Fascínios de uma noite

by - domingo, junho 15, 2014


Eu tenho que confessar que a noite exerce um fascínio sobre mim, é simplesmente meu período favorito. Ela traz consigo uma magia quase palpável, ver o sol se pondo aos poucos, seu brilho e diferentes cores surgirem, dando espaço para a escuridão que começa a ganhar os céus. Pontos cintilantes, uma lua desnuda, um ar frio, um vento na pele que provoca arrepios.

Talvez a noite carregue esse mistério por ser o horário que os amantes estão a solta, que almas solitárias clamam aos céus por um alívio, ou por inspirar poetas apaixonados que tem ao seu lado somente palavras para seu bel prazer. Por ser o horário de amores se encontrarem, de se aconchegarem, e na escuridão despirem seus medos, receios, se entregarem somente ao puro instinto de seus corpos inebriados de desejo.

À noite sinto que minha inspiração muda, que meus sentidos ficam mais aguçados. Para preencher o silêncio do meu coração e aquietar as vozes de minha mente ouço minhas músicas. Parecem que no escuro do meu quarto, debaixo das cobertas, com os fones de ouvido, elas me tocam mais... falam mais. Assim deixo meus pensamentos divagarem, criarem vidas e formas, permito-me viajar, voar, sonhar, tudo sem barreiras. Parece que no escuro, tudo se torna mais real.

Eu sempre prefiro viajar a noite, amo ver as luzes distantes, o brilho de uma cidade adormecendo. Luzes dos prédios, das ruas, vago por caminhos novos, imagino tantas vidas que estão naquele momento nos braços do sono, ou se desfazendo em lágrimas, sorrisos, talvez suspiros e gemidos. Certo tempo atrás a escuridão me assustava, porém ao perceber que ela era a mesma que havia dentro de mim, me acostumei, e me apaixonei por ela.



Apaixono-me por seus mistérios, por seus segredos, pela excitação que causa a minha alma insaciável. Imagino onde estará certo alguém, talvez embrulhados em lençóis frios como os meus, com o corpo ardendo em uma febre, como o meu... Ou talvez apenas sonhando e nem imaginando minha existência, nem imaginando o meu desejo. Isso me faz sorrir por dentro...

Uma das coisas que mais amo é sair por uma cidade a noite seja de carro, ônibus, o que for e olhar pelos vidros, ver pessoas abraçadas, de mãos dadas, comércios movimentados, o som ligado, o vento no meu cabelo, e minha alma de poetiza se despertando. Ou a casa silenciosa, por que coisas simples ficam diferentes? Por que temos mais aquela sensação de frio na espinha? Ah pobres almas felinas que somos nós seres noturnos.

É a noite que nossos medos tomam forma, que nosso inconsciente fala com nossa mente, que os mais lindos sonhos e piores pesadelos nos visitam. Que tudo se intensifica, que você muda, as pupilas se dilatam, seu olhar se aquece, você se transforma, chora, se entrega, permite-se ser você mesmo. A noite às máscaras caem, e os anjos nos tocam, a escuridão nos dá seu beijo de boa noite e os fantasmas do passado nos assombram.

Porém a medida que as horas avançam, que o ponteiro vira, que meus olhos clamam por um descanso nas primeiras horas da manhã, que o vento sussurra em minha pele, me entrego a minha fraqueza carnal. E espero por mais um dia, no qual sorrirei, viverei, lutarei e desejarei pela próxima noite, momento em que minha alma se liberta de suas amarras e vira somente sensações, que ouvirei as vozes de meu próprio silêncio. Porque nenhuma estrela, nenhum outro astro, pode apagar o brilho de uma alma quando despertada de seus mais profundos sentimentos.

Leia também

8 comentários

  1. que texto lindo, uma verdadeira ode a noite e seus misterios!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Realmente a noite é fascinante!
    Belo texto o seu...

    ResponderExcluir
  3. Amei, o texto é lindo! A noite, tem mesmo uma magia, te acolhe, te embala, te prende e te liberta, tudo ao mesmo tempo, é um fascínio mesmo.
    Me identifiquei muito com o texto. Me vi nele.

    ResponderExcluir
  4. Que texto perfeito, meus parabéns!
    Você disse exatamente tudo que eu penso e sinto sobre a noite, esse período tão fascinante, tão único, tão misterioso, para mim só haveria vida a noite, a vida que eu quero, dos meus sonhos, tudo flui melhor, mais rápido, mais prazeroso, enfim só posso dizer que sou eu descrito nesse texto!kk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá David :)
      Obrigada!!! <3 fico feliz em saber que gostou do texto!
      Sim, a noite é maravilhosa, não é mesmo? E tudo flui mais mesmo, é mais intenso, melhor, parece que é tudo mais verdadeiro, porque não escondemos quem somos. Eu também queria que só houvesse noite, para poder sempre ter esse fascínio kkk
      Beijos querido, e obrigada pela visita!!!

      Excluir
  5. Olá Dai, achei seu texto muito bom, eu também tenho um certo fascínio pela noite, para ser mais específica tenho um fascínio pela lua, as pessoas que gostam da noite, as estrelas e todo o universo noturno! Lindo texto flor! Parabéns pela escrita

    ResponderExcluir
  6. Mia sum lindo texto seu, parabéns. Amo a noite, tudo nela parece mais intenso e sonhador. è de noite que renovo minhas forças e me entrego aos sonhos que viverei durante o dia.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011