Resenha: Despedaçada

by - sexta-feira, janeiro 30, 2015

Autor: Teri Terry
Páginas: 400
Ano: 2014
Editora: Farol Literário
Atenção! Se você ainda não leu os dois volumes anteriores da trilogia: Reiniciados e Fragmentada, recomendo que não leia esta resenha.

Kyla foi Reiniciada: sua memória foi apagada pelo Opressivo governo dos Lordeiros. Mas, quando lembranças proibidas de um passado violento começam a aparecer, surgem também dúvidas: ela pode confiar naqueles que passou a amar, como Ben? As autoridades querem a morte de Kyla. Com a ajuda de amigos no DEA, ela vai a fundo, sondando seu passado e fugindo. A verdade que ela busca desesperadamente, no entanto, é mais surpreendente do que ela poderia imaginar. Ao final do terceiro volume desta aclamada série, os mais profundos e imprevisíveis segredos serão revelados

EU TO NO CHÃO! Desculpem, não consigo achar frase melhor para iniciar a resenha do que esta (desculpa o capslock também, gente). Mas eu estou literalmente jogada no chão! Meu Deus que livro é este? Teri Terry acredito que meu surto deve ter chego até a senhora, porque como ousas encerrar a série assim? Deixando nós leitores praticamente sem ar e pasmos diante de tamanha ousadia? Sensacional!

Eu dificilmente escrevo uma resenha logo após ler um livro, geralmente dou um espaço de tempo entre a leitura e a escrita, para repensar bem sobre a obra e as críticas que farei, se elas são contundentes possuindo fundamentos e também para não me deixar se influenciar pelo calor do momento. Mas dessa vez não consegui, porque tenho certeza que passe o tempo que passar toda vez que me lembrar de Despedaçada terei as mesmas sensações e minha opinião não vai mudar.

Kyla, que evolução de personagem! Uma menina que começou na série insegura e agora é tão diferente, está mais forte, mais determinada. Quando todas as bases que pensava serem seguras se desmoronam, ainda assim ela consegue tirar forças de dentro de si para continuar lutando. O interessante é que nem mesmo Kyla imaginava o que começou a surgir em seu caminho, tanto ela quanto nós somos surpreendidos, e muito!

Sobre os personagens secundários de agora em diante é como se não conhecêssemos nenhum, porque não dá para saber o que esperar. Há todo o momento algum deles nos deixam surpresos pelas suas ações, seja pelo lado positivo ou negativo. Parecia que todos estavam dentro de um tabuleiro de xadrez e Terry aos poucos foi jogando peça por peça, até o seu xeque mate, deixando o leitor pasmo.

Foi um enredo tão bem entrelaçado, em que cada pecinha foi se encaixando perfeitamente dentro de um quebra-cabeça tão imprevisível e de proporções simplesmente incríveis. Ao ler a última linha eu só consegui pensar no quão genial este livro e a série em si foi, selando com uma mensagem maravilhosa! Sem contar a narrativa eletrizante, com sequências de ações que nos deixam boquiabertos e envolvidos até o último fio de cabelo.

O desfecho? Totalmente imprevisível. Sem palavras. A série finalizou de uma forma que ninguém esperava. Despedaçada fechou com chave de ouro uma de minhas séries preferidas, cada livro foi uma evolução constante e não poderia ter sido melhor. Eu recomendo e MUITO que vocês leiam, porque não vão se arrepender. Se você é apaixonado por distopias assim como eu, Reiniciados é uma série obrigatória na sua lista de leituras. Tery Terri, mulher ainda não estou acreditando! Se um dia eu for mandada para uma ilha deserta, por favor, mande meus exemplares de Reiniciados junto, obrigada.

Leia também

5 comentários

  1. li bons comentários que me despertaram a curiosidade, eu tenho um pouco de medo desse livro, sim é loucura, mas é que li uma resenha tão bem explicada sobre o primeiro da trilogia que depois até sonhei!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Amiga agora eu entendi porque não queria ser resenhista, ainda mais pela quantidade de parceria que tem. IMPOSSIVEL mesmo. Mas mesmo assim tenho que confessar que estou bastante feliz pela sua ajuda com a parte de contos e reflexões que na verdade adoro.

    Enfim...Quando a sua resenha, tenho que confessar que ainda não li essa série. Mas tenho bastante curiosidade, porque todos comentam muito bem. Espero ter a chance logo de ler e gostar da história. Eu sinceramente não consegui ainda pegar os meus livros de séries por conta das quantidades que tenho de livros avulsos, mas na hora que sortear no meu THE BOOK JAR não vai ter jeito (risos)

    Mas eu achei como sempre que você abordou muito bem o assunto do livro. Por isso eu gostei da maneira que você escreve e isso me chamou bastante atenção. Parabéns viu? Espero que continue assim. E vê se aparece pra comentar também no meu blog né? Poxa vida. =[ VC NUNCA PASSA LÁ.

    Se cuida

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Que livro é esse?Socorrooooooo <3 Tenho vontade de ler,mas ao mesmo tempo um certo medo!Ameei seu blog!!

    escritoracomestilo.wordpress.com

    ResponderExcluir
  4. Ainda não tive oportunidade de iniciar a leitura desta trilogia,mas com certeza não é por falta de curiosidade, pois acho a temática da historia super interessante e as capas lindas, dei uma espiadinha e fico ainda mais curiosa de saber que gostou do final dela.Pretendo começar a ler ela ainda este ano!!Adorei a resenha

    ResponderExcluir
  5. Ainda não tive oportunidade de iniciar a leitura desta trilogia,mas com certeza não é por falta de curiosidade, pois acho a temática da historia super interessante e as capas lindas, dei uma espiadinha e fico ainda mais curiosa de saber que gostou do final dela.Pretendo começar a ler ela ainda este ano!!Adorei a resenha

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011