Resenha: A lua de mel

by - terça-feira, fevereiro 11, 2014

Autora: Sophie Kinsella
Páginas: 493
Ano: 2013
Editora: Record
Nota: 5/5

Sinopse: Ao se dar conta de que o namorado nunca vai pedir sua mão em casamento, Lottie toma uma decisão. Termina o compromisso com ele e diz o tão sonhado sim a Ben, uma antiga paixão, com quem ela havia prometido se casar se ambos ainda estivessem solteiros aos 30 anos. Os dois então resolvem pular o namoro e ir direto para uma cerimônia simples e seguir para a lua de mel em Ikonos, a ilha grega onde eles se conheceram. Mas Fliss, a irmã mais velha da noiva, acha que Lottie enlouqueceu. Já Lorcan, que trabalha na empresa de Ben, teme que o casamento destrua a carreira do amigo. Fliss e Lorcan então elaboram um plano para sabotar a noite de núpcias do casal e impedir que os noivos cometam o maior erro de suas vidas.

Pensem em um livro que te faz rir tanto, mas tanto, que até nesse momento em que escrevo esta resenha eu não consigo segurar o riso relembrando o que li. A lua de mel, de Sophie Kinsella se tornou uma de minhas melhores leituras do ano e também um dos meus chick-lits favoritos. Não sou muito de ler esse gênero, mas quando leio gosto de encontrar livros como este, que te fazem se apaixonar já nas primeiras páginas.

Lottie é uma personagem impulsiva, já adulta com 33 anos sonha em ter um casamento feliz, com direito a bebês, um cachorro, cerquinha branca, ou seja, pacote completo e quando seu namorado Richard não faz o tão sonhado pedido, eles terminam a relação. Já sua irmã, Fliss, vive o contrário, ela já passou pela experiência do casamento, que agora lhe rende um divórcio caro, tendo de pagar absurdos para o advogado, e tentar convencer o juiz fazendo um relatório do quanto seu ex-marido é um irresponsável. Desse casamento a única alegria foi seu filho Noah.  

Logicamente essa ideia de casamento por parte de Lottie era imatura, reencontrar um ex-namorado de 15 anos atrás e se casarem assim de uma hora pra outra, nem sempre é uma bela maneira de sair da "fossa" de um fim de relacionamento anterior. Mas essa era a forma de Lottie canalizar sua tristeza, transferindo-a para um novo projeto de vida que pudesse mostrar talvez ao seu ex a mensagem: "dei a volta por cima, te superei e realizei meu sonho", mas claro que isso é uma estupidez, sendo somente uma falsa ilusão de felicidade. Em alguns momentos dava vontade de entrar na história e dizer para esses dois "Casamento não é sinônimo de felizes para sempre".

"Na próxima vez que eu conhecer um homem, não vou contar nada para ninguém. Nada. Zero. Não até estarmos felizes e casados por uma década, com três filhos e depois de renovarmos os votos de casamento. Só então vou mandar uma mensagem de texto para Fliss dizendo: "Advinha? Conheci uma pessoa! Ele parece legal!."

A narrativa é em primeira pessoa e com capítulos intercalados sob o ponto de vista das duas irmãs, assim podemos conhecê-las a fundo e saber a imagem que uma passa a outra. Elas são muito hilárias, e mesmo gostando de Lottie e sua impulsividade, tenho que confessar que me identifiquei com a Fliss, talvez por eu também ter essa característica de querer "cuidar" de minha irmã (no lugar dela teria feito a mesma coisa). Elas são personagens ótimas, com seus defeitos e qualidades, que nos deixam apaixonadas por suas loucuras. Senti que Lottie gostava de fantasiar mais as coisas, já Fliss é mais pé no chão, e passa por cada coisa, seus pensamentos foram os melhores.  Com certeza qualquer leitora em algum momento vai se identificar com alguma situação ali citada, mesmo se tratando de uma ficção.

Kinsella soube trabalhar o humor em sua obra, já que esta é uma característica fundamental do gênero, de forma magistral. Cenas comuns surpreendem pelos rumos tomados, trazendo identificação ao leitor e deixando a leitura mais gostosa. A forma como Fliss tenta sabotar a lua de mel de Lotti e Ben, pois se o casamento não fosse consumado (se não fizessem sexo) poderia ser cancelado, é tão divertida, que você não consegue parar de ler, querendo saber se essa "missão quase impossível" dará certo ou não, já que né... são recém casados, estão com aquele 'fogo' e tudo mais.

