Resenha: O futuro de nós dois

by - terça-feira, outubro 08, 2013

Olá pessoal!

Vamos de resenha nova \o/

Autores: Jay Asher e Carolyn Mackler 
Páginas: 297
Ano: 2013
Editora: Galera Record

Sinopse: É 1996, e menos da metade dos alunos das escolas de ensino médio nos Estados Unidos já tinham usado a internet. Emma acaba de ganhar o primeiro computador e um CD-ROM da America Online de Josh, seu melhor amigo. E ao instalar o programa, logo no primeiro acesso, descobrem que acabam de entrar no Facebook, dali a quinze anos. Todos se perguntam como será o futuro. Josh e Emma estão prestes a descobrir...

Leve ao mesmo tempo doce de se ler, assim é O futuro de nós dois. A narrativa de Asher e Mackler se compõe de maneira intercalada pela visão dos protagonistas, Emma e Josh. Apresentando elementos atrativos, como a década de 90, na qual vivi a minha infância rsrs, e algo muito atual, o facebook, vemos como a vida desses dois jovens sofrem um “abalo” quando descobrem o que acontecerá no futuro dali há 15 anos. Mas não sabem de tudo, se baseiam pelo que veem nas “atualizações de status” de seus perfis.

Josh e Emma não estavam se falando muito, mas após esse incidente voltam a se aproximar. À medida que vão descobrindo o que acontecerá, ficam obcecados pelo futuro, se estarão felizes ou não, e isso os amedronta, dessa forma vão tomando atitudes no presente para que no futuro não “sofram” ou não estejam infelizes.
Quem nunca sonhou em saber como estará daqui a 15 anos? Se conseguiu o emprego dos sonhos, se estará casado(a) com filhos ou sem? Mas certamente quando se foca somente no que acontecerá amanhã, se esquece de viver o que se passa no presente. E esse tempo do aqui e agora, cada decisão e atitude que tomamos nesse momento influencia o que amanhã seremos ou teremos.
Um dos erros dos personagens foram eles tentarem corrigir, fazerem o que seria “certo” agora, para no futuro não sofrerem, entretanto se esqueceram de que as mágoas, e tantas outras marcas que os sentimentos que nos afligem e causam dor, também são importantes para o amadurecimento pessoal. Não há como fugir, não se sobe uma escada sem pisar em seus degraus. Cada etapa é importante, você pode até tentar adiá-la, mas passar por elas é literalmente inevitável.
O cotidiano diário e sonho de cada protagonista, nos faz lembrar nós próprios, são personagens próximos do real que se não nos vemos nele certamente reconhecemos um amigo ou amiga que se encaixaria. Seus sonhos, desejos e até mesmo medo, são comuns a tantos jovens dessa faixa etária.
Não considero O futuro de nós dois como um livro surpreendente, foi uma leitura leve e descontraída, entretanto achei tudo meio previsível. A história até que tenta apresentar uma proposta diferente, mas seu enredo é normal, até mesmo comum. Tirando o fato de eles poderem ver o futuro através do facebook, o restante retrata as indecisões e erros que cometemos na fase da adolescência.
Josh é mais do tipo “vaca que vai com as outras”, Emma é uma menina normal, mas que tem medo de se apaixonar perdidamente e sofrer desilusões como sua amiga já passou, e dor de amor é algo por qual ela não quer passar, então suas relações com os garotos não são tão sérias e sim mais para uma diversão. Mas cá entre nós, quem nunca se apaixonou pela pessoa errada e depois pensou “Meu Deus que burrada” que atire a primeira pedra no balde d’água. Todo ser humano um dia sofreu ou tem que sofrer pela dor de um amor.
Enfim, não é um livro que seja “uau, que surpreendente”, mas é gostoso de ler, fácil, leve e rápido. A história até que é bonitinha, o final foi bem legal, os personagens secundários também foram bem explorados. Recomendo para quem quer um livro descontraído, bem estilo juvenil e com uma mensagem bacana a passar.


Leia também

8 comentários

  1. AWN! Que história mais fofa.
    Acho meio bizarro você saber o que tá acontecendo com você daqui a 15 anos, ainda mais pelo facebook.
    Até porque não quer dizer que seja verdade.
    Eu gostei da sinopse e da resenha, fiquei interessada em ler.

    http://lisos-somos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Parece o tipo de livro fofinho, para ler sem compromisso... Estou curiosa com ele... Já leu A Probabilidade Estatística do Amor a primeira vista? É assim também: leve, sem grandes reviravoltas e super fofo!

    Bjs, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  3. Achei a premissa bem interessante, fiquei com vontade de ler!!

    Beijos e boas leituras.

    livrosobaluzdalua.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Está na listinha!
    Parece ser uma daquelas leituras rapidinhas!
    Beijinhos
    Rizia-Livroterapias

    ResponderExcluir
  5. estou bem curiosa para ler este livro...
    também tive minha infância nesta época, e não sei o que faria se descobrisse uma coisa dessas :P

    ResponderExcluir
  6. esse livro pra mim é a prova viva do quanto a gente julga sem conhecer. eu, quando vi a capa e suas informações basicas nem liguei pra ele, mas agora lendo sua resenha eu ate que me animei, o tema é novo, é acho diferente do que estamos acostumados e isso em alegra e agrada!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Dai... esse livro da uma sensação nostálgica pra quem já passou dos 20 quase nos 30... É sempre bom ter um livro juvenil a mão. Qualquer pessoa que "possivelmente" pudesse ver seu futuro, com certeza iria querer consertar algo. É uma ideia perigosa, porém fascinante.. :D

    Bye da Pah
    Livros Estrelas

    ResponderExcluir
  8. Eu queria muito ler esse livro.
    Aí um tempo atrás leio uma resenha mega negativa, infelizmente minha vontade caiu um pouco, mas ainda o desejava.
    Mas não tem jeito, o enredo me interessa bastante, então por mais que vários não tenham gostado, ele pode se tornar até um favorito meu, quem sabe? Lerei quando tiver uma oportunidade sim.

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011