Resenha: Roleta Russa

by - quinta-feira, outubro 02, 2014

Autor: Jason Matthews
Páginas: 426
Ano: 2014
Editora: Arqueiro

Desde pequena, o sonho de Dominika Egorova era fazer parte do Bolshoi, o balé mais importante da Rússia. Após ser vítima de uma sabotagem, porém, ela vê sua promissora carreira se encerrar de forma abrupta. Logo em seguida, mais um golpe: a morte inesperada do pai, seu melhor amigo.
Desnorteada, Dominika cede à pressão do tio, vice-diretor do serviço secreto da Rússia, o SVR, e entra para a organização. Pouco tempo depois, é mandada à Escola de Pardais, um instituto onde homens e mulheres aprendem técnicas de sedução para fins de espionagem.
Em seus primeiros meses como pardal, ela recebe uma importante missão: conquistar o americano Nathaniel Nash, um jovem agente da CIA, responsável por um dos mais influentes informantes russos que a agência já teve. O objetivo é fazê-lo revelar a identidade do traidor, que pertence ao alto escalão do SVR.
Logo Dominika e Nate entram num duelo de inteligência e táticas operacionais, apimentado pela atração irresistível que sentem um pelo outro.

Espionagem, atração, Rússia, uma capa linda e sinopse chamativa, foram itens certeiros para me fazer ler Roleta Russa. O autor é um ex-agente da CIA, então claro que eu já sabia que na parte investigativa ele não deixaria a desejar, e não deixou mesmo.

A proposta do enredo em si é atraente, porém o excesso de detalhes me fez deixar o livro de lado várias vezes. Não que a história fosse ruim, é que em alguns momentos os capítulos se tornavam maçante e a leitura não fluía. Entendo que os detalhes foram necessários para dar mais veracidade também ao que ali estava, e nos fazer ter uma obra completa sem furos, porém em alguns momentos eles foram demasiados.

Ao mesmo tempo que eles são bons por te permitir uma visualização e compressão ampla, também atrapalham no quesito envolvimento, ou seja, às vezes era difícil eu conseguir ficar concentrada. Assim lia um capítulo, deixava o livro do lado, depois voltava, demorei para conseguir terminar

Os personagens são bem compostos e a atração entre Dominika e Nash mesclado ao clima investigativo deixam um clima de tensão delicioso. Sem contar que são dois espiões em lados opostos, e meu lado romancista de carteirinha ficou em êxtase com isso. Eles corriam riscos, o interessante é perceber que ali não haviam garantias, o leitor passa a desconfiar de tudo e de todos, o que aumenta ainda mais a tensão.

A trama é permeada por desconfianças, que fazem com que fiquemos com o pé atrás em vários momentos, nunca sabendo ao certo em quem confiar, acredito que esse foi um ponto certeiro de Matthews, pois assim somos realmente surpreendidos. Roleta Russa é um livro bom, só que você precisa ter paciência para ler, é uma história que realmente vale muito a pena. O desfecho ficou em aberto, não sabemos se haverá continuação ou não, contudo gostei do final dado pelo autor.

Este é um livro que te envolve aos poucos, pelo conjunto, para quem gosta de grandes investigações, enredos detalhados e que conseguem surpreender, acredito que irá gostar. Ah, um detalhe bem bacana, ao final de cada capítulo há uma receita de uma comida citada, adorei isso, e algumas são bem simples! Achei isso diferente, sem contar dá uma certa leveza a mais na quebra de um capítulo a outro. Livro recomendado, mas como colocado anteriormente, tenha paciência.

Leia também

4 comentários

  1. Oi Daiane!
    O livro me chama a atenção pelos mesmos motivos que você: espionagem, atração, Rússia + o fato da personagem ser uma ex-bailarina. Interessante saber que o autor escrever com "propriedade", mas acho que esse detalhamento excessivo me incomodaria também.
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  2. eu acabei não me interessando tanto, mesmo com tantas críticas positivas eu não me identifiquei com a trama, estou em busca de leituras mais amenas
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. já estava curiosa pela trama, mas não sabia que o autor era um ex-agente da CIA. isso me fez ficar mais curiosa ainda...
    por outro lado, eu tenho muito problema com tramas super detalhadas. normalmente isso me faz cansar da leitura também.
    parece ser um livor bom sim, mas não sei se me agradaria muito...
    vou tentar ler em breve para tirar minhas próprias conclusões ;)

    ResponderExcluir
  4. EU espero que tenha continuação, pois tem conteúdo para tal. Não gostaria de ficar sem saber como estes dois realmente ficaram no fim das contas.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011