Por detrás de um olhar

by - sábado, junho 21, 2014

Eu sou uma daquelas pessoas que concordam plenamente com a frase: os olhos são as janelas da alma. Simplesmente acho que através do olhar podemos confessar nossos desejos, revelar nossos segredos, e nos comunicar de uma forma única. Através dessas janelas posso demonstrar minha dor, posso sorrir sem fazê-los com os lábios, ou apenas seduzir. Mostrar-me superior, ou dar poder sobre mim. Posso implorar, e também pedir que me implore.

Não confio em quem não me olha diretamente nos olhos, é como se tentasse ocultar de mim um pedaço de si. Para que me temer? Qual meu real poder sobre você? Talvez desvias seus olhos dos meus por não aguentar o que vê, por medo de mergulhar nessa imensidão e ver resplandecer um flash de minha alma. E neste caso posso ser benevolente contigo, pois te compreendo. Até mesma eu nado nessas águas, muitas vezes lutando para chegar a uma superfície e não me afogar nesse mar de sentimentos e sensações de que sou feita. Pois não há como fugir de si mesmo.

Não tenho medo que me vejam, que busquem através do meu olhar os pequenos significados que me compõe. Se você conseguir encontra-los, ou simplesmente reconhece-los, não se preocupe em juntar cada fragmento, pois alcançaste o caminho para meu coração, portanto basta segui-los.

Quando me pego olhando para teus olhos sinto um leve tremor. Conhecer esse vislumbre de sua essência tornou-se uma doce tentação. Confesso que às vezes me dá medo conhecer a alma humana, temos tantas emoções e sentimentos intrínsecos a nós, que me sinto fraca perante a sensação pura em si de vê-las estampadas através das janelas que estão em seu rosto. Por isso muitas vezes escolho fechar os meus, ou tentar ser o mais forte possível, simplesmente para não cair no abismo profundo que eles representam e são dentro de ti.

Conheço as pessoas pelo que seus olhos me dizem, geralmente quando me perguntam o que reparo primeiro no sexo oposto, respondo: o olhar! O primeiro olhar, o calor que ele provoca, o clima de sedução que se instaura magicamente. Com um olhar me aquece, fazendo-me transbordar em mim mesma e mergulhar nessa corrente que me impõe, são como ondas que vão e vem, tocando carinhosamente a areia e depois voltando para sua própria imensidão. É um magnetismo irresistível, é um desafio deliciosamente tentador, que embora possa talvez não resultar em nada, o simples fato de travar essa batalha tão docemente humana já faz tudo valer a pena.

Através do olhar nos tornamos cúmplices, rimos de algo que só nós sabemos, compartilhamos uma ideia, um sentimento. Nos revelamos, nos afastamos, convidamos ou negamos. Sorrimos, choramos, imploramos, movemos. Ah, essa doce beleza de um olhar...

Então olhe-me, se for capaz.

Leia também

6 comentários

  1. Vocês do blog estão bem inspirados!
    Eu concordo com cada palavra escrita.
    Adoro pessoas que me olham nos olhos.Nunca confio em quem desvia o olhar.
    E é através dos olhos que expressamos nossos sentimentos.

    ResponderExcluir
  2. Noossa Day que lindo!! Mas por incrível que pareça eu tenho dificuldade de olhar as pessoas nos olhos, acredito que por ser muito tímida, rsrsrsr. Meu noivo mesmo demorei conseguir encarar olho a olho, sempre olhava e tirava as vistas, mas é como você disse, uma olhar diz tudo!!!!

    Beijos!

    Meu Diário

    ResponderExcluir
  3. os olhos realmente são a abertura que mais damos sobre nós mesmos, podemos tentar esconder tudo, mas nosso olhar deda!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Daiane

    Nossa seus textos são incríveis, por isso só duas palavrinhas "LINDO e VERDADEIRO"
    Realmente os nossos olhos podem nos dizer muitas coisas.

    Bjs!!

    ResponderExcluir
  5. Que blog belo, parabéns Daiane ^^.

    ResponderExcluir
  6. Oi Daiana, mas um belo texto, parabéns! Os olhos são sim a porta para a alma, por isso quando falo com alguém, sempre olho nos olhos da pessoa.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011