Cia Cult: dicas de livros da Companhia das Letras

by - sexta-feira, dezembro 20, 2013

Olá pessoal! 

Eu e a Luara tivemos alguns probleminhas na hora de assistir ao filme "As Virgens Suicidas", por isso o post de hoje será diferente, porém nem tanto. As Virgens Suicidas é um clássico da literatura mundial, sendo assim, nós selecionamos alguns títulos clássicos da Companhia das Letras que  já lemos e gostamos, e agora vamos indicar para vocês! São cults que com certeza devem entrar na sua listinha de leitura. Confira:

Durante uma festa em sua casa, Cecilia Lisbon, uma garota de 13 anos se joga de uma janela do segundo andar sobre a cerca de ferro. Como uma maldição, num período de um ano, todas as cinco irmãs Lisbon cometem suicídio. Comprimidos, enforcamento, todas as formas são válidas para que, uma a uma, Lux (14), Bonnie (15), Mary (16) e Therese (17) encontrem seu caminho para a morte.A tragédia marca tanto a rotina da vida local que uma investigação é levada a cabo pelos garotos da vizinhança. Passados 20 anos, eles reúnem um mórbido acervo de evidências, que vão desde entrevistas com parentes até diários e boletins de química. Mas os detetives amadores, determinados a descobrir qual a razão daquelas mortes, lutam para achar as peças deste quebra-cabeça que é a alma feminina.

Muitos conhecem o autor Daniel Galera pela sua obra Barba Ensopada de Sangue que estreou entre os mais vendidos aqui no Brasil, sendo sucesso na critica nacional e também internacional. Entretanto o autor tem um livro chamado Cordilheira, que faz parte de uma série da Companhia das Letras chamada Amores Expressos, em que cada autor foi convidado a viajar a uma capital e escrever um romance que se passasse nesta, este livro se passa em Buenos Aires na Argentina. Cordilheira é um romance que desassossega, mesclando uma de literatura de alto padrão com um enredo que vem a mostrar de forma crua as relações humanas e o limite tênue entre a realidade e a ficção.

Neve
Conta a história de Ka, poeta exilado na Alemanha, que viaja a uma pequena cidade turca com o pretexto de investigar a onda de suicídios entre jovens muçulmanas que assola o vilarejo. Durante essa visita, uma nevasca bloqueia todas as estradas, insulando a cidade do resto do mundo. É nesse clima de isolamento que um veterano ator e sua mulher aproveitam para liderar um golpe militar.Embora tenha se distanciado da política há muitos anos, Ka é alçado a protagonista involuntário dessa revolução. Nada menos apropriado para o escritor cujo desejo, além de se casar com Ìpek, antiga colega de escola, é apenas registrar as poesias que lhe escapam há anos, mas que agora passam a fluir com extrema naturalidade. Mas o turbilhão provocado pelo golpe traz à tona a truculência das forças de segurança, antigos ajustes de contas e o radicalismo de alguns militantes islâmicos. Enquanto Ka tenta se equilibrar entre as diversas facções em choque, vê a cidade se tornar um microcosmo dos conflitos raciais, políticos e étnicos da Turquia, além de palco da sua tragédia pessoal.

1984
"1984" não é apenas mais um livro sobre política, mas uma metáfora do mundo que estamos inexoravelmente construindo. Invasão de privacidade, avanços tecnológicos que propiciam o controle total dos indivíduos, destruição ou manipulação da memória histórica dos povos e guerras para assegurar a paz já fazem parte da realidade. Se essa realidade caminhar para o cenário antevisto em 1984 , o indivíduo não terá qualquer defesa. Aí reside a importância de se ler Orwell, porque seus escritos são capazes de alertar as gerações presentes e futuras do perigo que correm e de mobilizá-las pela humanização do mundo.


Toda Poesia
Este volume percorre, pela primeira vez, a trajetória poética completa do autor curitibano, mestre do verso lapidar e da astúcia. Livros hoje clássicos como Distraídos venceremos e La vie en close, além de raridades como Quarenta clics em Curitiba e versos já fora de catálogo estão agora novamente à disposição dos leitores, com inédito apuro editorial. O haikai, a poesia concreta, o poema-piada oswaldiano, o slogan e a canção - nada parece ter escapado ao “samurai malandro”, que demonstra, com beleza e vigor, por que tem sido um dos poetas brasileiros mais lidos e celebrados das últimas décadas. 

Não me abandone jamais
Kathy H. tem 31 anos e está prestes a encerrar sua carreira de "cuidadora". Enquanto isso, ela relembra o tempo que passou em Hailsham, um internato inglês que dá grande ênfase às atividades artísticas e conta, entre várias outras amenidades, com bosques, um lago povoado de marrecos, uma horta e gramados impecavelmente aparados.No entanto esse internato idílico esconde uma terrível verdade: todos os "alunos" de Hailsham são clones, produzidos com a única finalidade de servir de peças de reposição. Assim que atingirem a idade adulta, e depois de cumprido um período como cuidadores, todos terão o mesmo destino - doar seus órgãos até "concluir".Embora à primeira vista pareça pertencer ao terreno da ficção científica, o livro de Ishiguro lança mão desses "doadores", em tudo e por tudo idênticos a nós, para falar da existência. Pela voz ingênua e contida de Kathy, somos conduzidos até o terreno pantanoso da solidão e da desilusão onde, vez por outra, nos sentimos prestes a atolar.

