Resenha: Três é demais

by - sábado, setembro 07, 2013

Olá pessoal!

Vamos de resenha nova, dessa vez do livro "Três é demais", da série Garota coração Garoto.

Autora: Ali Cronin
Páginas: 302
Ano: 2013
Editora: Seguinte

Neste terceiro volume da série Garota (coração) Garoto, "Três é demais", Ali Cronin coloca como personagem central Cass. A jovem vem de uma família rica, tem um namorado lindo e é a melhor aluna da classe. Mas a vida de Cass está longe de ser perfeita, sua mãe a pressiona para que passe na Universidade de Cambrigde, outra é inaceitável, e ela está numa pilha de nervos com suas notas, e para piorar tira uma nota baixa em uma disciplina em que praticamente domina, ou seja, esse sonho pode ir por água abaixo.
Já seu namorado Adam não quer que ela vá para Cambrigde, mas sim que estude em uma universidade de menor prestígio para ficar ao lado dele, mas para complicar o moço não vai muito com a cara dos amigos de Cass, e nem eles com a dele. Para agradar Adam, ela acaba se afastando de programas com seus amigos, e às vezes se sente excluída, mas ela se encontra literalmente entre fogo cruzado. Só que Jack, seu melhor amigo, se declara deixando-a numa situação ainda mais complicada, ela ama Adam, mas não quer magoar Jack. Em sua entrevista em Cambrig, Cass conhece Tom, e não consegue tirá-lo da cabeça. E agora, como nossa protagonista vai sair dessa?


"Mas mamãe não é uma dona de casa oprimida. Tinha um diploma de Cambridge, porém descobriu que estava grávida do meu irmão no dia em que entregou a tese. (…) papai se tornou bem-sucedido, alguns anos depois eu apareci e, resumindo a história, mamãe nunca trabalhou. E se você está imaginando o que aconteceu com toda essa ambição não realizada, não imagine mais. Ela a transferiu inteiramente para mim: a herdeira feminina do cérebro da família. Ou seja, pressão nenhuma."

Considero esse livro como o mais maduro dos já lançados pela autora até agora, talvez isso se deva a Cass, que embora seja uma personagem adolescente, sua maturidade é visível. A moça certinha, dona de um futuro que tem tudo pra ser brilhante, que possui bons modos e vive um relacionamento sério. No início do livro, esse perfeccionismo de Cass me irritou, entretanto com o decorrer da leitura a conhecemos melhor. 
Ela carrega nos ombros um fardo muito grande, exigem muito de Cass, não que ela seja uma coitadinha, ela também apresenta seus erros, mas em alguns momentos nós começamos a compreendê-la e sentir dó por tudo que tem que passar suas indecisões e medo. Adam, seu namorado, é um babaca e não a merece. 
Nesse livro a personagem nos narra como eles se conheceram, como tudo começou, e todas as dúvidas que ela guarda. O amadurecimento e a determinação que Cass adquire com o decorrer do livro é surpreendente, deixa o leitor realmente orgulhoso. Ela não se acomodou, ao contrário, toma as rédeas de seu próprio destino.
Acredito que a identificação do leitor com essa personagem seja maior, muitos problemas que enfrentamos na adolescência ou até mesmo na fase adulta se espelham nessa narrativa composta por Cronin. Três é demais apresenta um drama maior, acredito que seja o livro mais profundo comparado aos anteriores e mais emocionante também. Através de Cass, vemos questões como a indecisão, a pressão da carreira, amizade, relacionamentos, problemas familiares, e muito mais.
Os livros de Cronin podem parecer clichê, mas não são, eles apresentam tramas com temas atuais que levam o leitor a refletir, e o melhor, seus finais e desfechos são totalmente possíveis. É um livro escrito para jovens, por uma autora que sabe trabalhar muito bem com esse universo, mantendo os pés no chão, e sem ser moralista demais, nos apresentando personagem totalmente palpáveis dentro de situações de fácil identificação do leitor.
A narrativa da autora é envolvente, leitura rápida e fácil. Somente o início do livro que achei cansativo, mas logo nos apegamos à história. A capa é linda, e toda a edição está impecável. Se você procura um livro leve, recomendo. Lembrando que nessa série os livros não precisam ser lidos em ordem, já que cada um tem sua história de forma única. Procuro avaliar essa série dentro do gênero a qual pertence, e para mim, ela é muito bem escrita e se encaixa para perfeitamente em seu público alvo.


Compre aqui: Saraiva - Cultura - Extra 

Leia também

21 comentários

  1. Já ouvi falar do livro,na verdade da série.Vi hoje os livros na bienal,porém confesso que nunca me passou pela cabeça ler.Gostei mesmo das capas e tal,tenho que pensar se vou ler é muitos livros na pilha kkkk

    ResponderExcluir
  2. olha Dai, eu acho que esse livro, assim como a sua série ja conquistou todo mundo, é muito boa! to viciada
    quando quiser passe no meu blog, sua presença e de seus leitores é sempre bem vinda! http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu quero este livro e quero muito lê-lo.
    Adorei a resenha *--*

    Bjinhos

    http://manialiteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Gosto das capas, muito! Mas tenho algo muito grande e forte contra séries, apesar de ser idiota isso, hahahaha. Mas, na verdade, essa sua resenha me deixou mais disposta a ler esse livro caso um dia eu tenha a oportunidade. Ótima resenha!
    literallypitseleh.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Já li algumas resenhas da série que não me cativaram nada, todas sempre diziam a mesma coisa. Que a autora não é lá essas coisas, tem potencial, mas não sabe usufruir. Como ainda não li nada, não tenho como falar. Esse livro em especial todas as que li também disseram que era o melhor. Que a Cass era uma personagem cativante, mas foram tantos comentários negativos que li sobre a autora que fico com o pé atrás. Quem sabe eu dê uma oportunidade né? kkk A resenha me deixou curiosa pra conhecer a Cass!

