Resenha: Um certo verão

by - sexta-feira, janeiro 10, 2014

Autor: David Baldacci
Páginas: 271
Ano: 2013
Editora: Arqueiro

Sinopse: O Natal se aproxima, mas não há alegria na casa de Jack. Diagnosticado com uma doença incurável, ele se prepara para o momento de dizer adeus à esposa, Lizzie, e a seus três filhos. Mas algo impensável acontece: Lizzie morre num trágico acidente de carro. Sem ela, Jack é mandado para um asilo e as crianças são separadas e vão morar com familiares, em cidades diferentes. Quando tudo parece perdido, no entanto, Jack começa a melhorar. Numa recuperação milagrosa, ele vence a doença e deixa o asilo determinado a reunir a família. Lutando para reconstruir suas vidas, Jack decide passar as férias com os filhos à beira-mar, na casa onde a esposa cresceu. Nem todos acreditam que sua doença tenha sido superada ou que ele seja capaz de tomar conta das crianças. Agora, num verão memorável, ele talvez tenha a última chance de provar seu amor pelos filhos.

David Baldacci é um autor conhecido mundialmente, principalmente por seus thrillers, entretanto esse seu livro Um certo verão é um romance, voltado para o drama. Nessa obra temos Jack como personagem central, um homem que ama a esposa e os filhos, mas que está com uma doença terminal. Entretanto um acidente tira a vida de sua esposa, e seus filhos vão morar com familiares. Enquanto isso ele é mandado para um asilo, para assim viver seus últimos dias. Mas Jack se recupera, com uma cura quase que como milagrosa. Assim ele decide reconstruir sua vida, junto de seus filhos e na casa onde sua esposa crescera.

Ao ler a sinopse de Um certo verão eu já esperava um livro emocionante. De certa forma o livro tem essa característica sim, porém como sempre digo, alguns livros tem momentos certos para ser lido. Essa emoção chegou até mim, e conseguiu me fazer se identificar com Jack, com sua situação e de sua família. A sua cura é como um sopro de esperança, uma nova chance que a vida lhe concede.

Entretanto este não foi um livro que me arrebatou por inteiro, não acho que essa é uma história forte, de certa forma ela apresenta uma leveza inerente ao enredo, que foi escrito para fazer também o público leitor pensar, principalmente sobre a brevidade da vida e as coisas que realmente importam. Foi uma leitura que valeu a pena por tudo que me fez refletir para além de suas páginas.

"- A coisa mais difícil do mundo é se colocar no lugar de outra pessoa, tentar sentir o que ela sente, entender os motivos dela. Sobretudo quando é tão fácil simplesmente rotulá-la."

Os personagens carregam marcas em suas vidas provocadas pelas perdas, que nos fazem ser condescendentes com eles. A mensagem de reconstrução passada por Jack é o que fica da história, sua dor chega até nós desde as primeiras páginas. Ter as coisas que mais amam arrancadas de sua vida da forma que aconteceu, e ainda estar com uma sentença de morte por conta de uma doença, não é algo fácil mesmo, e percebe-se que Baldacci teve esse cuidado ao lidar com este personagem na construção de sua história.

A segunda chance de Jack, e como ele aos poucos reconstrói sua vida, nos mostra que nunca é tarde para recomeçar, e que por mais doloroso que seja, quando a vida lhe concede uma segunda chance é preciso agarra-la com todas as forças, e voltar a ficar com sua família para Jack é o primeiro passo. Baldacci é um bom escritor, apresenta uma escrita detalhada, porém em alguns momentos senti esses detalhes foram demasiados. Entretanto há certa sensibilidade na narrativa, uma calma reconfortante. Um certo verão me fez chorar, e mesmo depois de virar a última páginas ficar um  bom tempo olhando para o vago das palavras e pensar.

Este é o primeiro romance do autor, estou curiosa agora para conhecer e thrillers e como trabalha com estes. Gêneros diferentes apresentam propostas diferentes.  Gostei da capa e do restante da diagramação, e da revisão também. Indico Um Certo Verão para quem procura um bom drama, com a mensagem apresentada acima, porém com um toque bem sutil de romance. Contudo nesse seu livro ele cumpre o que propõem: emocionar e fazer refletir.

