Resenha: Minha lista de prioridades

by - quinta-feira, outubro 09, 2014

Autor: David Menasche
Páginas: 205
Ano: 2014
Editora: Paralela

Aos 34 anos, David Menasche foi diagnosticado com câncer no cérebro. Seis anos depois, sofreu uma grave convulsão que tirou parte de sua visão, memória, mobilidade e — talvez a mais trágica de todas as perdas — sua capacidade de ensinar. Impossibilitado de continuar dando aulas, o professor decidiu interromper com os tratamentos recomendados pelos médicos e montou um plano audacioso: atravessar os Estados Unidos para contemplar o oceano Pacífico antes de perder totalmente a visão, usando o tempo que lhe restava para encontrar antigos alunos e perguntar a eles do que se lembravam do tempo em que passaram juntos. Ele havia sido importante? Tinha feito alguma diferença? Minha lista de prioridades é uma história real, ainda em construção. Um livro sobre pequenas epifanias, que se debruça com coragem sobre os temas mais complexos de nossa existência, nos fazendo refletir a cada página sobre o que realmente importa nesta vida.

Quando conheci a sinopse de “Minha lista de prioridades” no mesmo momento quis ler. Sabia que não seria somente uma autobiografia, mas sim um livro que traria lições que ultrapassariam páginas e me marcaria de alguma forma, e foi isto mesmo que aconteceu. Contudo eu não esperava que este livro fosse entrar não só para os melhores que já li no ano, mas sim na vida

O que mais me encantou em Menasche é sua garra pela vida e sua paixão pelo ensino. Salas de aulas era onde se sentia à vontade, ele não via seus alunos apenas como alunos, mas sim como pessoas, os respeitando e também os conquistando. Não se importava apenas com a transmissão de um conteúdo, ele queria que seus alunos levassem seus aprendizados para a vida, queria mostrar que o que se encontra na literatura também estava presente entre eles além das páginas dos livros, e ele conseguia! Menasche os ouvia, os ajudava, e principalmente, acreditava em cada um deles.

Após ser diagnosticado com câncer no cérebro, Menasche decidiu continuar com suas aulas  normalmente. Ele nos conta que em alguns momentos o tratamento o debilitava mais (como é normal nas quimioterapias) e mesmo assim continuou com a garra de sempre, e só parou de dar aulas quando começou a perder a visão. O câncer estava num estágio grave, as esperanças de vida eram questões de meses e o tratamento era doloroso. Em todo o momento ele lutou, e quando não pode fazer aquilo que mais amava, resolveu partir em uma viagem pelos EUA atrás de seus alunos a fim de ver o que cada um tinha aprendido com ele, se teria feito alguma diferença na vida dos mesmos, e se havia sido importante. O resultado dessa experiência foi magnifico.

Quando comecei a leitura eu não conseguia mais parar de ler, é uma biografia tão envolvente, tocante e ao mesmo libertadora. Não pense que é um livro triste, lógico que conhecemos os momentos difíceis que o autor passou, mas cada página em si é uma celebração a vida. Vemos que nos momentos de tristeza ou maiores dificuldades ele nunca desistiu de viver e de si próprio. Mesmo com uma sentença de morte a espreita, não deixou de sorrir, de amar, acertar, errar e de fazer o seu melhor como ser humano.

A emoção foi inevitável, me peguei entre lágrimas em várias passagens. A cada capítulo há também recados de alunos que passaram por suas aulas e o que aprenderam, foi lindo ver a diferença que Menasche fez na vida de cada um deles os ajudando a se tornarem melhores como pessoas. O reencontro com seus alunos, a estrada, as viagens mesmo em meio as dificuldades e delimitações físicas, me fizeram admirar ainda mais o autor, e seus aprendizados chegaram até a mim. A vontade de viver desse homem é algo para se aplaudir e tomar como exemplo.

Minha lista de prioridades é um livro que nos faz pensar sobre a vida em si e sua temporalidade, não será estranho se o leitor em algum momento pausar sua leitura e pensar a respeito de sua própria vida, e o que está fazendo dela. A força das palavras de Menasche nos tocam profundamente, através de sua história de vida recebemos lições honestas e ao mesmo tempo sensíveis, que  acompanharão o leitor mesmo após a última página ser virada, já que com certeza está é uma história inesquecível.

Esta é a melhor biografia que já li até agora. Além de me proporcionar uma leitura prazerosa em todos os níveis, a sinceridade das páginas sobre temas como amor, amigos, família, saúde, etc, me tocaram não somente como leitora, mas como pessoa. São pessoas como Menasche que me fazem ainda ter fé no ser humano, e são com histórias como a dele que eu percebo o quanto a vida é breve e ao mesmo tempo fantástica, de uma forma assustadoramente bela. Mais que recomendado, por favor, leiam, e tenham a oportunidade de conhecer um livro que lhe fará refletir e reconhecer as prioridades do seu viver.

"Nunca tive medo de morrer. Tinha medo de viver sem um objetivo."

Leia também

3 comentários

  1. eu quero muito mesmo ler esse livro, espero não me arrepender, pois estou depositando muitas expectativas nele!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. No momento não estou lendo biografias, mas anotarei o nome para mais pra frente.
    bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Oi Dai

    Esse livro chegou para mim esses dias e já estava morrendo de vontade de ler, agora com sua resenha ele com certeza será o próximo da lista.

    Amei a resenha e amo livros que passam histórias de superação e nos ensinam a dar valor !

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011