Resenha: A casa de Isabel

by - terça-feira, janeiro 28, 2014

Autora: Clara Mello
Ilustrações: Fernanda Barreto
Páginas: 143
Ano: 2010
Editora: Mirabolante

Sinopse: A jovem e talentosa autora, Clara Mello, estréia na literatura com o romance ‘A Casa de Isabel’ pela editora Mirabolante. Com apenas 16 anos, Clara aborda temas complexos como a morte, o amor, a saudade, o desejo, a fé e a liberdade. Com ilustrações de Fernanda Barreto, este romance retrata os principais questionamentos, pensamentos e sentimentos de Clara. Num clima onírico e poético, ‘A Casa de Isabel’ consegue, embora com o frescor da escrita juvenil de sua autora, ser uma leitura para todas as idades. Uma notícia inesperada faz com que Isabel e Teo, amigos de infância, passem o Carnaval na casa onde cresceram, revisitando cômodos, lembranças e sentimentos. “(...) Entende que esta casa é mágica? Aqui podemos ter a idade, a lembrança, o dia que quisermos. Está tudo aqui. Nossa vida, Teo! Protegida nesta casa.”

A casa de Isabel, primeiro romance escrito por Clara Mello e publicado quando a mesma tinha 16 anos, apresenta os personagens Téo e Isabel, que são amigos desde infância. O livro é narrado em primeira pessoa por Téo, já adulto e sem muitas felicidades em sua vida, segue seus dias observando e pintando suas telas, há um vazio perceptível dentro de si. Já Isabel é cheia de vida, sorrisos, mas estes se apagam quando descobre que sua irmã se suicidou, o que a levaria a isso? Isabel recorre a Téo, a única pessoa que entenderia sua dor e juntos voltam para a casa onde ela e sua irmã passaram a infância. Nessa casa, revivem lembranças, e através das cinzas do passado começam a pensar no que querem em seu futuro.

O livro todo é cheio de pensamentos e reflexões, os personagens começam a olhar cada um para mais para dentro de si mesmo e tentam se redescobrir, perguntando-se para onde foi aquela alegria que tinham na juventude. Téo não é uma pessoa de muita ação, ele é observador, mais calado, o oposto de Isabel, que emana vida por onde passa. Os personagens são palpáveis e bem descritos, o que torna maior a identificação do leitor com a obra.

Os temas abordados por Clara, como a morte, o luto, a dor, a perda, saudade, amor, amizade e a liberdade foram compostos de maneira harmoniosa e não deixam o livro pesado. A autora os trabalha com sabedoria, com a leveza de uma escrita doce e delicada, que faz com que o livro sirva para ser lido por pessoas de qualquer idade. A profundeza do desejo de liberdade e de se conhecer, são sentimentos pulsantes na obra, dando um toque sútil de melancolia a mesma.

"O silêncio faz pensar e nem sempre nos diz o que queremos ouvir. Talvez seja por isso as pessoas aumentem o volume da música, criem formas cada vez mais fortes de se alienar e nunca desliguem a televisão (...)"

Para um primeiro romance, Clara mostra uma escrita madura, e um talento para escrita. Em sua breve biografia na orelha do livro, Cecilia Meirelles e Clarice Lispector são citadas como alguns de seus escritores favoritos. Pela sua carga de leitura, acredito que dai venha a influencia para sua narrativa quase poética, e com boas doses de sentimentos, que tornaram a leitura tão gostosa e agradável.

A edição é muito bem caprichada, as ilustrações de Fernanda Barreto são lindas dando um charme especial às páginas. O livro está bem revisado, a diagramação é muito fofa, desde a capa até as páginas internas, percebe-se que foi feito tudo com carinho. Li em menos de duas horas, quando percebi já havia terminado, ele é curtinho, porém com bom conteúdo.

Em "A casa de Isabel" você pode esperar uma história simples e ao mesmo tempo profunda, um enredo que inspira poesia criado por uma jovem autora, que através de suas palavras nos proporciona grandes reflexões. Sentimentos como nostalgia e necessidade de saber o que nos faz feliz nos inundam da primeira a última página. Clara Mello é uma autora nacional que merece uma atenção, tenho certeza que ainda ouviremos muito seu nome por ai, pois talento é o que não lhe falta.

Leia também

27 comentários

  1. menina ela é a prova que talento não tem idade, gostei de ver!
    confesso que é uma grata surpresa tanto a autora quanto a editora

    ResponderExcluir
  2. O livro parece ser ótimo, com uma leitura gostosa. E ainda reflexiva. Fiquei pasma com a idade que a autora o escreveu. Pelo que você falou a narrativa da história me passou que parecia que a autora já tivesse ampla experiência pra escrever, sabe? fiquei encantada mesmo. Espero algum dia ter oportunidade de conhecer a escrita da autora e o livro, que deve ter uma história linda. E a capa é bonita, também! :')

    ResponderExcluir
  3. Talento realmente não tem idade, e a nossa literatura agradece!
    Bjs< Rose.

    ResponderExcluir
  4. Olá Daiane, tudo bem??
    Não conhecia este livro, mas fiquei encantada com este livro, com toda certeza somente de ler sua resenha percebemos sua leveza e a aprofundamento de uma maneira simples e delicada de assuntos do dia-a dia.E com toda certeza esta edição é linda =)
    Adorei conhecer esta obra!

    ResponderExcluir
  5. Nossa parece ser bem legal... Confesso que me impressionei hora que li na sinopse que a autora tem apenas 16 anos.