Leia também

28 comentários

  1. A Arqueiro lança tantas histórias fofas que eu já confio em comprar só de olhar que é da editora.
    P.s.: Que capa linda! *-*

    ResponderExcluir
  2. É incrível como livros que tratam de pessoas doentes me surpreendem, como em 'A Culpa é Das Estrelas'. Sempre ouço falar de David Baldacci, mas não tive a oportunidade de ler um livro desse grande autor. Tenho certeza de que se ler, não vou me arrepender, pois por muito pouco não chorei ao ler a resenha de 'Um Certo Verão' :,)

    ResponderExcluir
  3. Oie :)

    Esse livro está subindo aqui na minha lista de desejados, posso dizer que de 10 livros ele é o 6 que mais quero. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Uma história emocionante. Cheio de mensagem pros leitores de perseverança, fé e amor. Pretendo ler este livro assim que puder. Ele me cativou por sua singularidade. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. adoooro ler dramas hahaha
    vi poucas resenhas positivas deste livro, e fiquei bem desanimada em lê-lo
    ainda tenho ele na minha lista de desejados, mas não sei quando poderei ler...

    ResponderExcluir
  6. Nosso amo romances e é claro um bom drama!! Fiquei com muita vontade de ler esse livro! A Capa dele é muito linda e a sinopse me chamou a atenção! Parece ser uma história que nos faz refletir profundamente e é claro com uma pitada de emoção e leveza! Apesar de parecer um livro bem arrebatador e mega emocionante, pela sua resenha dá pra perceber que ele está mais pra leve e reflexivo! Amei o quote e vou ler esse livro com certeza! Beijos!

    http://meudiariojk.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Esse parece ser um daqueles livros intensos, recheado de drama,ainda mais quando envolve doença, acho muito triste. Adorei o quote: "- A coisa mais difícil do mundo é se colocar no lugar de outra pessoa, tentar sentir o que ela sente, entender os motivos dela. Sobretudo quando é tão fácil simplesmente rotulá-la."

    ResponderExcluir
  8. eu comprei em uma promo por um valor bem simples, mas ainda não li... fazia tempo que eu queria na estante... eu espero ler agora nas férias
    ja folheie e achei bem emocionante algumas passagens
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Só de ler a sinopse já sei que se ler vou chorar, achei a história interessante, fiquei curiosa para ler e capa é linda.

    ResponderExcluir
  10. para o primeiro do autor acho que vou bem pontuado...
    levo isso em conta... sempre dou uma olhada no skoob!
    Não conhecia o livro e achei interessante por ser um drama que faz refletir!
    como sou muito ligada a família a sinopse me encantou!!

    ResponderExcluir
  11. Ainda não li nenhum livro deste autor mas gostei da sinopse deste, parece ser uma estória bem emocionante de segunda chance e refletirmos sobre as coias mais importantes de nossas vidas. Esse milagre que ocorreu com o personagem é uma segunda chance de ele mostrar o amor que tem pelos filhos e a sinopse é bem cativante.
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Eu adoro um drama, mas acho que certos livros tem seus momentos pra serem lidos. Esse livro me passou isso, apesar de não ter lido ainda. Amo histórias assim sabe? que nos fazem refletir. Também não li nada do autor, ainda. Mas quem sabe pra frente né?! rs Acho que darei oportunidade a ele quando tiver afim de chorar. A capa desse livro é linda, gostei dela.

    ResponderExcluir
  13. Este é o livro certo pra mim heheh adoro livros que transmitem uma mensagem e principalmente que fazem o leitor pensar, gostei bastante da sinopse e depois de ler sua resenha ele passa para os meus desejados, mesmo eu nao conhecendo muito do autor :)

    ResponderExcluir
  14. Esse parece ser realmente um livro muito bom, não sou adepta a dramas. Prefiro algo mais leve, sem muita tristeza... mas há certos dramas que simplesmente chamam a atenção e pedem para serem lidos e esse, com certeza, é um deles.

