Resenha: Doctor Who - Shada

by - segunda-feira, março 17, 2014

Autor: Gareth Roberts
Páginas: 345
Ano: 2014
Editora: Suma de Letras

Sinopse: Vista e cultuada em mais de 200 países, a série de TV Doctor Who é um ícone cultural britânico que conquistou mais de 70 milhões de fãs em 50 anos de aventura.
O seriado acompanha o Doutor: um viajante misterioso, vindo do planeta Gallifrey, movido pelo desejo de explorar todos os cantos do tempo e do espaço. Um dos Senhores do Tempo, o Doutor é capaz de se regenerar para escapar da morte, mudando de corpo, rosto e personalidade. Com seus companheiros, humanos e alienígenas, ele protege a Terra e o cosmos contra perigos de todos os tipos.
Shada reconta um episódio que nunca foi transposto para as telas de televisão, uma aventura “perdida” de 1979. Escrita pelo então editor de roteiros da série, Douglas Adams, o autor de O guia do mochilerio das galáxias, Shada traz a quarta encarnação do Doutor e sua companheira Romana II.

Acredito que você já deva ter ouvido falar de Doctor Who, ou até mesmo seja um fã do seriado. Pois bem, eu ainda não assisti a série de TV (embora já esteja providenciando para assistir), sabia um pouco sobre Doctor Who, mas tive contato direto com a história e personagens através desse livro. E o que posso dizer? Simplesmente entrei para o time de fãs! Esse episódio, "Shada", nunca foi ao ar, e foi escrito por Douglas Adams, o famoso autor de O mochileiro das galáxias, que também já trabalhou em alguns roteiros para série no ano de 1978-9. Tempos depois Gareth Roberts, também roteirista, teve a missão de escrever esse livro, recebendo então os roteiros de "Shada" e trabalhando em cima destes para a adaptação.

Em mais um dia normal na Universidade de Cambridge, Londres, Chris Parsons foi até a sala do professor Chronotis emprestar alguns livros para sua pesquisa. Ao adentrar a sala, vê uma velha cabine de polícia ali dentro, e muitos, muitos livros. O professor, um velhinho tão simpático, que ama chá e um tanto excêntrico não vê que o menino na verdade levou não somente os livros que precisava, mas também outro muito perigoso por engano. Chris, ao ver aquele livro, sentiu que ele era diferente, as páginas de um papel resistente de material irreconhecível, com escritos em um idioma indecifrável.

Mal sabia esse pobre humano que aquele livro era o "Venerável e ancestral livro das leis de Gallifrey", vindo do planeta Gallifrey, onde ficavam os Senhores do Tempo, trazido para terra (não deveria na verdade) pelo Senhor do Tempo aposentado: Professor Chronotis. Assim o professor chama o Doutor, e junto sua companheira Romana II. A cabine de polícia na verdade é uma TARDIS, uma máquina capaz de viajar para qualquer lugar no tempo e no espaço, ou em outras palavras, a 'nave' do Doutor. Eles precisam encontrar o livro, pois este jamais poderia cair em mãos erradas. Enquanto isso Skagra, vem a Terra procurar justamente esse livro, o qual é uma parte essencial de seus planos, e algo diz que eles não são nada bons...

"-(...) algo que aprendi sendo amiga do Doutor, Clare, é que o universo é cheio de coisas maravilhosas e oportunidades fantásticas. E você tem que agarrá-las com ambas as mãos. E torcer para que nunca acabem." 

Bem, vou parando por aqui para não dar spoilers e nem contar demais, mas esse foi o comecinho da história, o ponta-pé inicial, porém acredite, ela vai muito além. Como eu contei acima, ainda não conhecia a série, mas ao ler o livro em nenhum momento me senti perdida. O autor nos dá uma boa introdução, diversas explicações sobre o que é a TARDIS, Senhores do Tempo, etc, então não há como se perder durante a leitura.

