Resenha: Escola Noturna

by - sábado, janeiro 03, 2015

Autora: C.J. Daugherty
Páginas: 332
Ano: 2014
Editora: Suma de Letras
Compre aqui: Livraria Saraiva
 
Quando todos estão mentindo em quem voce confia? Quando a adolescente problemática Allie Sheridan vai presa de novo, seus pais decidem que já estão fartos. Assim, ela é despachada para a Academia Cimmeria, um colégio interno bem distante dos seus amigos londrinos. A academia é uma bela construção, cheia de adolescentes lindos e milionários do tipo que viaja de jatinho, foi criado pela babá e só faz compras nos endereços mais exclusivos.
Em Escola Noturna, primeiro volume de uma trilogia, Allie faz novas amizades e conhece Carter, um rapaz solitário com quem ela sente uma conexão imediata.
Só que seus colegas, e talvez até alguns dos professores, estão protegendo um segredo sombrio. Quando o perigo começa a rondar os muros da escola e a violência se torna realidade, Allie terá que decidir em quem confiar, se quiser descobrir o que está acontecendo.
 
Resenha por Ana Carolina

Parte de mim foi muito relutante em ler esse livro. A capa, a sinopse, nada que eu costume ler com frequência. Mas dei uma chance e não me arrependo. O livro traz a história da vida de Allie, uma garota que tinha tudo para ter uma vida perfeita se não fosse o desaparecimento do irmão e os problemas que se mete, os quais têm lhe gerado prisões. Seus pais estão cansados de uma vida que não tem pretensão de mudar e tomaram uma atitude drástica: mandar a Allie para a Academia Cimmeria, um local distante de tudo.

Allie é relutante, mas não há nada que possa fazer. A Academia Cimmeria é um local de regras, de horários e onde muitas coisas acontecem. Ela se adapta facilmente, faz novas amizades, começa a se apaixonar e então coisas estranhas acontecem. Allie descobre a existência da Escola Noturna, e que podem estar envolvidos em situações conflitantes.

Antes não dava nada por esse livro e agora simplesmente me apaixonei com todo o meu coração. O livro tem um fundo quase tolo: uma garota problema indo para um colégio se “curar” e se apaixonando por um garoto mais certinho. Mas então a autora cria um enigma, um mistério. Introduz dois rapazes, Sylvain e Carter, quem é o vilão e quem é o mocinho? Quem ficará com a Allie?

Há amigas loucas e um ambiente incrível. Allie é a típica mocinha, ignora tudo que lhe dizem, se aventura em loucuras, se apaixona e nega, mas ainda existe algo a mais nela. A inocência, a coragem, a intuição de fazer o que tem que fazer. Ela conquista a todos, inclusive a mim, por não ser fraca.
E os garotos? Lindos, corajosos e maduros, mas não como em um livro hot, e sim como belos adolescentes apaixonantes. Carter com sua casca dura e interior mole e Sylvain um enigma rico. E as amizades, o acolhimento e a forma como você é guiada por mistérios e mistérios.

Eu me apaixonei pela história, 332 páginas em letras miúdas fluíram em dois dias e me fizeram perguntar: “Quando terei mais? O que acontecerá depois?”. Recomendo o livro pelo mistério, adrenalina e personagens hipnotizantes.

Leia também

1 comentários

  1. oi flor, ando fundo de séries e esse mundo sobrenatural pra mim ja deu :/
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011