Resenha: Eve & Adam

by - terça-feira, janeiro 27, 2015

Autores: Michael Grant, Katherine Applegate
Páginas: 269
Ano: 2014
Editora: Novo Conceito

Filha única da poderosa e fria geneticista Terra Spiker, Eve fica entre a vida e a morte depois de sofrer um acidente de carro. O processo de cura no misterioso laboratório Spiker transcorre com uma rapidez impressionante, o que desperta a curiosidade da menina.
Antes que Eve estreite os laços com Solo, um rapaz que compartilha segredos com a corporação, a Dra. Spiker lhe propõe um desafio: Eve terá a chance de testar, em primeira mão, um software desenvolvido para manipular gens humanos. Ela poderá criar um namorado sob medida!
Mas brincar de Deus tem consequências, e agora Eve vai descobrir até que ponto existe perfeição.

Sabe aquele livro que a princípio você não dá muita coisa? Acha que será normal, apenas mais um entre tantos, sem nada demais? E sabe quando você se engana completamente após ter esses pensamentos? Então, foi o que me aconteceu com Eve & Adam, porque eu não imaginava que ele fosse me fazer gostar tanto de sua história como fez.

Já quero começar avisando que se você espera por apenas mais uma distopia com um caso de amor, é melhor ir tirando isso da mente. Tem romance? Tem. Mas a essência desse livro vai muito além disso. Se você ler com atenção, o que verá é uma nuança crítica e reflexão sobre os limites da ética. Está é a base dessa história, até onde podemos ir em prol de alguma coisa, qual o limite da ciência, qual o nosso limite.

Isso para mim ficou explícito desde o começo, e como sou curiosa isso foi o que me saltou aos olhos e permaneceu. A respeito dos personagens, Eve a meu ver é uma garota normal, inteligente, com uma certa frieza, mas a sua bondade é o que marca e se ressalta em sua personalidade. Como qualquer garota normal ela tem suas dúvidas, receios, e desejos. Já Solo, esse moço me irritou algumas vezes, ele estava cego por vingança, não havia muita coisa que me atraia, mas aos poucos, fui gostando e me acostumando com seu jeito.

Todos os personagens foram bem fundamentados e receberam características únicas, pessoas diferentes que de alguma forma complementavam e se encaixavam bem na história. O enredo é bem dinâmico, rápido, e com um toque de adrenalina que segura o leitor e nos faz ficar apreensivos sobre as atitudes que os personagens terão.

Assim como toda boa história, ao final o que temos é uma bela surpresa. Não há muitas inovações, ouso a dizer que há sim um fundo clichê, mas é bem trabalhado e de alguma forma surpreende, porque realmente eu não esperava pelo desfecho que teve com as decisões tomadas. Este desfecho pode soar para alguns como algo não convivente, mas como expliquei, se você procura somente por uma história de amor, é essa sensação que você terá, contudo se ler o livro buscando entender suas entrelinhas, o final lhe causa surpresa sim e se torna aceitável e agradável.

Com uma narrativa que flui naturalmente, Eve & Adam é uma história que te prende em todos os sentidos através de suas pitadas de ironia, romance, suspense e ações que nos deixaram no limite e de mãos atadas sobre o que faríamos no lugar dos personagens. Porém acima de tudo é uma obra que sabe como nos fazer refletir e ao mesmo tempo entreter. Grant e Applegate é uma parceria que deu mais do que certo, e desejo muito uma sequência!

Leia também

5 comentários

  1. Olá Daiane, tudo bem?

    Estava doido para ler uma resenha de Eva e Adam porque tenho esse livro na estante e quero ler ele faz uns dias, mas estava na dúvida se lia ele ou outro título da editora e até agora não tinha decidido qual ler. A minha dúvida era muito em relação ao romance presente na história, isso porque me interessei pelo livro devido a capa, que ficou muito chamativa e pela proposta de distopia e romance, mas fiquei com medo do foco ser apenas na relação amorosa e ficar só nisso, coisa que eu não iria curtir muito. Porém, sua resenha esclareceu todas as minhas dúvidas, você ter dito que o enredo é dinâmico e rápido me deixou muito animado e com expectativas, principalmente por saber que existe momentos de adrenalina e apreensão e também pelo fato de que os personagens são bem construídos. Agora sim acho que entendi a história de Eve e Adam, sua resenha, que ficou muito bem escrita e com informações essenciais, respondeu todas as minhas dúvidas, curti muito! Começarei a ler o livro agora a tarde e espero me surpreender, como você.

    Ah, a propósito, essa é a primeira vez que visito o seu blog e gostei muito de conhecer o seu cantinho literário, vou ler outras postagens e ficar ligado, gostei da forma que você escreveu e conduziu a resenha :)

    Abraços
    www.entrepaginasdelivros.com

    ResponderExcluir
  2. Dai, confesso que esse enredo não me anima :/
    ficção científica não é muito meu estilo
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu já tinha passado o olho levemente por esse livro sem que ele me chamasse a atenção, mas agora bateu aquela curiosidade louca de _precisar_ descobrir o fim da história. A frase na capa me fez lembrar do mangá Zettai Kareshi (o namorado perfeito), mas as histórias realmente não parecem possuir muita similaridade.

    The Fat Unicorn

    ResponderExcluir
  4. Oiee

    Quem leu este livro no meu blog foi minha colunista, a sinopse não tinha me interessado e na opinião dela o livro ficou confuso e chato então acabei sem vontade de ler agora com a sua resenha fiquei na duvida se devo dar uma chance rsrs

    Beijos
    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  5. não conheço nenhuma das autoras deste livro, então nem tenho ideia de o que esperar da escrita delas hehe
    também não sou muito fã deste gênero, mas Eve & Adam está recebendo tantos comentários positivos no twitter, e tantas resenhas lindas e maravilhosas igual a sua, que até eu estou curiosa para ler ele kkkkk
    quando li a resenha dele imaginei que fosse só mais uma trama bobinha mesmo, mas depois percebi que ele vai muito além disso mesmo...
    espero conseguir ler ele logo Dai, poruqe estou bem empolgada :D

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011