Quanto mais eu lia, mais o livro me envolvia. A narrativa é bem detalhada, e o humor presente é incrível. Diversas vezes me peguei rindo dos diálogos, que são inteligentes e com um toque de ironia ótimo e natural, principalmente nas partes do Doutor. E que personagem fantástico! Muito, muito bem trabalhado, ele é diferente, engraçado, e maravilhoso! Não só ele, mas todos os demais personagens percebe-se que foram primorosamente compostos, com suas devidas personalidades, enquanto lia era como seu eu pudesse vê-los perfeitamente em minha mente. 

É perceptível a complexidade do enredo, porém a forma com que o autor narra faz com que o mesmo se desenvolva com facilidade e nós leitores acompanhamos tudo perfeitamente, imaginando e entendendo as cenas. A aventura criada é excelente, com um ritmo eletrizante, com tudo se encaixando ao seu tempo e reservando um desfecho que surpreende MUITO. Eu jamais imaginava que fosse me apaixonar tanto assim por este livro. Se você ainda não assistiu a série, não tem problema, leia! Se você já acompanha, não espere mais, também leia! Engraçado, delicioso de se ler, e surpreendente, Doctor Who – Shada está mais que indicado!

Leia também

20 comentários

  1. Oi Daiane tudo bem, bom eu já ouvi falar a respeito dessa série mas não me interessou para que eu acompanhasse, a resenha dele é bem detalhada e começo a pensar a respeito para ler o livro! Mas sinceridade se fosse conhecer o livro só pela capa não teria o escolhido!
    bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  2. Nossa como eu já tinha dito em um outro comentário que fiz em um outro post que você fez falando um pouco sobre o livro eu não sei nada sobre ele nem nada sobre a série de TV dele, mais agora que eu li a sinopse do livro e li sua resenha vou comentar um pouco.
    Não entendi muita coisa sobre a sinopse, já a sua resenha me fez entender um pouco melhor sobre esse livro, e me fez fica com muita vontade de assistir a série de TV, sua resenha foi muito positiva, mais admito que esse não é o tipo de livro que eu leria, por isso vou optar pela série de TV, quem sabe se eu gosta da série eu não acabo lendo o livro um dia, mais a sua resenha como sempre estava ótima.

    ResponderExcluir
  3. Ah!! Eu também nunca vi a série e sei que ela é bastante popular! Eu achei esse livro mais "nerd" do que eu achava que ele fosse, mas o que me chamou atenção foram as partes engraçadas e o fato de ele livro se tratar de um episódio que nunca foi ao ar, um episódio perdido!! lol. Apesar de esses livros mais nerds serem um pouco mais difíceis pra mim, acho que talvez eu gostaria e quem sabe acabasse vendo a série também...

    ResponderExcluir
  4. Estou louca pra ler esse livro. Doctor Who é uma das minhas séries favoritas e, como uma boa whovian, fico doidinha atrás de tudo o que sai sobre ela. Esse livro em especial, por que é escrito pelo Douglas Adams então não podia sair nada ruim! Sua resenha só me deixou com mais vontade de ler!

    Beijos
    aquelaborralheira.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. não conhecia a história por tras do livro, e achei interessante. não dabia que o este mesmo escritor era o autor de O Mochileiro das Galáxias :O
    também não assisti a série, mas estou curiosa agora para ler este livro. imaginava que eu não iria compreender nada da história, pelo fato de não ter visto a série nem nada.... mas bom saber que conseguirei entender :D

    ResponderExcluir
  6. Noossa já ouvi falar demais desse seriado e desse livro, mas sendo bem sincera não tenho muita curiosidade de lê-lo, rsrsrs, acho legal o fato da escrita ser maravilhosa, a história encantadora e fascinante e se passar em Londres ♥, mas essa obra ainda não está na minha lista! heheheh QUem sabe eu mude de ideia!!! Ótima resenha flor!

