Resenha: A Lista do Nunca

by - quarta-feira, janeiro 08, 2014

Autora: Zoethi Zan
Páginas: 272
Ano: 2013
Editora: Paralela


Depois de sofrerem um acidente de carro ainda na infância, as vidas das amigas Sarah e Jennifer nunca mais foram as mesmas. Ouve uma perda muito grande nessa fatalidade, o que faz com que as duas fiquem perturbadas com qualquer mal que possa voltar a acontecer a elas. Mas as duas seguem a vida e, crescendo juntas, fazem planos para faculdade e a vida pós-ensino médio. Para enfrentar os perigos do mundo, elas criam a Lista do Nunca, uma tabela com várias situações que as duas devem evitar para não serem alvos de ladrões ou algo pior. 

E lá vão elas rumo a faculdade. Tudo corre muito bem, e as neuras em relação a segurança vão ficando menos rígida. Elas estão felizes.  Um descuido foi o que bastou. Elas não podiam imaginar que, ao sair daquela festa e entrar naquele táxi, o qual elas haviam solicitado por telefone, as levariam para um caminho sem volta. Ali naquele veículo elas são sequestradas por um homem acima de qualquer suspeita, um monstro, e são obrigadas a viverem no porão de uma casa com outras duas garotas durante os três anos seguintes, sofrendo os mais diversos tipos de torturas. 

Agora, dez anos depois de o pesadelo ter acabado, Sarah não consegue retomar sua vida e vive trancada em seu apartamento, com medo de tudo, absorta em pensamentos e lembranças. Para piorar, o monstro que a fez refém durante todo esse tempo envia cartas frequentes a ela da prisão, todas perturbadoras e misteriosas. Ele está prestes a conseguir uma condicional da justiça, e Sarah está apavorada com a ideia de seu sequestrador andar livre por aí novamente. Então ela decide agir, e para isso ela terá que enfrentar seus mais profundos medos e adentrar em um mundo que ela estava tentando não lembrar. 



A Lista do Nunca foi um livro que me chamou atenção logo que o vi. Um suspense, do jeito que eu gosto, com uma premissa instigante e cheia de possibilidades. Não deu outra, quis ler.  Já no começo a história, narrada por Sarah, vemos o que acontece no dia em que ela e sua amiga são sequestradas. O medo e a dor com que a protagonista conta os fatos é muito real, e eu senti mal em alguns relatos.

A narrativa é intercalada entre passado e presente, e quando Sarah conta o que aconteceu com elas naquele porão é como se eu sentisse tudo o que ela passou. O livro é forte. A autora conseguiu transmitir uma carga de sentimentos, um ódio, um trauma que me fez ficar perturbado com o que acontece. Tudo é contado de forma clara, nua, e as palavras da autora atingem quem está lendo de uma forma gritante, é quase impossível não sentir um aperto no peito, uma vontade de ajudá-las. Foi uma experiência difícil, pois mexeu comigo e em algumas cenas eu precisava parar de ler e respirar, pois aquilo ia me sufocando, me agoniando.

Mas por favor, não pensem vocês que porque o livro teve todo esse efeito em mim que ele foi ruim, pelo contrário, isso só faz a história ficar ainda mais sensacional e envolvente. Aliás, um dos maiores pontos positivos de A Lista do Nunca é como a trama consegue prender o leitor até o fim. Embora a história seja densa, cada descoberta, cada novo segredo faz com que o livro não fique maçante e ganhe um novo gás para continuar a leitura. 


Gosto de como a autora traçou Sarah, toda a sua luta interior, aquela sensação ruim a corroendo por dentro, e então sua transformação no decorrer da história, sua evolução como pessoa, enfrentando todos os perigos e traumas do passado. Vemos a trama pela sua visão, dá pra perceber que ela é uma personagem intensa, profunda, e que vai se abrindo aos poucos, como se ela estivesse superando a si mesma, movida pelo desejo de buscar uma explicação, uma resposta para tudo o que aconteceu.