    ResponderExcluir
  6. Gente,16 anos? Impressionante!!
    Parece ser uma leitura muito boa e com bastante reflexão! Adorei,fiquei muito curiosa para ler.
    Beeijinhos

    ResponderExcluir
  7. Acho que não existe uma idade certa para nada, as pessoa são diferentes e as coisas acontecem na hora certa, na hora que são para acontecer. Mas claro que publicar um livro aos 16 anos é um grande feito, é preciso ter muita maturidade e responsabilidade.
    Fiquei feliz com isso, me motivou bastante a ler o livro. =)

    ResponderExcluir
  8. Estranhei o título do livro, pois nunca havia ouvido falar, e percebo que se trata de um lançamento. Mas o mais interessante de tudo isso é que a autora tem apenas 16 anos, o que pode notar-se que é um DOM, pois uma garota tão nova assim já escreveu seu primeiro livro. Sinto que ela tem um grande futuro pela frente, e ao ler ‘A Casa de Isabel’, tenho certeza de que vou ficar com a história marcada por um bom tempo!

    ResponderExcluir
  9. Me impressionei com a idade da autora, a capa é linda, a sinopse não chama muito a atenção mas lendo a resenha deu muita vontade de ler, e o quote é ótimo mais verdadeiro impossível.

    ResponderExcluir
  10. Parece bem legal mesmo! Adoro livros que nos trazem reflexões e gostei do quote que você separou, uma ótima frase mesmo e uma verdade! Achei a capa linda e o enredo é muito interessante :)
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Eu acho que todas as pessoas têm a capacidade de escrever bem. Mas aquela escrita emocionante, poética e momorável... é um dom. Prova disso é a idad da autora.
    Eu amo livros poéticos, que passam uma mensagem reflexiva. Aquelas livros que mesmo depois de ter terminado de ler, você ainda fica meditando nele....
    Amei conhecer este livro!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Apenas 16 anos e abordando temas como estes. Fiquei impressionada. gostei do enredo, é o tipo de livro que eu gosto e fiquei ainda mais feliz em saber que tem uma narrativa leve. Leria com certeza ;)

    http://mensagensreflexoesemais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oiee

    Nossa adorei saber que esse livro é brasileiro e o enredo e sua resenha me chamou muito atenção adoro livros que passam uma mensagem dentro da história, e parabéns a autora por ser tão nova e escrever tão bem como você disse.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  14. A capa me pareceu tão poética e parece que o livro é um pouco reflexivo, algo "um tanto característico" de uma autora que se inspira em Cecília e Clarice. Acredito que também vou gostar bastante do livro quando lê-lo. =)

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. tão novinha e publicou um livro tão lindo assim? :O
    não conhecia ele ainda, mas me interessei, pois os temas que ela aborda me agradam bastante em livros...
    vou dar uma pesquisada :D

    ResponderExcluir
  16. Que talento tem essa menina Você descreveu uma estória bem interessante e cheia de emoção. Fiquei muito empolgada por este livro e pela autora tão nova e talentosa. Espero que ela tenha e faça estórias como esta ou melhores ainda. obrigada por nos indicar este livro e por sua resenha. Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Olá Daiane!!
    Esse livro parece ser bem construído, com uma escrita madura e poética, creio que ele é bem profundo e reflexivo, deu pra perceber isso através do quote, rsrs e é claro de sua resenha. Algo que me chamou a atenção foi o fato da autora ser bem nova quando o publicou e ser o seu primeiro romance, isso é pra poucos. Fiquei encantada pela capa e é claro que este livro já entrou pra minha lista!!! Beijos!

    http://meudiariojk.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Tão jovem e escrever um livro tão complexo... tão bem construído... parabéns a autora!
    Gostei da resenha. Acho que vou gostar quando ler o livro.
    Entendi que o que reúne os amigos foi a perda de alguém especial...
    acho legal como isso é abordado... parece ser de maneira leve...
    Muito bom!

    ResponderExcluir
  19. Ainda não conhecia, mas me encantei desde a sinopse. Acho que fora da resenha eu me assustaria e investiria com um pouco de cautela no livro devido a pouca idade dela, mas depois dessa resenha, a história parece bem envolvente e a escrita bem madura.

    ResponderExcluir
  20. Adoro o blog por incentivar nossos escritores e divulgá-los. Nunca tinha ouvido falar sobre essa escritora ou de seu livro.

    ResponderExcluir
  21. Quanto talento para uma menina de 16 anos. Nunca ouvido falar do livro, mas me parece ser realmente uma ótima leitura.

    ResponderExcluir
  22. Muito legal ver uma autora estreante com uma narrativa amadurecida assim, né?!?! Isso só tende a melhorar a cada livro lançado. Espero que ela consiga melhorando com o tempo.
    Achei a capa bem bonita, e parece que a diagramação foi um dos pontos altos aqui.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  23. Mais uma autora nacional que eu não conhecia, não é novidade.
    Não achei a capa tão bonita, achei meio sombria até, haha. Mas sem julgar o livro pela capa, a estória parece ser daquelas que te prende até terminar e depois de ler a resenha, fiquei até com uma vontade de ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Não conhecia e me impressionei porque realmente gostei da história que parece ser boa e mais leve (do que outras que li recentemente) de ler, e ela só tinha 16 anos quando escreveu! Lembrei de muitos músicos que começaram a escrever letras lindas bem novinhos. Gostei!

    ResponderExcluir
  25. Adorei sua resenha #_# Fique fascinada, juro que quando olhei, não dei nada pelo livro, mas suas observações foram essenciais amiga, vou colocar numa listinha para comprar.

    ResponderExcluir
  26. O livro é maravilho. Impossível nao perceber o talento. Clara Mello, sou sua fã. Ansiosa esperando o prox. lançamento.

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011