Resenha: O tempo entre nós

by - sexta-feira, julho 11, 2014

Autora: Tamara Ireland Stone
Páginas: 368
Ano: 2014
Editora: Rocco
Compre o e-book aqui


Em O tempo entre nós, o leitor é convidado a deixar a São Francisco de 2012 junto com Bennett Cooper, um garoto de 16 anos apaixonado por música que tem o dom de viajar no tempo para assistir a shows de rock, e aterrissar em Evanston, Illinois, em 1995. É lá que ele vai conhecer uma menina de 16 anos e mergulhar numa excitante e desafiadora paixão. Livro de estreia da norte-americana Tamara Ireland, O tempo entre nós é uma emocionante história de amor protagonizada por dois jovens que vivem em cidades e épocas distintas. Com uma trama romântica embalada a muito rock n’roll e viagem no tempo, o livro já foi traduzido para mais de 10 idiomas.


O tempo entre nós a princípio me chamou a atenção pela capa, que parece transmitir certa leveza e pela sinopse atrativa. Ao começar a ler vi que não estava errada, encontrei uma história leve e embora comum, cativante a sua maneira. Bennet é o aluno novo do colégio, misterioso, pelo qual logo Anna se sente atraída, mas o que ela não sabia era que o moço podia viajar no tempo. Há aquele amor inicial, a resistência, já que o tempo é uma barreira entre eles, porém o amor sempre fala mais alto, não é mesmo, ou há um será?

Bem, acredito que todos nós já lemos livros com essa mesma premissa, contudo devo salientar que mesmo sendo um tanto previsível é impossível não se sentir envolvido com a história que Stone criou. Os personagens foram bem compostos, Anna é uma adolescente com inseguranças normais para sua idade, porém demonstrando maturidade em alguns momentos, para mim era uma garota comum e isso é bem positivo. Já Bennet no início me intrigava muito com seu jeito misterioso, às vezes se afastando e outras se aproximando, porém entendi seus motivos, e me senti conquistada por ele também.

"O que acabei de fazer pode mudar tudo, ou não vai mudar nada. Mas preciso tentar. Não tenho nada a perder."

Devo confessar que livros que trazem em suas páginas referências musicais me encantam, e se passando no ano de 1995 não podia deixar de ser mais apaixonante, já que este é o período que vivi minha infância. São com detalhes como esse que a autora conquista seus leitores aliado um jeito de narrar leve, sabe aquelas histórias que você sente que não tem como largar até chegar à última página? Pois bem, esta é um bom exemplo de uma.

Gosto de histórias que abordam viagens no tempo, porém leio poucas. A meu ver Stone conseguiu aliar esse lado de fantasia com a realidade de seus personagens de uma forma simples, trazendo à história um tom de naturalidade. Assim sentimos aquela suavidade iminente, sem aquele ‘peso’ que os livros fantásticos possuem, e para mim esta é uma das maiores qualidades da escrita dessa autora, o jeito simples de narrar e ao mesmo tempo envolvente.

O final em aberto, do jeito que eu gosto, nos deixa curiosos e interrogativos, abrindo possibilidades para diferentes caminhos, mas como é série haverá continuação, o que nos tirará algumas dúvidas que ficaram ao terminar este primeiro volume. O tempo entre nós é recomendando para aquele momento que queremos uma leitura mais calma, com uma história fofa, doce, com direitos a seus clichês e as gostosuras da descoberta do amor nessa fase da adolescência; e uma pitada de fantasia. É uma obra que consegue nas suas entrelinhas nos fazer refletir, que surpreende a sua maneira e nos momentos certos. Senti-me encantada página a página, foi uma leitura rápida com direito a suspiros e aquele sentimento bom e delicado que romances assim deixam em nossa alma após lida a última linha.

Leia também

3 comentários

  1. fiquei encantada, mas diferente de ti não consigo lidar com enredos de finais abertos! e talvez eu leia quando os volumes seguintes forem lançados e eu possa ler um e pegar o outro em seguida!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. li poucos livros com este tipo de trama, mas os que li, gostei bastante.
    não conhecia o livro ainda, mas esta capa me encantou logo de cara!!!
    parece ser uma história linda, e fiquei bem curiosa!!
    os personagens parecem ser encantadores *-*

    ResponderExcluir
  3. Oi Daiane, tudo bom?
    Ai que trama fofa e romântica. Me lembrou um pouco o filme A Casa do Lago. Já assistiu?
    Quero saber como a autora retratou os dois tempos na narrativa. Não sou muito fã de finais em aberto, mas realmente dá outras possibilidades ao desfecho.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011