Resenha: Por lugares incríveis

by - quarta-feira, janeiro 07, 2015

Autora: Jennifer Niven
Páginas: 336
Ano: 2015
Editora: Seguinte
Compre aqui: Pré-venda Livraria Saraiva (lançamento dia 14/01)

Dois jovens prestes a escolher a morte despertam um no outro a vontade de viver.
Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, Violet se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família.
Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los.

Há livros que começamos a ler sem saber muito o que esperar, mas de alguma forma sentimos que ele será diferente, especial talvez. E para mim Por lugares incríveis foi assim. Atraída desde o começo pela sinopse e a promessa de ser um grande sucesso, eu não imaginava que ele teria a profundidade que tem, e entraria assim facilmente para minha lista de favoritos.

Finch e Violet se encontram em uma situação nada usual, ele o garoto chamado de aberração e ela a menina que perdeu a irmã em um acidente e desde então vem tentando lidar com seu sofrimento. Ambos naquele momento na torre da escola estavam com o mesmo pensamento: suicídio. Como a narrativa é em primeira pessoa pelos dois pontos de vista, podemos entender cada um melhor e também passear pelas suas mentes.

Tenho que confessar que Finch me conquistou logo de cara. A personalidade, o jeito, os pensamentos, ele sentia tudo ao seu redor com uma intensidade que extrapola as páginas, e o faz se tornar um personagem incrível, pois tudo nele é imprevisível. A sensibilidade e a sua visão sobre o mundo ao redor de alguma forma me encantavam. As pessoas o viam como o desajustado, o louco, mas a meu ver ele era mais lúcido que a maioria, pois entendia o real valor das coisas e via beleza onde ninguém mais conseguia ver. Embora sofresse com a escuridão que rondava seus sentimentos e lutasse contra os dias sombrios, ele possuía uma luz própria.

Já Violet é uma personagem que considerei como normal, mas teu seu jeitinho único, e aos poucos a entendemos, pois carrega consigo dores de um passado irreversível. Quando Finch entra em sua vida, a coragem esquecida começa a poucos aparecer, assim como a vontade de viver. As visitas e lugares que passam por causa do trabalho de Geografia a faz também conhecer um pouco de si mesma. Junto de Finch, Violet passa a perceber os pequenos detalhes e o que pode ser percebido além daquilo que a vista alcança. Ao final pude admirá-la ainda mais, pois mesmo não sabendo, ela era mais forte do que pensava.

É um livro simplesmente arrebatador, do tipo que lhe tira da sua zona de conforto fazendo você perder o chão enquanto o lê. Você ri, chora, se emociona, e ao final se rende perante a beleza de uma obra contemporânea ousada. É uma viagem a uma reflexão profunda, que nos faz despertar para um tema que muitos tem medo ou não querem falar sobre, mas é real: o suicídio, a agressão, depressão. Niven vem nos abrir os olhos através de sua narrativa jovem, mostrando o que muitos se recusam a ver.

Agora com licença, eu sugiro a Editora Seguinte que junto ao livro venha acompanhado um coração novo, pois ao terminar de ler Por lugares incríveis senti que o meu foi quebrado em mil pedacinhos. Fiquei sem ação, mas com a certeza que este foi um dos livros mais corajosos que li, com um enredo sincero, envolvente e ao mesmo tempo simples, nunca fiquei tão feliz em ter o coração partido por um livro. Você tem que ler!

Leia também

4 comentários

  1. tantos elogios só me fazem ficar ainda mais encantada por um lançamento maravilhoso!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Daiane!

    Fiquei apaixonada pela capa e a sinopse já havia me intrigado. É a primeira resenha que leio de "Por lugares incríveis" e achei bem tocante, o que me fez ficar ainda mais curiosa para ler o livro.

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oiii Dai, acompanhei um pouco da sua euforia em relação ao livro no twitter e desde então fiquei fascinada para conhecer a história, afinal livros que destroem nossos corações são super bem vindos em minha estante e em meu coração também, sinto que irei sofrer, mas também amadurecer e aprender muito com essa leitura, não vejo a hora de conhecer os personagens e descobrir como eles superaram todas as dificuldades.
    Sua resenha só me fez ter certeza ainda mais que quero muitoooo ler o livro.

    Parabéns!!!!
    P.S: Acho que a editora vai ficar te devendo o "coração novo" =(

    Beijos!!!

    @jannagranado
    @lpdiversao
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Aiii, Daiane, que resenha mais linda! É a segunda que leio desse livro, e só me fez ficar mais curiosa! Amo livros nesse estilo, de verdade. Suas palavras ao contar a história de Violet e Finch foram incríveis. Preciso ler agora, já! Beijos e parabéns!

    Letícia Valle
    http://litteraturamundi.blogspot.com

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011