Resenha: Um dia de cada vez

by - quarta-feira, dezembro 03, 2014

Autora: Courtney C. Steves
Páginas: 229
Ano: 2014
Editora: Suma de Letras
Compre aqui: Livraria Saraiva

Alexi Littrell era uma adolescente normal até que, em uma noite de verão, sua vida é devastada. Envergonhada, a menina começa a se arranhar e a contar compulsivamente uma tentativa de fazer a dor física se sobrepor ao sofrimento que passou a esconder de todos. Ela só consegue sobreviver ao terceiro ano do ensino médio graças às letras de música que um desconhecido escreve em sua carteira. As canções parecem adivinhar o que o coração de Alexi está sentindo. Bodee Lennox nunca foi um adolescente normal, mas agora é o menino que teve a mãe assassinada pelo pai. Em seguida, ele vai morar com os Littrell, e Alexi acaba descobrindo que o Garoto Ki-Suco, o quieto e desajeitado menino de cabelos coloridos, pode ser um ótimo amigo. Em Um dia de cada vez, Alexi e Bodee, ao mesmo tempo em que fingem para o resto do mundo que está tudo bem, passam a apoiar um ao outro, tentando viver um dia de cada vez.

Um dia de cada vez tem uma sinopse que lhe convida a adentrar em uma história que irá te marcar, prometendo emoção e cumprindo essa promessa a cada capítulo. Porém eu não imaginava que me surpreenderia tanto, e assim este livro tornou-se um daqueles que ganhou meu carinho e admiração.

Alexi Littrell tem um trauma, mas não pensem que ela é uma personagem cheia de mimimis, não, sua dor chega até nós de uma maneira que a compreendemos, nos sentimos próximos a ela, não há como não entender sua situação. Assim como Bodee, já nas primeiras páginas o conhecemos, seu pai matara sua mãe e isso é algo marcante. Um garoto que não era bem-visto na escola passando por essa nova situação, e uma menina que mesmo tendo amigos e um bom relacionamento nesse ambiente, sufocava um segredo que internamente a destruía. Esses dois personagens se encontram, e o que se segue é uma história extraordinária de luta e superação.

Tanto Bodee quanto Alexi são adolescentes marcados por suas dores, com feridas que pareciam ser incuráveis, mas a força que ambos tem para supera-las deixa o leitor emocionado e acima de tudo tocado pela humanidade e coragem desses dois. Courtney compôs seus personagens tão bem, tendo cuidado ao tratar dos traumas de cada um, e contando uma história que te faz ficar imerso em pensamentos mesmo após virar a última página.

O enredo é perfeitamente elaborado, a narrativa é leve, e mesmo com um fundo pesado, a autora conseguiu encontrar um equilíbrio de forma que a leitura emocionasse o leitor, e ao mesmo tempo o envolvesse, despertando a curiosidade. Assim a leitura fluiu, surpreendendo nos momentos certos e encerrando de um jeito que nos faz acreditar e ter fé que nenhuma dor deve ser maior que a esperança e a vontade de viver que há em nós.

Este é um livro que dá voz para muitos que não conseguem mais encontrá-la, é uma obra que vem despertar para um problema real, há milhares de pessoas como Alexi pelo mundo, e elas precisam ser ouvidas, ajudadas, compreendidas, e principalmente encontrar suas vozes. Eu acredito naquela frase que a cura se dá pela fala, e aqui a autora conclui seu livro com uma mensagem aos leitores argumentando justamente sobre isso.

Um dia de cada vez é um livro para aqueles que desejam ler um bom drama, que emocione, desperte para reflexão, e que marquem o leitor, tornando-se uma leitura inesquecível. Courtney contou uma história que vale a pena ser lida, um livro de estreia simplesmente corajoso e sincero.

Leia também

4 comentários

  1. Com uma capa bonita e um título que não me chamou muito a atenção, não esperava que tivesse toda essa profundidade. Definitivamente, despertou meu interesse para conhecer esse enredo e essas personagens. Ótima resenha!

    Clara
    @clarabsantos
    clarabeatrizsantos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. eu adoro ler livros neste estilo, com personagens com problemas assim e que acabam desenvolvendo um romance... acho lindo!
    desde que este livro foi lançado eu tenho ele na minha lista de desejados, mas até hoje não consegui comprá-lo.
    a trama dele parece ser linda. li poucas resenhas sobre ele, mas as poucas que li foram bem positivas.
    não acho a capa dele tão bonita, mas o título chama bastante a atenção...

    ResponderExcluir
  3. confesso que apesar dos elogios não consegui me empolgar!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oiee

    Tudo bem?

    Falou em livro que seja dramático é comigo mesma rsrs fiquei morrendo de vontade de ler e já coloquei na lista de futuras leituras.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011