    ResponderExcluir
  6. Já ouvi falar dessa série "Garota<3Garoto", não faz o meu estilo de leitura. Pelo que li na resenha, a trama gira em torno das atitudes e decisões tomadas pela protagonista, e alguns aspectos citados acima, não apresentam algo novo. É difícil falar sobre algo que não se conhece muito bem, e esse é o meu caso. Primeiro eu teria que ler a resenha dos outros volumes.

    ResponderExcluir
  7. Nunca me interessei por essa série, apesar de já ter lido críticas muito positivas sobre os livros. Sei lá...não faz muito o meu estilo. E também não gosto das capas. Acho que poderiam ter sido melhor elaboradas pela editora. Esse livro não entra na minha lista no skoob.

    ResponderExcluir
  8. até q fosse um pouco cliches eu gostaria, por curto um cliche de vez em quando :)
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  9. Eu já li os dois primeiros livros e os dois contos e até agora o que eu mais gostei foi o segundo, desde o primeiro livro eu achava a Ash a mais legal das meninas. Estou muito curiosa pra saber como vai ser esse, espero que seja tão bom quanto os outros. Amei a resenha *-*
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Ainda não li os livros, mas o fato da escritora ter amadurecido a escrita ao longo do trabalho sem dúvida é um ponto positivo!

    Abraços, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  11. Tenho curiosidade em ler essa série! As capas são tão lindas... e a premissa das histórias me agradam bastante. Tô louca pra comprar logo "Nada é para sempre", e começar a tirar minhas conclusões a respeito da escrita da autora.

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia a série e nem a autora. Confesso que a história não conseguiu chamar muito a minha atenção, mas me identifiquei com a Cass. Assimilar o peso de um relacionamento sério, relacionamento familiar, manter boas notas e se preparar pra ir a faculdade. Passei por tudo isso no ano passado e não foi fácil decidir qual curso faria, afinal minha mãe queria que eu fizesse algo para o qual não tinha a menor aptidão, e ter que escolher entre o que eu queria e não magoá-la foi cruel.

    ResponderExcluir
  13. Sim, os livros da autora parecem ser clichês! Tanto parecem que eu acho que são, bato o pé pra dizer que são e não leio a autora! Mas eu fiquei interessada porque você falou que esse livro é real, retrada os jovens de forma realista. Estou cansada desses livros irreais, com final de conto de fadas e trama irreal. Eu quero poder me identificar com os personagens e com a trama de forma realista!

    ResponderExcluir
  14. Estou bastante curiosa para ler essa série. Acho que os dois primeiros volumes são um pouco mais infantis, mas gostei bastante desse terceiro volume.
    Gostei de ver que a Cass vai amadurecendo ao longo da narrativa e me identifiquei com a vontade de querer agradar a todos, mas não ser feliz ao fazer isso.
    Achei a capa bem bonita e combina com os outros livros.

    ResponderExcluir
  15. Até agora eu li só o primeiro da série e dois contos e eu adorei! Acho que vou gostar muito desse livro por ser com a Cass, ela é a segunda que eu mais gostava das quatro meninas :)
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Li algumas resenhas positivas a respeito desse livro, mas não me animo muito a ler. Além de ser um romance (e eu não gosto de romances), ouvi dizer que a Cass é meio mortinha e sem atitudes, e eu não suporto personagens assim...Ainda mais se for a personagem principal.

    ResponderExcluir
  17. Não li nenhum livro da serie ainda, mas tenho lido bastantes comentários positivos sobre esse. Parece ser o que mais agradou o público. Dá pra perceber pela sinopse que Adam é um babaca. Gosto d personagens que tomam as rédias do seu próprio destino. Irei dar uma chance a esse livro.

    ResponderExcluir
  18. Bom saber que a autora está conseguindo crescer junto com sua série. Quando iniciei essa resenha, a palavra que me veio a cabeça foi "clichê", mas na continuação dela, você fala que parece, mas não é clichê. Então, quero muito ler não apenas esse, mas toda essa série.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  19. Não me animei muito com essa série.. Bom, pelo que já li sobre esse, realmente parece ser o melhor da série até agora. Mas não sei se darei uma chance a ele.. Hehe, okay. Parabéns pela resenha!!

    ResponderExcluir
  20. Ela é uma garota confusa não?? Ama o namorado, não quer magoar o amigo e não tira o rapaz que conheceu na universidade da cabeça tsc tsc mas quem não é confuso no auge da juventude??? Gostei da sua forma de apresentar o livro, e eu pensando que a série era só mais uma série boba sobre adolescentes metendo os pés pelas mãos cof cof me enganei, fiquei feliz até ahaha

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  21. Oi Dai!!

    Essa serie não me chama muita atenção, gosto bastante de historias levinhas assim, mas por algum motivo essa não me atrai oO
    talvez eu ainda de uma chance, ja que vc tem uma opinião tão positiva do livro =)

    bjoo

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011