A lua de mel é um livro espontâneo, leve, divertido, muito bem escrito, com personagens cativantes e totalmente palpáveis. Ao mesmo tempo em que eles nos proporcionam muitas risadas com suas atitudes e pensamentos, também nos faz perceber os dramas de cada um. Fliss precisa seguir em frente, superar o divórcio, e tanto Lottie quanto Ben precisam encarar suas vidas sem fugir de suas realidades. O enredo foi muito bem construído, transportando o leitor para a história complementando com um cenário belíssimo da ilha grega.

Até agora li poucos livros de Kinsella, mas os poucos que li foram o suficiente para entender o porquê de ela ser uma das melhores e mais renomadas escritoras de chick-lit da atualidade. A lua de mel é um livro que você pode ler em qualquer momento, mesmo tendo quase 500 páginas, não é aquele livro pesado, com leitura arrastada, ao contrário ele tem uma narrativa leve e envolvente na medida certa. Você com certeza pode esperar um livro agradável, muito engraçado, previsível, mas ainda assim vale a pena ler pelos momentos deliciosos que ele nos proporciona, se prepare para boas gargalhadas. Quando cheguei a última página, deu vontade de começar tudo de novo... simplesmente viciante.

"(...) - Uma vez ele até disse que você jogou todas as roupas do seu marido na rua e chamou os vizinhos para pegarem o que quiserem! (...) Ele tem uma imaginação e tanto!
 Meu rosto fica quente. Droga. Pensei que ele estivesse dormindo quando fiz aquilo.
 - Que  imaginação! - Tento falar com naturalidade - Quem faria uma coisa assim?"

Leia também

27 comentários

  1. Já ouvi falar muito sobre essa escritora e sempre quis ler algo dela , e esse livro acho que seria uma boa escolha uma leitura divertida e leve e que muita gente falou bem.
    Entrou para minha listinha !
    Beiijos *-*

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Eu nunca ouvi falar sobre esse livro ou a autora, mas com certeza eu leria... Ele parece ser bem leve apesar do número de pàginas e eu bem que estou querendo ler livros divertidos agora.. No more drama!

    ResponderExcluir
  4. Estou doida por esse livro. Volta e meia é bom demais ler um livro divertido, leve e despretensioso.
    Aliás, gosto bastante de autores que conseguem fazer uma história com elementos e fatos comuns à rotina, mas sempre com seu toque especial.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. HAHAHA, gente, ri sozinha até mesmo com a sua resenha (especialmente com os quotes). Sophie Kinsella está entre minhas autoras favoritas. Depois dela, qualquer chick-lit que li foi menos do que esperava (rs). Adoro a espontaneidade das personagens dela, beirando o tragicômico da vida humana!
    Lua de Mel ainda não estava entre os meus livros desejados, sabe? Não tinha lido nenhuma resenha dele, mas agora… Puxa! Quero-o para ontem! Tenho certeza que adorarei a Lottie! Aliás, gostei da iniciativa da autora em intercalar as narrativas entre as duas irmãs. Isso é novo para ela… <3

    www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Coisa boa: um livro que provoca muitas risadas.
    Não tinha me interessado quando vi a capa...
    Tá muito para "A sabotagem da lua de mel"...
    Adoro livros leves e divertidos.
    Será que o casamento "Vai vingar (dar certo)?"
    Gostei muito da resenha e quero ler o livro.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. ai céus, eu tinha escrito meu comentário, e quando fui mandar ele deu erro na página. será que foi? vou mandar de novo por via das dúvidas hahaha
    também li poucos livros da Sophie, na verdade somente um, mas este, desde que li a sinopse dele pela primeira vez, fiquei curiosa *-*
    a autora parece ser bem divertida e cômica mesmo. estou guardando dinheiro para tentar comprar todos os livros dela e me dar de presente no meu aniversário... espero que consiga :D

    ResponderExcluir
  8. É tão bom ter romances assim. Que nos faça felizes e encantados. Fico feliz por seus comentários. Vou aceitar seus argumentos e vou ler este romance; pra ver se me divirto como você. Beijos.

    ResponderExcluir
  9. eu sou aquela fã pirada pelos livros da Kinsella, ela mais que ninguém consegue transformar situações inusitadas e as vezes cotidianas em algo único e cheio de humor!
    o mais legal é que o livro pode ser gigante, mas as páginas passam voando!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Para começar estamos falando da diva Kinsella, simplesmente adoro os livros dela e para mim eles são sinônimos de risada garantida então é claro que quero muuuuuito ler A Lua de Mel e tenho ótimas expectativas.

    ResponderExcluir
  11. Amo os livros da Sophie Kinsella, acho eles muito engraçados, já li quase todos, estou muito curiosa para ler esse já sei que vou amar

    ResponderExcluir
  12. Que saudade que eu estou de ler Sophie Kinsella *-* Eu juro que pensava que Lua de Mel fosse continuação de Menina de Vinte por causa da capa.