    ResponderExcluir
  15. Oiee

    Eu tenho esse livro mais ainda não consegui ler, comprei pela sinopse pois adoro um drama quero muito ler ele em breve e adorei a sua resenha, espero gostar tanto quanto você, a frase que escolheu no quote é perfeita.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  16. Que capa linda! Ainda não li nada do autor, mas tenho curiosidade. Gosto de drama com romance, mas ultimamente não tenho lido muito este tipo, embora tenha ficado com uma vontade imensa de ler este livro. Acho que vou adicionar na minha listinha, hihi. =)

    ResponderExcluir
  17. Dai, sabe que eu ainda não li nada do David? Sei que ele é muito famoso, mas eu ainda não tive essa oportunidade. Então não sei porque mas quando vi essa capa eu imaginei um romance divertido e não puxado para o drama. Mas adorei a sua resenha, fiquei um pouco emocionada com a história de Jack, e entendo porque o livro te pegou ;/ sei pelo que você esta passando como você me contou, então tenho certeza que deve ter mexido muito com você.
    beijos

    ResponderExcluir
  18. A capa é muuuito linda! A história também parece ser. Entretanto, nos últimos dias estou dando um tempo de dramas porque ultimamente estava lendo muitos livros desse gênero e minhas leituras estavam ficando com um ar pesado, sabe. Preciso de um tempinho para respirar, mas de qualquer forma esse livro vai para minha lista. =)

    ResponderExcluir
  19. Gosto de drama, mas no momento não estou querendo ler muito drama, então esse livro não seria muito para mim nesse momento, quem sabe no futuro.

    ResponderExcluir
  20. Adoro livros que me fazem refletir e que o personagem principal evoluem ao decorrer da história.Pareceu ser um livro muito bom e emocionante e me identifiquei bastante com o Jack!Ótima reseha,parabéns!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  21. Oi Dai!! Nossa menina que historia linda e sua resenha ficou demais!! Uma historia que envolve a família, doença, perdas, superação e um amor puro entre pais e filhos! Historias assim são marcantes e com certeza lidas...Já esta na minha lista de livros desejados!!

    ResponderExcluir
  22. Adoraria ler esse livro. Gosto de livros que marcam e deixam uma boa mensagem. Autores que investem nesse gênero tem todo o meu respeito e admiração. Parabéns também por investir em publicações como essas.

    ResponderExcluir
  23. Eu gostaria de ler esse livro porque me parece que ele realmente toca as pessoas e o que eu mais aprecio ao ler uma história, além de ela ser simplesmente boa é o fato de que eu gosto de aprender com elas e com certeza eu aprenderia alguns [muitos!] valores com essa, de superação e amor. gostei da resenha! :)

    ResponderExcluir
  24. Concordo que livros tem seus momentos certos de serem lidos... por isso, apesar de tentar traçar metas de leitura, eu tento sentir a "vibe" do momento para a escolha da próxima leitura.
    Adoro drama e sua resenha mostra um livro bem sensível e real... gostei!

    ResponderExcluir
  25. Não li nenhum livro do autor, mas sempre leio resenhas bem positivas deles. Vou anotar a dica deste, pois gostei do enredo.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  26. É legal ver autores se aventurarem em gêneros completamente diferentes. Sempre vi o nome de David relacionado ao thriller, mas quando vi ao drama, fiquei meio que com um pé atrás. Que bom que ele conseguiu desenvolver um belo trabalho. Mas, como não sou muito de dramas, não sei se o lerei. Talvez em um futuro bem distante.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  27. Gostei bastante do enredo e da estória do livro... Me encantam literaturas que são feita não apenas para serem lidas, mas também para serem sentidas....
    Este, em especial, parece ser muito emocionante!!!!
    Procurarei mais a respeito dele e se puder, o lerei....
    Bjs

    ResponderExcluir
  28. Não conhecia o autor, mas me interessei por este livro.
    Parecer ser uma estória linda e incrível, daqueles livros que a gente nunca esquece e que vai fazer todo mundo parar para refletir sobre as coisas da vida. Não sou muito chegada a estórias tristes, porque detesto chorar, mas acho que esse é um dos livros que vale a pena.
    Bjs

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011