Resenha: A Primavera Rebelde

by - domingo, fevereiro 09, 2014

Autora: Morgan Rhodes
Páginas: 417
Ano: 2013
Editora: Seguinte
Nota: 4,5/5
Atenção! Esta resenha pode conter spoilers do primeiro volume "A queda dos reinos". Post neutro para o top.

Sinopse: Depois que o rei Gaius de Limeros conquistou as terras de Auranos e subjugou o povo sofrido de Paelsia, passou a dominar toda a Mítica com seu punho de ferro. A rica população de Auranos parece não se importar com o novo governante, desde que seus privilégios sejam mantidos; os paelsianos, como sempre, aceitam seu destino de exploração. Mas a tranquilidade é só aparente - grupos rebeldes começam a surgir nos reinos dominados, questionando as mentiras e os métodos sangrentos do novo rei. Enquanto isso, Gaius obedece à sua mais nova conselheira e dá início à construção de uma estrada passando pelas temidas Montanhas Proibidas. Mas essa via não servirá apenas para interligar os três reinos - ela faz parte de uma busca pela magia elementar, perdida há mil anos, que conferirá ao tirano um poder supremo. O que ninguém esperava era que essa obra desencadearia uma série de eventos catastróficos, que mudarão aquelas terras para sempre e forçarão Cleo, Magnus, Lucia e Jonas a tomar decisões até então inimagináveis.

A primavera rebelde, segundo volume de A queda dos reinos, de Morgan Rhodes, foi uma das continuações de séries mais desejadas por mim em 2013, pois simplesmente é uma das minhas séries de fantasia preferida. Dessa vez temos mais personagens como foco, alguns que já conhecemos no primeiro livro e que ganham uma atenção maior e outros que são novos. O número de personagens aumenta, e os quatro principais: Jonas, Cleo, Magnus e Lucia continuam também com suas devidas ênfases na obra.

Dessa vez passamos conhecer ainda mais de perto a maldade do rei Gaius, sua perversidade e seu coração de gelo, um rei sanguinário, porém muito inteligente. Fiquei pasma com as atrocidades que ele faz, tudo pela estrada que mandou construir que tem como objetivo ligar os três reinos de Mítica, e para isso escraviza pessoas para trabalhar dia e noite até a exaustão na construção desta. Mas claro que essa construção está ligada a algo muito maior:  descobrir onde está a Tétrade, a peça que perpetuará para sempre o seu poder. 

Jonas começa a liderar um grupo de rebeldes que é contra o rei sanguinário e a escravização que o povo está submetido, assim planejam derrubar Gaius e seu filho Magnus, devolvendo a princesa Cleona o seu trono. Nem todos se juntam aos rebeldes, a maior parte da população de Auranos acredita em Gaius e abaixa cabeça para suas decisões, não percebendo as mentiras por detrás do seu discurso. Já outros acreditam e lutam contra o rei tirano, mesmo sabendo que podem ser mortos a qualquer momento pelo exército real. 

"(...) Perdi quase todo mundo que amava neste mundo em tão pouco tempo que mal consigo ficar em pé e conter minha dor. - Ela se esforçou para respirar fundo. - Pense o que quiser de mim. Mas eu juro pela deusa que retomarei meu trono, e o rei Gaius pagará por seus crimes."

O incrível é que mesmo com tantos personagens Rhodes não se perde em sua narrativa, e o fato da mesma ser em terceira pessoa possibilita a nós leitores uma visão da dimensão do todo que está acontecendo em Mística e no santuário dos imortais. A autora joga com a vida de seus personagens como se os movesse em tabuleiro de xadrez, com movimentos precisos eles tomam rumos que nos surpreendem, e nos deixam curiosos para ser o próximo passo desse jogo de poderes em que a vida e a morte estão apenas por um fio. E claro, mais uma vez, não há como se apegar a nenhum deles, pois a qualquer momento uma espada poderá lhe atravessar a garganta.

O enredo é incrível, nada é fora do lugar, nada é por acaso. Dessa vez a magia se faz mais presente levando a trama a um patamar maior com novos rumos tomados pela história. O desfecho me deixou aflita para saber como será a continuação, pois vários mistérios ainda não foram resolvidos. Toda a edição está maravilhosa, desde a capa a diagramação interna, com direito a mapa e um guia também com os personagens e qual reino pertence.