 Serena
Ao ser contratada pelo MI5, o Serviço Secreto Britânico, a protagonista Serena se vê como participante de uma mentira cujo objetivo é fomentar a criação de uma ficção. Isso porque ela é incumbida de estabelecer contato com um escritor a quem não pode contar que é uma espiã, nem que o dinheiro que ele passará a receber virá do Estado. Mas o contexto de toda essa armação é uma guerra muito real, num período (começo da década de 1970) bastante violento da história da Inglaterra, especialmente por causa da atividade do IRA. E, para Serena, o caso envolve ainda sua vida pessoal, tanto no que se refere a seu antigo amante, que a introduziu no MI5, quanto no que se refere ao escritor que é vítima do ardil, por quem acaba se apaixonando. Ela é, portanto, agente e vítima, personagem e criadora, num romance em que todos esses papéis são questionados com fervor.

Esses foram alguns dos títulos que nós selecionamos para trazer para vocês. Claro que acessando o catalogo da Editora Companhia das Letras vocês poderão conhecer muitos outros clássicos também já publicados pela editora.

Beijos!

Leia também

20 comentários

  1. Esses livros parecem ser ótimos!
    Não li nenhum deles ainda, mas queria muito ler As Virgens Suicidas e Não me abandone jamais.
    Adorei as dicas!
    Beijos!
    http://temponaoperdido.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  2. George Orwell e Leminski, como não amar? Não tem como.

    Ótima seleção :)

    Um abraço,
    oepitafio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Adorei conhecer estes livros , só tem um dai que eu já conhecia kkk As virgem suicidas , que ainda não li , me lembra algo , um filme que assisti a muito, muito tempo.. Tenho que ler pra ver se foi pego ao deste filme :)

    http://raquel-ebooks.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Alguns desses livro eu já até ouvi falar, inclusive As virgens suicidas, mas nunca tinha lido a sinopse e adorei.

    ResponderExcluir
  5. as virgens suicidas até parece um livro, é o que eu mais conheço dessa seleção
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Sou louca para ler As virgens suicidas, 1984 e, sobretudo, algo do Ian! Me indicaram fortemente Reparação, já leu?

    Adorei as indicações :)
    Beijos
    Mell Ferraz
    http://www.literature-se.com/

    ResponderExcluir
  7. Da sua lista só li 1984 e adorei! Tive uma "crise" existencial, se bem me lembro... Uma vez na escola uma professora super cult me elogiou e disse que era um dos livros favoritos dela, me senti super legal hahaa. Se fosse escolher um da sua lista, escolheria As Virgens Suicidas.

    ResponderExcluir
  8. desses ai o unico que eu tenho curiosidade em ler é As Virgens Suicidas... :D

    ResponderExcluir
  9. A Cia das Letras é uma daquelas editoras que eu me interesso por qualquer lançamento, sem exceção, já que tem um histórico quase perfeito, só lançam livros bons. Não tem nenhum desses da lista pelo qual eu já não tivesse me interessado, mas o único que eu adquiri, por enquanto, foi 1984, mas ainda não li. Eu quero muito ler os outros, também, assim como outros títulos da editora, é uma da minhas preferidas. Ótimo post! ;D

    ResponderExcluir
  10. Ótimas dicas, estou querendo muito ler o livro Serena.

    ResponderExcluir
  11. Oiii não é a toa que Neve e As Virgens Suicidas já estão em e-book no meu celular para serem lidos em breve, a Cia arrasa nos livros que lança, sempre tem algum que me faz querer ler urgente. Ótimas dicas.

    Beijos!!!

    @jannagranado
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Ótimos livros curiosa para ler George Orwell e Leminski!
    http://lendoaprendendoevivendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Ótimos livros! Quero todos!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Um livro que tenho vontade de um dia ler é 1984!!
    Um clássico que vale a pena ser conferido.
    Bjs'

    ResponderExcluir
  15. Eu to na minha lista de leitura, As Virgens Suícidas, Dai.
    Mas quero ler 1984 também, só não sei quando...
    Beijos e até,
    Ana.
    http://umlivroenadamais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Desses livros citados, apenas o "1984" e "As Virgens Suicidas" me interessam. O "1984" já está na minha lista há muitos anos. Tenho fé que um dia o lerei. Rsrsrs

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  17. Primeira vez que vejo esses livros. Nem tive conhecimento deles, mais gostei de alguns. Como: Serena e Não me abandone jamais. Vou tentar ler estes também.

    ResponderExcluir
  18. Dos livros citados eu me interessei por praticamente todos e com certeza os providenciarei em breve (:

    ResponderExcluir
  19. Já fiz download de As Virgens Suicidas e começarei ler hoje mesmo. Também me interessei por Neve, talvez quando terminar AVS, eu leia este. Gostei das indicações.

    ResponderExcluir
  20. Adorei as indicaçoes principalmente 1984 e Serena (que ainda nao tive a oportunidade de ler mas vou fazer isso esse ano!)

    xx

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011