    Beijos!

    Meu Diário

    ResponderExcluir
  7. foi bom conhecer algo sobre Doctor Who, ja tava me sentindo um et!
    agora vou procurar mais coisas sobre a série em si
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Dai,

    Eu ainda não assisti a série, aliás quase não assisto séries =/
    Gostei da sua resenha, eu já li o primeiro livro da série dos mochileiros, mas não me agradou tanto assim, e esse livro me pareceu ser parecido em alguns detalhes, mas no momento não me atraiu, talvez não seja um gênero que me atraia.

    Beijos!!!

    @jannagranado
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Sempre achei que essa série nunca ia me ganhar, mas estão tantas pessoas falando, tanta coisa comercial em cima da série que não tem como não querer ler e descobrir se o negócio é bom. A única coisa que sei é que tem uma máquina do tempo que parece uma cabine telefônica que se chama TARDIS, viu?? não sou tão leiga, mas a capa tá bem bonita, quem sabe eu leio e descubro que gosto né???

    ResponderExcluir
  10. Obaaa! Adorei seus comentários, pq eu já ia falar: sou uma dessas que nunca assisti nenhum episódio e sinceramente, até pouco tempo atrás, nem sabia do que se tratava Doctor Who. Minha preocupação especificamente com esse livro era saber se ele tava muito "quadrado" como em um texto pronto para ir para a TV, ou se tinha explicações suficientes para alguém que chega de pára-quedas, como eu (e vc, rs) entender direitinho! ^^

    Ótima resenha!

    Beijos!
    Lygia - Brincando com Livros

    ResponderExcluir
  11. Desde que lançou estou querendo ler, mas estou sem dinheiro adoro o Doctor Who a série de TV é MT perfeita, adoro principalmente o décimo Doctor u.u..

    ResponderExcluir
  12. Nunca vi a série de TV e nem li o livro, mas fiquei curiosa por você falar que mesmo o enredo sendo complexo o livro tem fácil leitura pela narração do autor.
    Creio que 80% da responsabilidade de ter um bom livro é a narração utilizada, quando ela é boa é quase certeza que o livro vai me agradar.

    ResponderExcluir
  13. Já ouvi falar dessa série mas nunca parei para assistir, e acho que depois dessa sua resenha vou até começar a ver, e quem sabe, se eu gostar, leio o livro :3 hehe
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Nunca vi a série, mas ultimamente estou ouvindo falar muito sobre ela. O livro parece ser um pouco "nerd" demais para mim, mas fiquei com vontade de ver a série.

    ResponderExcluir
  15. Vez ou outra escuto alguém falar deste seriado, mas nunca vi nenhum episódio. O livro também não me interessou muito.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  16. Que legal, lendo a sua resenha descobri que mesmo não assistindo a série, posso ler o livro sem problemas! Esse livro está em alta e eu tinha receio, pensei que jamais poderia ler e entender alguma coisa, mas agora fiquei mais tranquila!

    ResponderExcluir
  17. Eu estava com receio de ler esse livro pq eu nunca tinha assistido a série, pensei que, se eu lesse, ficaria perdida. Agora que eu sei que não preciso saber tanto sobre a série, vou procurar lê-lo.
    E-mail: juliamariamoraes2013@gmail.com
    Nome de seguidor: Julia Moraes

    ResponderExcluir
  18. Num vi Doctor Who! Todos falam que é muuito bom, mas nunca consegui ver. Quem sabe com o livro eu me apaixone? kk

    ResponderExcluir
  19. Ahhhhhhhhhhhhhhhh eu quero muito ler esse livro =) Sério.
    É um tema que me interessa e ainda sobre uma série que é muito boa. Só pode resultar em uma ótima leitura.

    ResponderExcluir
  20. Sou loucamente apaixonada pela serie, e vou comprar os livros só para ter o gostinho de saber cada minimo detalhe sobre ela.

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011