Entrevista com Camila Moreira

by - quinta-feira, janeiro 08, 2015

Olá pessoal!

Como todos sabem, sou fã dos livros O amor não tem leis (vivo falando deles em minhas redes sociais e já o resenhei aqui no blog, livro 1 e livro 2), para mim são os melhores romances hots atualmente no cenário da literatura nacional, e também é um dos melhores livros que já li do gênero nos últimos anos. Então, pedi a Camila Moreira uma entrevista, e ela generosamente me cedeu. Segue abaixo então algumas perguntinhas que a autora gentilmente nos respondeu, e hoje a tarde a Editora Suma de Letras divulgou mais uma novidade, em abril teremos mais Camila pela Suma! O livro "8 segundos" que vocês poderão conferir abaixo também a sinopse e capa.






Camila tem 26 anos, é taurina e estudante de Direito e Letras. Goiana de nascimento e mato-grossense de coração, a funcionária pública municipal começou a escrever nas horas vagas, no final de 2013.








Negrito: Daiane (blogueira). Fonte normal: Camila (autora)

Como surgiu a ideia para O amor não tem leis? O que te inspirou?

O amor não tem leis surgiu em um momento complicado da minha vida. Estava passando por um problema pessoal e a escrita serviu como um escape. Uma forma de ocupar a cabeça e respirar novos ares. Acredito que me inspirei em várias coisas: na vontade de ter uma história totalmente brasileira; de ver em um livro uma mocinha independente, que não ficasse sentada a espera do príncipe encantado, mas que fosse uma mulher real, que trabalha, estuda, é objetiva e vai atrás dos seus sonhos. Me inspirei em tudo que gosto nos livros. Tentei trazer cada suspiro que soltei em minhas leituras para o que estava escrevendo. 

Clara e Alexandre são donos de personalidades únicas, como foi compor esses personagens para eles se encaixarem tão bem?

A personalidade da Clara foi a primeira coisa que pensei. Estava um pouco cansada das mocinhas virgens, bobinhas, submissas e totalmente dependentes dos homens. A maioria das mulheres com quem convivo não têm essa personalidade, então pensava no porquê delas serem maioria nos romances, assim criei a Maria Clara: forte decidia, desbocada, que não se importa de pensar, fazer ou falar o que quiser. Acho que isso foi um dos pontos altos do livro. Fiquei muito feliz com a receptividade do personagem. E o Alexandre? .... Ah o Alê! (risos) Acho que Ferraz é a mistura de tudo o que maioria das mulheres esperam em um homem. Nosso Lobo Mau além da beleza física, trás em sua personalidade uma ligação enorme com a família, amigos e trabalho. Ele é capaz de ser gentil e bruto ao mesmo tempo. Tempera o seu ciúme com sua capacidade de dar espaço a amada. Ele realmente é único... pelo menos para mim. 

Você pretende escrever um livro com uma história só para o Diego? Ou um capítulo extra, como fez com Derek?

Não posso falar muito, ainda. Mas teremos mais dois livros com personagens secundários. 

A meu ver, O amor não tem leis é um dos melhores romances nacionais do gênero hoje no mercado. Como você se sente perante este sucesso das suas obras e do retorno dos seus leitores?

Eu fico. .. UAU... (risos) Realmente ainda não acredito que tudo isso esteja acontecendo. Nunca imaginei que receberia tanto carinho em minha primeira obra. O amor não tem leis é um sonho que nem eu imaginava que tinha. E ver tantas pessoas abraçarem esse sonho é algo que me emociona diariamente. Eu só tenho a agradecer todos os leitores e prometer me esforçar para levar cada dia mais qualidade de leitura. Sei que cometi algumas falhas e reconheço isso, mas sei que tudo isso faz parte de um aprendizado. A experiência adquirida ficará para sempre. 

O que considera essencial na construção de um bom romance?

Acho que de tudo um pouco. Falando mais especificamente de O amor não tem leis, acredito que a participação dos personagens secundários trouxe uma naturalidade a mais para o romance. Ninguém vive sozinho, e a companhia de família e amigos é fundamental para uma relação saudável. 

Atualmente está trabalhando em novos projetos? Teremos mais livros seus em breve? (Pois queremos...)

HaHa! ;) Sim, teremos. Mas por enquanto manteremos um suspense. Logo, logo teremos novidades. 

Há diversas citações de músicas em seus livros, e elas se entrelaçam perfeitamente com as cenas e momentos dos personagens. Você tem o costume de escrever ouvindo músicas? Ou de ler as ouvindo?