A primavera rebelde embora tenha características típicas de um livro de continuação de série, consegue instigar e surpreender. Toda a história é bem amarrada, com conflitos construídos habilidosamente pela autora. Nesse segundo volume acompanhamos páginas com muita ação, romance, mistério, magia, revolta e um belo banho de sangue em cenas épicas. Um livro imprevisível, uma fantasia irresistível que conquista o leitor da primeira a ultima pagina, não deixando nada a desejar em comparação ao  primeiro volume, mantendo a fórmula de sucesso e deixando nós leitores ainda mais ansiosos pela continuação e futuro de Mística.

Leia também

12 comentários

  1. Estou super curiosa pra acompanhar essa serie, ela parece ser incrível. Primavera rebelde parece ser um livro bastante fascinante. Achei interessante o fato da obra ter muitos personagens, mas ainda assim o autor não se perder. Outro fato importante é a narração em terceira pessoa. E nossa como o rei é cruel????! Amei essa capa!!! Bom saber que é um livro maravilhoso! Beijos!

    http://meudiariojk.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Não pretendo ler os livros, por isso li a resenha.
    O que mais me chamou a atenção foi o "vilão". Gostei de como ele foi construído, com seu coração de gelo e cheio das maldades. rs
    As vezes falta um tirano nas histórias.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. ahhh, fiquei empolgada porque vc curtiu, mas vou evitar spoilers.
    Preciso ler o 1 e jáá...

    ResponderExcluir
  4. Como esse é o segundo livro de uma série, foi bem difícil fazer a leitura da resenha, com medo de pegar spoillers no meio do caminho. Receios à parte, adorei o enredo e o tema que se trata 'Primavera Rebelde'. Em certo ponto, me lembrou um pouco de Guerra dos Tronos, livros que não li, mas acompanho a série pela tevê. Gosto de trilogias desse tipo, e espero algum dia poder ler :)

    ResponderExcluir
  5. Oiee

    Não conhecia essa série e não é um livro que tenho costume de ler, acho confuso livros que tem muitos personagens e são de fantasia por ter lutas épicas talvez eu não me identifique mas gostei muito da capa, quem sabe quando terminar série eu dê uma chance :)

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  6. Minha flor, tenho A Queda dos Reinos entre os meus livros desejados desde o seu lançamento (rs). Ainda não tive a oportunidade de lê-lo, mas espero conseguir fazê-lo em breve. Ao ler a resenha do segundo volume, mais uma vez noto o porquê de ter desejado conhecer essa série (rs). Parece que vale a pena para qualquer fã de fantasia. <3
    "O enredo é incrível, nada é fora do lugar, nada é por acaso." --- Diante de tal descrição, não posso ignorar! (haha). Ótima resenha, flor.

    www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Creio que esse já ficou entre os mais desejados da minha imensa lista de livros que quero. Não conhecia nada , daí que li essa resenha e já estou tentando ler e comprar o primeiro desesperadamente. Sua culpa agora que estou viciada nessa leitura tá???
    rs!!!

    ResponderExcluir
  8. Quer dizer que o autor não se perdeu pelo caminho e nem se enrolou. Isso é muito bom. Ficaria muito triste e decepcionada se este livro fosse inferior ao primeiro livro. Pois amei ler A queda dos reinos e estou ansiosa por devorar este também. Fiquei mais tranquila com seus comentários. Beijos.

    ResponderExcluir
  9. não consigo me apegar a enredos dessa natureza, não me imagino lendo e gostando.... acho que sou mesmo da linha dos romances melosos!

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Own eu não vejo a hora de poder ler essa série, ganhei o primeiro livro, só estou esperando ele chegar para poder devora-lo, a continuação parece ser muito boa, e eu achei super legal a autora dar importância aos personagens não somente aos principais. Adorei a resenha.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  11. Amei sua resenha! Parece ser um livro que vai me prender muito...
    Só não gosto das capas... Mas acho que a série vai me conquistar, quero ler logo!

    ResponderExcluir
  12. Ainda não li o primeiro, mas parece ser muito interessante A capa está espetacular! Adorei sua resenha, me animou ainda mais para ler a série logo.

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011