Resenha: O amor não tem leis - O julgamento final

by - quinta-feira, janeiro 08, 2015

Autor: Camila Moreira
Páginas: 263
Ano: 2014
Editora: Suma de Letras
Compre aqui: Livraria Saraiva

O destino mais uma vez afasta Maria Clara de seu grande amor.
Um trágico acontecimento obriga a jovem a abandonar Alexandre Ferraz no momento em que ele mais precisa dela. Sentindo-se culpada pelo acidente que pode ter tirado a vida de Diego, irmão de Alexandre, Maria Clara não vê outra alternativa a não ser fugir e buscar consolo nos braços de Derek Mayer, o ex-namorado.
Desesperado, Ferraz não consegue entender como ela teve coragem de desaparecer. Com a tragédia que atingiu o irmão, ele descobrirá que o que sente por sua menina é mais forte do que imaginava.
Em O amor não tem leis: O julgamento final, o dr. Alexandre Ferraz tem em mãos o caso mais difícil de sua vida: conquistar o amor de uma mulher determinada a não amar.

Eis que minha ansiedade para o livro de O amor não tem leis – O julgamento final, em que traz o desfecho da história de Clara e Ferraz, finalmente foi aplacada. Após ser literalmente arrebatada para as páginas deste romance, só posso dizer que mais uma vez Camila Moreira arrasou! 

Com o final que o primeiro livro teve, acredito que muitas leitores assim como eu ficaram de coração partido. Confesso que no início deste segundo volume estava com um pouco de medo, e aflita sobre como a situação toda se resolveria. Torci para a aproximação do casal, fiquei com vontade de dar uns peteleco no Ferraz por ser tão cabeça dura, e mais uma vez Clara mostrou-se uma personagem forte, e que me fez admirá-la ainda mais. 

Os personagens secundários também foram primorosamente trabalhados, fazendo com que nosso foco também recaísse sobre eles, reconhecendo-os como únicos e percebendo seus papeis na vida dos personagens centrais. Isso deu uma leveza a obra, deixando-a com um traço mais real. Fiquei com o coração apertado por Dereck, adorei Laís e o Bruno, Nando mais uma vez adorável, e Diego... ah Diego, nosso príncipe, este também tem papel fundamental. Embora eu prefira o lobo mau, confesso que gostaria muito de ler um livro com Diego como personagem central, pois a meu ver o livro dá abertura a essa possibilidade. 

Todo o enredo se desenvolveu bem, e o suspense sobre quem estava tentando fazer a vida do casal um inferno também desperta nossa atenção. Camila soube como conduzir a história, fazendo-nos torcer, rir, ficar aflitos e suspirar. Somos envolvidos até a última página, e devo dizer que a obra se encerrou de uma forma bela, doce, dando aos leitores um desfecho que emociona pela delicadeza e sinceridade. 

Mais uma vez não faltou sensualidade e cenas de nos tirar no ar! Todas muito bem elaboradas, livres e cheias de desejo. Clara e Ferraz são uma explosão de intensidade em todos os momentos, e autora soube como equilibrar esses detalhes em sua escrita, mostrando todos os lados dos personagens e seus sentimentos mais profundos, fazendo-nos render ao amor desses dois. 

O amor não tem leis – O julgamento final está lindo! Confesso que fiquei com o coração apertado ao terminar, não queria que acabasse, mas ao mesmo tempo queria muito saber como tudo se encerrou, dramas de uma leitora enfim. Este é um livro que nos faz sonhar, se encantar com o amor dos personagens, entender e admirar cada um. Mais do que entreter, é um romance que fica em nossa mente e não sai, que nos toca e nos arrebata. Sem dúvida alguma posso afirmar que este é o melhor romance nacional do gênero atualmente.

Leia também

2 comentários

  1. depois de ler a entrevista precisava conferir a resenha, emoção pelo visto não falta!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. aiii, eu ainda não li o primeiro livro ;'( hahahaha
    uma amiga minha já leu os livros e me disse maravilhas dele. a trama parece ser ótima, e o livro é bem no estilo que eu gosto... hehe
    Clara e Ferraz parecem ser uma graça. preciso conhecer eles logo!!! *-*

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011