Amo as duas coisas. Geralmente, quando estou escrevendo escolho uma música ou duas para cada capítulo. E, mesmo não acrescentando na playlist da história, acabo escrevendo todo o capítulo ouvindo a canção escolhida. Quando estou lendo também. Às vezes escuto a trilha do próprio livro, ou, escolho canções que acho que combina com a história e os personagens. Para mim, música e livro estão ligados. 

Quais são seus livros e autores favoritos?

Nossa! Essa uma pergunta foda (risos). Eu leio de tudo um pouco, mas tenho alguns escritores favoritos. No romance minha diva é a J.A. Redmerski, e é dela também meu romance atual favorito: Entre o agora e o nunca e sua continuação. Gosto muito de Nicholas Sparks (ganhei até um apelido: filha renegada do Sparks). Sidney Sheldon é um mestre dos romances de suspense, e eu amo. Entre os nacionais recomendo muito as autoras que estão despontando e conquistando o cenário literário: L.M. Gomes, Nina Muller, Biia Rozante, Gisele Souza, Josy Stoque, Mila Wander, Babi Barreto, Juliana Parrini e Manu Torres. Qualquer livro dessas talentosíssimas escritoras te fará suspirar, rir, chorar e pensar. 

Machado de Assis foi o autor que me apresentou os livros, por isso sempre será o maior de todos, assim como minha conterrânea Cora Coralina é meu exemplo de mulher na literatura.

Qual conselho você daria para aqueles que pretendem um dia também ser autores?

Não desistir. Nem tudo são flores, na verdade, a luta é diária. Ainda, e infelizmente, há muito preconceito com os autores nacionais, mas aos poucos estamos conquistando nosso espaço. Persistência e confiança é algo essencial. 

Camila, lhe agradeço muito pela atenção e também pelos excelentes livros! Queremos mais livros seus com certeza! Gostaria de deixar algum recado para seus leitores?

Eu que agradeço, flor. O apoio dos blogs tem sido extremamente importante para o sucesso dos livros. Vocês são parte desse sonho, e divido cada conquista alcançada com todos que deram um voto de confiança a história do Lobo Mau e sua menina. Aos leitores, gostaria de agradecer todo apoio e carinho. Cada comentário, crítica e sugestão me faz acreditar que estou no caminho certo. 

E vem por ai...

"8 segundos" novo romance da autora pela Editora Suma de Letras, com lançamento em abril!

Nunca provoque um peão: ele só precisa de 8 segundos para te enlouquecer.
Pietra, filha única de um rico fazendeiro, sempre teve tudo o que quis. Para realizar mais um de seus caprichos – viver em Paris em seu próprio apartamento –, ela é obrigada pelo pai a passar uma temporada na propriedade da família.
Lá, ela conhece o veterinário Lucas, um homem simples e determinado, que sonha em competir nos grandes rodeios do país. Quando o peão conhece a patricinha, faz de tudo para não se deixar levar pelos lindos olhos verdes da filha do patrão.
Em 8 segundos, Pietra e Lucas não conseguirão resistir à paixão. Mas antes que possam viver este amor, a revelação de um terrível segredo do passado mudará suas vidas para sempre.

Leia também

5 comentários

  1. Oi Daiane, estou louca para ler esta série e conhece um pouco da autora antes disso é muito bom.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  2. Oie Daiane! Amei a entrevista! Ainda não li nenhuma obra da autora, mas fiquei curiosa por 8 Segundos!! Parece ser aquelas histórias de caubóis de tirar o fôlego! Beijos!

    Meu Diário

    ResponderExcluir
  3. Dai, pela entrevista pude conhecer um pouco mais da Camila, que mesmo sendo uma autora nacional ainda não me era conhecida
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. eu comprei os dois livros desta autora para dar de presente para uma amiga de natal. confesso que fiquei morrendo de vontade de ficar com eles para mim, mas acabei abrindo mão deles. minha amiga leu e disse que amou, e eu estou bem empolgada querendo comprar para mim também hahaha
    este ano tenho como meta ler mais livros de autores brasileiros do que estrangeiros, e espero muuuito conseguir ler os livros da Camila também!
    ah não, essa capa de 8 segundos já está maravilhosa, mas o que me ganhou mesmo foi essas primeiras palavras ai da sinopse. eu adooooro livros neste estilo, então já estou doida para conhecer Pietra e Lucas, mas só em abril??? sério????? :'(

    ResponderExcluir
  5. Ja ansiosa aqui eu ja li as duas primeiras edições da autora e me apaixonei....tenho certeza que as próximas vão ser top

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011