Resenha: Absoluto

by - segunda-feira, novembro 03, 2014

Autora: M. S. Fayes
Páginas: 218
Ano: 2014
Editora: Charme

Ela era um fenômeno, como estudante de direito. Ele era o advogado mais temido do estado. Prestes a se formar com honras, Kate se viu imersa no mundo do Direito civil, antes mesmo de estar com seu diploma em mãos. Conhecendo o trabalho do Dr. Gabe Szaloki, ela foi pega, inesperadamente, em uma onda avassaladora de atração, mas ainda assim relutou a se permitir viver esse tórrido romance. Porém, Gabe não era imbatível apenas nos tribunais. Ele queria Kate a qualquer custo e mostraria a ela porque ele sempre saía vitorioso em seus casos. Em meio a casos jurídicos, os dois se enfrentam em um duelo de palavras, que serve apenas para acender a chama incandescente que Gabe sente por Kate. Kate se vê seduzida pouco a pouco pelo poderoso advogado, entregando seu coração de maneira despretensiosa. Maquinações invejosas, um conflito e um mal entendido fazem com que os dois se afastem. E quando a verdade vem à tona, Gabe tem que provar que seu amor por Kate é simplesmente absoluto.

Resenha por Ana Carolina

O livro “Absoluto” é o primeiro da trilogia da lei que possui uma autora brasileira de pseudônimo internacional. O livro tem a doçura dos romances de banca, com um toque diferente e não tão água com açúcar assim.

O livro conta a vida de Kate Campbell, uma aluna muito aplicada de direito que vive com duas amigas, que tudo indica serão as protagonistas nos próximos volumes, e ela acaba conhecendo um dos advogados mais badaladas do país, o lindo Gabe Szaloki. Eles têm um embate logo de cara, e a atração que não escapa, mas não apenas isso, eles desenvolvem uma relação que vai além do físico.

"Gabe Szaloki não fazia parte desse pacote de sonhos."

Gostei da Kate, admito, mas tenho minhas ressalvas. A autora buscou dar a Kate um tom mais nerd, dedicada, alguém que não desiste de suas convicções e que não se entrega a paixões tão facilmente. É bom finalmente ver uma protagonista mais madura e menos derretida pelo mocinho. Claro que ela sente algo, mas a forma como a autora abordou esse conflito de sentimento se tornou mais natural. Mas em alguns momentos achei a Kate extremamente irritante por não se entregar a paixão e isso me incomodou, mas no geral, ela me ganhou como protagonista.

O Gabe é um mocinho típico. Lindo, sexy, poderoso, mandão, e todas aquelas características que estamos acostumadas a ver, mas provavelmente o que mais gostei, é a forma como ele se relacionou com a Kate. Ele nunca a tratou como mero objeto ou como apenas uma mulher bonita, ele valorizava seu intelecto e a fazia se sentir especial apesar de meia dúzia de burradas.

"Aquele homem definitivamente era dinamite em forma de gente."

O livro é uma deliciosa mescla do que já conhecemos com novos elementos. A autora abordou o meio jurídico de uma forma bem destacada, e isso deu a leitura um tom mais brando de romance. Ver a mocinha e o mocinho de forma profissional foi espetacular. Outro destaque que eu mais amei foi o Gabe ser húngaro. Estamos acostumadas a sheiks, italianos, americanos, irlandeses, ingleses, homens que balançam nossos corações há séculos, mas ver um húngaro foi mais que especial. A autora teve todo um cuidado com pesquisa da cultura, o que amei demais.

O livro, embora tenha um final meio rapidinho –senti saudades quando acabei –foi mais que especial. Ele flui e o li em um dia. Absoluto traz aspectos conhecidos com novidade, misturando uma narração fluida, com uma mocinha decidida e um Gabe que se tornou minha nova paixão literária.

Leia também

2 comentários

  1. ja faz um tempinho que li, mas amei a história!
    Gabe é diferente de todos os mocinhos que ja conheci e me conquistou de cara! quero mais livros da autora
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. OMG, sério que a autora é brasileira?? :O
    não sabia! hahahaha
    adoooro tramas assim, e estou mega curiosa para ler a trama logo!!!
    parece ser um romance clichê, mas lindo! *-*

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011