A edição do livro está impecável: folhas amareladas, fonte de bom tamanho e uma ótima diagramação, além de uma capa objetiva, em soft touch, que abrilhanta ainda mais o exemplar. Editora Paralela arrebentou! \o/

Com uma história forte sobre um tema forte, o livro de Koethi Zan nos faz refletir sobre os limites do corpo e da mente humana e até aonde podemos chegar para conseguirmos aquilo que queremos. Profundo, transformador e brilhante, A Lista do Nunca conseguiu me deixar atordoado e sem fôlego. Sensacional!


Leia também

28 comentários

  1. A premissa dele é interessante, mas você consideraria esse livro como um suspense psicológico?

    ResponderExcluir
  2. Nossa esse deve ser um livro bem profundo! Achei interessante o tema central da história e nossa tudo é tão sinistro. Sarah e Jennifer parecem ser duas personagens cativantes. Um fator que me chamou a atenção foi a autora contar a verdade nua e crua e fazer transparecer todas as emoções que Sarah e Jennifer viveram! Espero poder ler esse livro!!!
    Beijos!

    meudiariojk.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Ainda não conhecia este livro mas fiquei com muita vontade de ler, parece ser muito bom! O enredo é bem legal e gostei de saber que a narrativa nos permite sentir na pele o que está sendo descrito, e nos faz refletir até aonde podemos chegar para conseguirmos aquilo que queremos, deve ser muito emocionante!
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu tinha lido uma resenha que não havia sido daquelas que nos deixa louca pra ler o livro - como a sua. Que me despertou MUITO interesse nesse livro! Parece intenso, tenso, angustiante, mas que nos traz reflexões pelo que as gurias passaram. O enredo do livro é bem interessante! Eu quero lê-lo e da minha opinião sobre!

    ResponderExcluir
  5. Eu não conhecia esse livro, mas sinopse é ótima, e apesar de parecer forte e tenso eu fiquei com muita vontade de ler adoro livros que prendam o leitor até o final.

    ResponderExcluir
  6. Sua resenha me fez lembrar o livro "Identidade Roubada", você já leu? Também é um livro muito envolvente. Gosto de livros assim que envolvem o leitor, que nos fazem ficar emocionados com aquilo que os personagens vivem. Com certeza esse livro estará na minha estante logo, logo. Embora eu ache que devo me preparar para uma forte leitura.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia e fiquei curiosa. Eu queria poder me desgrudar mais dos livros que leio, isso faz sentido? Eu sou daquelas que vive tudo que a personagem tá vivendo chora, se eociona etc; Esse então ficaria completamente paranoica, mas se a história for tão envolvente assim acho que iria querer superar meus medos assim como ela!

    ResponderExcluir
  8. adoro este tipo de trama, me deixou super curiosa com essa resenha!
    ainda não conhecia o livro nem a autora, mas fiquei curiosa e quero ler logo!
    adoro esses temas fortes e já estou até que acostumada :P

    ResponderExcluir
  9. Nossa, amei essa resenha, fiquei muito curiosa para ler.
    Nunca tinha ouvido falar do livro,mas com certeza vai entrar na minha lista de 2014. É um tema diferente dos livros que estou acostumada a ler, então vai ser uma experiência realmente nova.

    ResponderExcluir
  10. Adoro suspense e este me interessou muito...
    Compraria só pela capa... belíssima!
    Achei o tema do sequestro e da tortura bem alucinantes... já sei que vou chorar e me colocar no lugar as personagens!!
    Este livro me parece ser muito denso e intenso...

    ResponderExcluir
  11. Só de ler a sinopse, confesso ter me interessado muito pelo livro. É a primeira vez que ouço falar dele e, num primeiro momento, confundi-o com um livro chamado 'A Lista Negra', mas não tem nada a ver. Sarah e Jennifer me pareceram personagens bem corajosas e decididas, e é por isso que me identifiquei muito com elas. Espero poder lê-lo em breve!

    ResponderExcluir
  12. Já havia lido alguma coisa sobre este livro e ele tinha capturado meu interesse. Agora lendo sua resenha, e com muito mais detalhes, pude perceber outras coisas que me haviam escapado na época. Muita emoção, torturas e tristeza. Vou tentar ler este e ver se gosto como você gostou.

    ResponderExcluir
  13. Esse parece ser um livro bem legal, e que prende bastante o leitor... gostei.

