenha e da sinopse, acho que assim como eu dei uma chance pro harlan coben eu tenho que ler pra ver se a narrativa me prende ^^
    beijos!

    ResponderExcluir
  11. Nunca li um romance policial.Já vi esse nas livrarias várias vezes,mas nunca parei para olhar (eu,meio que vivo na livraria para ver as novidades) HUEHUEHUEH
    Me interessou,mas o que desmotiva é a quantidade de livros a serem lançados ainda da série,aqui no Brasil a situação é crítica quando se trata de lançamentos.rs

    #Curti

    ResponderExcluir
  12. Esse livro parece ter uma história muito interessante e agora já está na minha lista de desejados, tanto esse quanto o outro da autora, “Viva para Contar”. Adorei a história e a resenha, parece ser exatamente o tipo de livro que eu costumo gostar.
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Nossa, não sabia que Sangue na Neve era "continuação" de Viva para Contar. Esse, aliás, é um livro que está na minha lista de desejados há algum tempo, e sempre leio bons comentários a respeito. Agora, são dois livros a mais pra lista! Assim vou a falência, hahaha. Beijocas.

    ResponderExcluir
  14. Eu tenho o Viva pra Contar aqui, mas não me animei pra ler ainda...Creio que vá ser um bom livro, agora...A julgar pelo que você disse da persinagem-comum entre os dois livros.

    Caso eu goste do 'primeiro', vou procurar comprar esse, sem duvida...Mesmo com o final meio fraquinho hehe

    ResponderExcluir
  15. Ganhei esse livro de aniversário e ele tá parado sem saber quando vou pegar e ler porque thrillers policiais não é uma coisa que goste muito mas quando o livro chegou parei pra ler uns trechos ele parece ser bem escrito e ser bem movimentado e fiquei curiosa. Mas é triste saber que o livro poderia ter sido melhor :/

    ResponderExcluir
  16. Pelo o que entendi, não precisa ter lido Viva para Contar antes de ler Sangue na Neve, certo?
    Esse é meu tipo de livro, adoro suspense, e desconfio de tudo e de todos.

    ResponderExcluir
  17. Desde o lançamento de "Viva Para Contar" que tenho vontade de ler tudo o que a Lisa Gardner lançar. Gosto bastante do gênero, e sei que as sua tramas são ótimas. Acho legal quando o autor cria as personagens com um ar de mistério em relação ao seu caráter. Quero muito ler esse.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  18. Não sabei que Sangue na neve era tipo uma continuação de Viva para Contar o.O Fiquei surpresa rs Viva para Contar é um dos meus desejados há séculos, vou ler ele primeiro e depois irei ler Sangue na Neve.

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Ainda não li Viva para Contar, embora eu queira há um tempo. Depois que eu o ler, prosseguirei com Sangue na Neve.. Bom.. Os personagens parecem envolventes, pelo que você falou. Eu não sei se é, mas de ler a resenha, me pareceu ser um pouco o tipo de livro que você lê com uma espécie de frio na barriga.. Enfim, amei a resenha, bjos

    ResponderExcluir
  20. Oie!!

    Eu não conhecia o livro e fiquei um pouco confusa com a historia, talvez por não conhecer nada sobre a personagem e talz. E tive que procurar trooper no google pq eu não tinha ideia do que era =P
    Eu gosto bastante de romances policiais, mas esse não me chamou muita atenção.

    bjoo

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011