    ResponderExcluir
  13. Ainn ja fiqei morrendo de vontade de ler esse livro depois de terminar de ler sua resenha, nunca li nada da Kinsella e estou super afim de começar a ler algo, adorei sua resenha e estou muito precisando ler um livro que ao terminar me dá vontade de ler novamente :)

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  14. Este gênero de leitura é ótimo para passar o tempo, e pelo visto este livro cai como uma luva com uma leitura gostosa e divertida.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  15. HAHAHAH, JÁ AMEI. Estou ansiosa pra ler, pois acho que leituras leves e que nos fazem rir com o mais comum e corriqueiro é uma boa pedida. Não conheço a autora, mas achei a sinopse super bem humorada, e o livro parece ser igualmente divertido!

    ResponderExcluir
  16. Bom. você resenhou o livro super bem, eu adorei a capa, mas o livro não seria do tipo que eu gosto :(

    Mas para pessoas que gostam do genero, vai ser uma boa :)

    ResponderExcluir
  17. Noossa eu estava louca pra ler esse livro, mas vi algumas resenhas negativas e desanimei, mas com sua resenha já estou aqui morrendo de ansiedade pra dar boas gargalhadas! AMo livros que o assunto são casamentos, principalmente esse que é algo do tipo de uma hora pra outra!!! Achei super bacana o fato do livro ser narrado pelas duas irmãs, é algo que contribui muito em um livro, pois assim conhecemos melhor cada uma delas. Gostei do fato da Lottie viver fantasiando as coisas, ser assim do tipo louca, porque pra casar assim do nada é!!! E o fato do outro casal tentar atrapalhar a lua de mel!! essa capa é muito fofa e quero dar muitas risadas lendo esse chick-lit. Ótima resenha flor!!!

    Beijos!

    http://meudiariojk.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. estou louca para ler!!! amei a resenha!

    ResponderExcluir
  19. Só li um livro da Kinsella, que me fez dá altas gargalhadas. Imagino só esse, com todo esse enredo. Ainda mais por se tratar de irmãs e a narrativa ser intercaladas entre elas. O que me deixa muito mais curiosa. E ah, to precisando tanto de um livro assim. Quero, quero, quero e quero. hahaha Entrou nos desejados, já!

    ResponderExcluir
  20. Acho que iria adorar esse livro. O único livro que li da autora foi Fiquei com seu número e adorei!
    A narrativa intercalada entre as das irmãs, de personalidades tão diferentes, parece render várias risadas! Com certeza vou ler esse livro!

    ResponderExcluir
  21. Eu já estava muito curiosa para ler esse livro, agora eu preciso urgentemente dele, quem é louca de se casar assim? hahahahaha estou dando risadas desde agora só de imaginar o que ela apronta, uma querendo casar e a outra se divorciar, com toda certeza rende muitas risadas.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  22. Pois é, 'A Lua de Mel' parece ser um livro extremamente engraçado! De nada duvido que vou dar muitas gargalhadas com Lottie. Onde já se viu se casar com alguém que havia feito promessas há muito tempo atrás, sem sequer namorar por algum tempo? Concordo com a irmã de Lottie... acho que ela realmente enlouqueceu! rs

    ResponderExcluir
  23. Legal como você tem uma escrita dinâmica, dá vontade de ler o livro. Achei bem legal, até porquê Sophie Kinsella Diva!

    ResponderExcluir
  24. Só vejo comentários positivos sobre a Kinsella e está mais do que na hora de eu ler algo dela, não acha?! Tenho um amigo que tem todos, vou aproveitar para pegar algum emprestado ou ler em formato digital mesmo. Só tá faltando tempo mesmo ):

    ResponderExcluir
  25. Só li 'Os Delírios de Consumo de Becky Bloom' e apesar do gênero não ser meu favorito, eu gostei! Por isso aproveitei uma promoção no submarino e comprei 4 livros da autora... espero gostar!
    'A Lua de Mel' já está nos desejados. :)

    ResponderExcluir
  26. Que capa mais fofa!! Fiquei empolgada para ler A Lua de Mel, deve ser muito bom, como tudo que a Sophie escreve. Vai pra lista de desejados!!

    ResponderExcluir
  27. Os livros da Kinsella tem todos os ingredientes que procuramos em livros do gênero. Arrisco a dizer que são os melhores chick lit da atualidade. O que gostei é que a autora dividiu a narração desse livro em duas personagens completamente diferentes: Uma sonhadora e uma pé no chão. Esses opostos deve dar um tom especial à obra. Mais um que quero ler.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011