Resenha: Trono de Vidro

by - terça-feira, dezembro 03, 2013

Olá pessoal!

Resenha nova no ar, dessa vez de uma fantasia com aquela pitada de aventura fantástica, "Trono de Vidro".

Autora: Sarah J. Maas
Página: 390
Ano: 2013
Editora: Galera Record

Em Endovier, a prisão sombria e suja mina aonde criminosos e escravos cumprem suas sentenças, e onde também estava Celaena, uma jovem de 18 anos, que simplesmente é a melhor e mais temida assassina de Adarlan. Estando nesse lugar há muitos anos, ela sofre o castigo que é viver naquele lugar sem sua liberdade. Até que Dorian, o príncipe herdeiro, aparece na prisão e faz uma oferta a ela, a qual consiste em representá-lo numa competição com os melhores guerreiros do reino, se ela vencer os 23 competidores, que são assassinos, ladrões, soldados, será declarada a campeã do rei, e depois de servi-lo por alguns anos e enfim ter sua liberdade novamente.
Disposta a tudo por sua liberdade ela aceita, chegando ao reino, Chaol, capitão da guarda, é quem a treina e começa a perceber algo a mais na bela assassina, começa a ver sua face mais 'humana'. Neremiah, uma princesa de um reino distante, o qual está sendo abatido pelo rei de Adarlan, se aproxima de Celaena e uma amizade começa a nascer. Mas algo estranho começa acontecer no castelo, alguém está matando os competidores, um a um, de uma forma terrível e ninguém sabe quem é. Celaena se vê diante de uma batalha, não somente para vencer e ter sua liberdade de volta, mas também para sobreviver diante dessa ameaça. Assim começa a aventura de uma jovem, que lutará pela sua vida, por sua liberdade e contra o mal que terá que desvendar.


"- (...) Você quer que eu leia para você nos seus últimos instantes? Que história prefere?
 Celaena puxou a mão de volta rapidamente.
 - Que tal a história do príncipe idiota que não deixa a assassina em paz?
 - Ah! Eu adoro essa! E tem um final feliz ótimo, também. Ora, a assassina só estava fingindo estar doente para conseguir a atenção do príncipe! Quem é que podia ter imaginado? Que garota esperta. E a cena no quarto é tão bela... vale a pena ler, eles não param de trocar gracejos!"

Trono de Vidro de Sarah J. Maas, recebeu diferentes prêmios literários conceituados, e após concluir a leitura digo que com certeza foram muitos merecidos. O livro tem algo que nos atrai para sua história já nas primeiras páginas, acredito que se deve a personalidade dos personagens, principalmente a de Celaena, que é incrível e a de Dorian, eles se provocam e se desafiam várias vezes e claro, nós leitores nos deliciamos com essas cenas.
Celaena Sardprthien é uma personagem forte, destemida, audaciosa, muito inteligente, ama ler, e com um coração enorme, embora não possa não parecer devido sua profissão. Já sobre Dorian em alguns momentos pensei que não iria gostar dele, entretanto me enganei, ele tem um coração bondoso diferente do seu pai, e o conseguimos entender, além de ter certo charme.
Chaol é aquele leal capitão da guarda, ele tinha todos os preconceitos contra nossa protagonista, mas até que com razão, pois com ela não se da pra brincar, um momento de distração pode ser o suficiente para ela acabar com a vida de uma pessoa. Mas com o tempo ele verá que a jovem realmente está disposta a ganhar a competição, e mesmo não querendo admitir, reconhece que ela tem um grande coração.
O rei foi o personagem que mais me irritou, embora tenha aparecido pouco foi o suficiente para me deixar fervendo de raiva e com vontade de encarnar a Celaena e matá-lo! (calma Daiane, é só um personagem, calma...). Além de outros claro, como a rainha, que parecia que só se importava em achar uma esposa para seu filho e nada mais.

"- Por que nenhum de vocês está aqui?
 - Guardas são inúteis em uma biblioteca.
 Ora, como ele estava errado! Bibliotecas estavam cheias de ideias. Talvez as mais perigosas e poderosas armas."

O livro é narrado em terceira pessoa, há diferentes personagens secundários, todos muito bem trabalhados e explorados. Eles são convincentes, aqueles tipos de personagens que você consegue imaginá-los, senti-los, cada qual com sua personalidade irradiando em nós diferentes sentimentos. Celaena é uma prova disso, ela não é perfeita, longe disso, já tirou muitas vidas, mas tem um caráter e uma honra intrínseca em seu ser, e muito, muito sarcástica.
As cenas são bem detalhadas e se formam na mente perfeitamente. Fui surpreendida em alguns momentos, a autora parecia nos levar para um lado, mas depois vem e nos apresenta novos fatos. O final deixou algumas coisas nas entrelinhas percebemos algumas pequenas revelações que não foram mais aprofundadas, porém entendemos e ficamos com aquela sensação "tem coisa ai...".
A batalha final para decretar o campeão do rei acontece, é uma cena cheia de surpresas, e com alguns detalhes que a autora coloca que podem parecer pequenos, mas possuem grandes significados. Este primeiro livro teve um bom fechamento, a história não fica vaga embora algumas pontas apareçam para o próximo livro.
Trono de Vidro é uma fantasia realmente incrível, com aquela pitada de aventura, suspense, magia, conspiração, e humor que tanto gosto. O livro todo foi bem equilibrado, uma história composta com cuidado e com zelo pela autora, é perceptível seu talento em construir uma narrativa tão instigante como nessa obra e com personagens que parecem ter vidas próprias. Bem, com certeza esse livro me conquistou e para leitores de fantasia é uma leitura obrigatória.


Leia também

9 comentários

  1. Bom, como gosto de fantasia, acho que serei obrigada a ler! hahaha
    Já adicionei na lista *-*

    Beijo
    fantasiandocomoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Ei, Dai tudo bem?

    Então eu li esse livro e concordo com tudo que você disse, Celaena me conquistou profundamente ainda mais sabendo que ela é uma leitora voraz *-*

    Eu Amei o livro, e a sua resenha está maravilhosa!!!
    Parabéns!!!!

    Beijos ;)

    @RafaelCesar89
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. varias coisas neste livro me motivam a não lê-lo, a começar pelo gênero, que não é nada o meu estilo
    outra coisa que eu sempre gosto de ver no livro antes de ler é se ele é em primeira ou terceira pessoa. não gosto de livros em terceira pessoa, e leio apenas se ele me interessar demais. o que não é o caso deste ;x
    vi sobre os prêmios que a autora ganhou, e realmente foram vários!
    quem sabe um dia eu leio para descobrir o porque, mas agora não tenho muita curiosidade não ;x

    ResponderExcluir
  4. Preciso ler esse livro *-* Já havia lidos outras resenhas dele e sempre quis ler e agora , depois de ler sua resenha, minha vontade só aumentou!!

    ResponderExcluir
  5. livro não me chamou muita atenção, acho que não é o tipo de livro que eu me vejo lendo e gostando!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Já tinha visto sobre esse livro em outros blogs, mais nunca tinha parado para ler a sinopse, gostei do que li e da resenha também parece ser bom esse livro

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Desde o lançamento, esse é um dos livros que tenho vontade de ler. O enredo é simplesmente incrível! Imagine: uma garota de 18 anos é a mais temida assassina de uma cidade... #medo!

    ResponderExcluir
  8. Parece ser interessante... É uma distopia, certo?

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011