    ResponderExcluir
  14. ja havia lido algumas resenhas sobre o livro, algumas eu curti assim como a sua, outras nem tanto, mas sinceramente não me sinto a vontade com o suspense, é um tema que não me atrai
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Esse livro assim que o conseguir vou lê-lo. Parece bom, mas não agora, já que é um drama muito forte, e por agora não estou querendo ler mais drama, li muitos.

    ResponderExcluir
  16. Vi no twitter, há algum tempo, que este livro tinha sido uma das suas melhores leituras, e fiquei curiosa para saber mais sobre o livro. Mas como estava em uma fase que preferia coisas mais leves, deixei passar. Agora que vi a resenha, despertou meu interesse novamente e desta vez estou lendo coisas mais pesadas, então acho que vou adquiri-lo logo e descobrir o que você e outras pessoas viram neste livro. =)

    ResponderExcluir
  17. Meu Deus só de ler a resenha ja fiquei imaginando como será minhas reações ao ler esse livro, adoro livros que contam sobre traumas e transtornos fiquei curiosa para saber o que rola no porão ....

    Adicionado na minha lista de desejos com certeza!

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  18. Parabéns pela resenha, achei a historia apesar de "complexa", super interessante sobre um assunto forte, que nunca li, e isso me deixou bastante curiosa. Já adicionei este livro na minha lista de desejados e espero conferir em breve.

    ResponderExcluir
  19. eu preciso ler este livro..... a trama é exatamente do tipo que eu gosto , como vc disse "cheia de possibilidades' fiquei muito curiosa por saber o final disso tudo... apesar de me parecer um livro bastante complexo ja me encantei por ele.

    ResponderExcluir
  20. Me fiscou! O único livro que me lembro de ter tido reações físicas ao que estava lendo foi "O Caçador de Pipas", acho fascinante quando um autor consegue fazer isso.
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Ai eu tenho tanta vontade de ler esse livro #_# no ano passado eu vi tantas resenhas surpreendentes sobre ele, todo mundo dizendo que foi um dos melhores livros que já leu. Sabe eu sou super, mega medrosa, então tenho certeza que esse livro vai me perturbar e vou ficar imaginando altas coisas. Mas mesmo assim vou ler. Adorei a sua resenha, ficou maravilhosa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Acho que eu nunca li nada do tipo e confesso que fiquei bastante curiosa em relação a esse livro porque não era nada do que eu esperava quando comecei a ler a resenha. Estou muito curiosa sobre a narrativa, sobre o desfecho... Convenhamos, essa premissa é muito original!

    ResponderExcluir
  23. Parece ser um livro surpreendente,cheio de suspense e que nos faz refletir muito.Acho incrivel quando o autor consegue nos fazer sentir na pele o que o personagem sente,é sensacional,e fiquei muito curiosa para ler! Entrará para minha listinha de desejos.

    ResponderExcluir
  24. Esse livro parece ser bastante ... tenso, não estou acostumada a ler livros desse gênero, na verdade, acho que não li nenhum livro de suspense até hoje.
    Pretendo começar logo e achei que esse poderia ser um bom "ponto de partida" !
    Bjss

    ResponderExcluir
  25. Já tinha visto esse livro por aí, mas ainda não tinha ficado curiosa o suficiente para tentar descobrir do que se tratava e agora que li a sinopse e a resenha, vi que foi um engano ter feito isso!
    Realmente o tema é forte e a história parece ser bem profunda mas é o tipo de leitura que eu gosto, quero ler!

    ResponderExcluir
  26. Eu adoro livros de suspense psicológico. Me parece que a autora conseguiu transportar os leitores para dentro de sua história, fazendo com que eles sintam na pele, todos os sentimentos e angústias que as personagens sentiam. O que posso falar é que, mesmo não gostando muito de tramas mais densas, fiquei muito curioso pra ler esse.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  27. Oi Gustavo, tenho lido ótimas resenhas a respeito deste livro que com certeza vou querer ler, ainda mais sendo ele de um gênero que eu adoro.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  28. Já havia ouvido falar deste livro, mas esta é a primeira resenha dele que leio... Parece ser um livro sensacional, em que sentimos a agonia dos personagens. E díficil um autor conseguir nos passar tudo isso em um único livro. Com certeza este livro entrou em minha lista para leitura!!!

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011