Resenha: Mentirosos

by - segunda-feira, setembro 29, 2014

Autora: E. Lockhart
Páginas: 272
Ano: 2014
Editora: Seguinte
O livro será lançado dia 10/10, pré-venda clique aqui.

Cadence vem de uma família rica, chefiada por um patriarca que possui uma ilha particular no Cabo Cod, onde a família toda passa o verão. Cadence, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat (os quatro "Mentirosos") são inseparáveis desde os oito anos. Durante o verão de seus quinze anos, porém, Cadence sofre um misterioso acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos, tentando juntar as lembranças sobre o que aconteceu. "Emocionante, bonito e devastadoramente inteligente, 'Mentirosos' é absolutamente inesquecível." - John Green, autor de "A culpa é das estrelas" "Uma história assombrosa sobre como as famílias vivem suas próprias mitologias. Triste, maravilhosa e real." - Scott Westerfeld, autor de "Feios"


Chocada. Essa é a sensação que estou até agora desde que terminei de ler Mentirosos. Não pensem que acabei de ler, não, já o terminei há alguns dias, mas ainda estou chocada, e só agora estou conseguindo colocar em ordem meus sentimentos e escrever essa resenha.

O começo da narrativa é um pouco lento, eu não sabia o que esperar ou o que aconteceria, mas não conseguia parar der ler. Havia algo que me prendia na história daquela família e dos quatro mentirosos. É um mistério que vai nascendo e crescendo aos pouquinhos te levando a mergulhar para de junto dele, e quando você percebe já está completamente envolvido.

O enredo é simplesmente brilhante, este é aquele tipo de livro que quando você chega ao final consegue perceber a dimensão que ele tem pela qualidade de conteúdo e também estrutural. É uma história tão bem montada e criada, que somente um autor com muita habilidade e conhecimento literário como Lockhart, conseguiria compor.

A escrita é instigante, com um toque leve e ao mesmo tempo ácido. Cadence é a personagem narrador, e através de seus olhos temos uma visão de sua família e de todos os acontecimentos. O interessante é perceber como ela também é uma personagem enigmática, mesmo estando em sua mente algumas vezes eu sentia que ela ainda iria surpreender mais, e foi o que aconteceu.

Mentirosos também faz referência a tragédia do Rei Lear, de Shakespeare, as duas histórias se cruzam e a relação entre a essência de uma e outra se torna perceptível, além de outros contos de fadas que também são referenciados.  Na obra de Lockhart, temos um patriarca que mantém a família no controle pelo seu dinheiro, e filhas que estão dispostas a tudo para agradar o pai e lhes garantir a boa vida. Uma família em que todos são obrigados a usar máscaras justamente para manter as aparências, e tudo com um toque de interesse.

O livro me fez refletir muito, me surpreendeu pelo desfecho totalmente inesperado e com uma reviravolta que pega o leitor de surpresa e o deixa abismado pela ousadia. Até agora me sinto desafiada por este de uma forma que não consigo fazer julgamentos aos personagens. Mentirosos é um livro que vai além do que aparenta ser, como num iceberg que você vê apenas a ponta e depois percebe a grande dimensão que ele tem por debaixo d’água, e neste caso por debaixo de uma narrativa que parece ser simples, o que temos é uma obra de tirar o fôlego, que deixa o leitor fora do seu eixo e o desafia o tempo todo.

Leia também

5 comentários

  1. não conhecia ainda a trama e também não tinha visto nada sobre o lançamento dele.
    parece ser um livro bom, mas não fiquei super empolgada pela leitura não... ;x

    ResponderExcluir
  2. Oi Daiane, tudo bem?

    Estou louco para botar minhas mãos nessa belezinha. Todo mundo (lá fora) está elogiando o livro e quando vi que você tinha feito uma resenha fiquei super curioso para saber se tinha gostado. Vou comprar assim que sair para pré-venda. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. o livro parece ser bem legal, mas confesso que não me atraiu!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Daiane, ainda não tinha lido resenha dele. Bom saber que o autor foi ousado e surpreendeu os leitores.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. Terminei agora de ler...fiquei acabada.

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011