Resenha: True

by - quinta-feira, fevereiro 19, 2015

Autora: Erin McCarthy
Páginas: 260
Ano: 2015
Editora: Verus

True - Quando as colegas de quarto de Rory descobrem que a tímida e estudiosa garota nunca passou uma noite com um homem, decidem que vão ajudá-la a perder a virgindade contratando o confiante e tatuado Tyler para fazer o serviço, porém sem o conhecimento dela. Tyler sabe que não é bom o bastante para Rory. Ela é brilhante, enquanto ele está lutando para se formar na faculdade e conseguir um emprego, para, então, poder tirar seus irmãos mais novos da mãe drogada. Mas ele acaba aceitando a proposta, pelo menos como uma oportunidade de conhecer Rory melhor. Há algo nela que o intriga e o faz querer ficar por perto — mesmo sabendo que não deveria.
Divididos entre o bom senso e o desejo, os dois se veem envolvidos em uma relação apaixonada. Mas, quando a família desajustada de Tyler ameaça destruir seu futuro — assim como o dela —, Rory precisa decidir se vai cortar os laços com o perigoso mundo do namorado ou se vai seguir seu coração, não importa o preço a pagar.


A primeira vista True foi um livro que não despertou meu interesse. Ao ler a sinopse tão comum pensei “ah, mais um livro igual a tantos outros que já li”, contudo ainda assim quis dar uma chance. A curiosidade aos poucos foi despertando, até que ao adentrar as primeiras páginas percebi que estava totalmente enganada. 

Não que a história não siga por essa linha tão batida do mocinho problemático e garota certinha desajustada, mas sabe envolver, tocar, e acima de tudo: convencer. Esta se aproxima e também se distancia das tantas outras que conhecemos. A narrativa é em primeira pessoa sob a visão da Rory, a qual é lógica, típica nerd e virgem. A meu ver ela não encara isso como um problema, não percebi "neuras" em relação a isso, é apenas algo que ela é, simples. O traço marcante de sua personalidade é a sinceridade, e embora passe por alguns momentos difíceis não enche a paciência do leitor com mimimis, ponto para a personagem! 

Já a impressão que tive do Tyler era que eu poderia encontrá-lo normalmente numa rua ou outro lugar qualquer. Claro que o moço possui os traços típicos de perfeições dos protagonistas de NA, mas ele é muito mais palpável como personagem, o que o diferencia dos demais e dá um toque de normalidade - muito bem-vindo por sinal. Seus dramas são reais, nos emocionam, e faz admirá-lo pela sua coragem e exímio caráter. Por debaixo de uma faxada dura, há um homem com coração sensível. 

Duas pessoas opostas que se desejam, cada um com uma carga de problemas, e o que parecia impossível não é mais tão impossível perante o amor e respeito que um tem pelo outro. Aos poucos as barreiras do preconceito vão sendo quebradas, o universo de ambos é apresentado e assim eles tem a oportunidade de perceber que nem tudo é o que parece, e julgamentos podem ser precipitados. 

As cenas com os irmãos de Tyler foram as que mais me emocionaram, pois mostram que mesmo em meio ao caos de suas realidades eles procuravam manter a união, fortalecida pelo carinho e por um laço de amor incondicional. Adorei como a Rory também foi adentrando a este meio, dando o seu melhor, seu lado generoso, bom, o qual se destaca e assim não há como deixarmos de admirá-la também. 

O enredo foi bem conduzido, McCarthy tem uma narrativa envolvente, colocando frases aos finais de cada capítulo que prendem o leitor e o induzem a literalmente não conseguir parar de ler. O desfecho pode até ter sido previsível, mas também não foi surreal - o que é bom, e deixa a obra mais com os pés no chão. True é uma história simples, porém que encanta e nos faz acreditar no amor e conhecê-lo em suas diferentes formas. Um clichê cheio de diferentes verdades. Com certeza não me esquecerei desse livro tão facilmente, e claro, ele já ganhou um carinho muito especial comigo.

Leia também

22 comentários

  1. Lembrou um pouco Belo desastre e Perdendo , mas mesmo assim quero ler pois amo New Adults , gostei desse livro desde que soube que ia lançar aqui, a capa é linda.Amei a resenha.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. antes de tudo, que capa linda que a editora criou para o livro, de cara pensei que seria como você: mais do mesmo, mas super me surpreendi por uma trama bem escrita e que conquista nas primeiras páginas
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Daiane!
    Tão bom quando um livro nos surpreende, não é?
    Gosto dos romances e até espero os clichês, porém saber que há um diferencial no enredo e ainda uma união familiar que os tona mais próximos a nós, é bom demais.
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Resenha Incrível, estou louca para ler o livro, sou apaixonada por livros, livros de romance então é perfeito, amei a resenha, essa capa é perfeita, maravilhosa! Quero Muito Ler ♥

    ResponderExcluir
  5. Ao contrário de tu, o livro logo de início já despertou minha curiosidade.
    Gostei de a protagonista não ser neurótica com o fato de ser virgem.. que pela virgem escriba! Isso é o que mais tem nas obras literárias. Me lembrou um tanto Easy, da Tammara.
    Gostei de saber que a autora conduz bem e que a gente não parece ficar perdido.
    É uma delicia quando a gente se deixa conquistar.
    Abraços Daiane.
    leituras-insanas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Adoro New Adult, mas existem tantos deles por aí, que muitos acabam sendo ruins e clichês. Depois de ler a sua resenha fiquei bastante interessada e saber como a trama acaba, mesmo sendo o mesmo blá blá blá de sempre com um problemático e a garota certinha e desajustada, vou dar uma chance para o livro porque a sua resenha realmente me despertou a curiosidade! rs

    Beijos!

    Viviane Gonçalves
    vsg_caue@hotmail.com

    ResponderExcluir
  7. aaah, eu estou mega curiosa para conhecer esta trama.
    quando li a sinopse pela primeira vez também pensei que fosse tratar de uma trama clichê e sem graça, mas depois que comecei a ler uns comentários dele fiquei bem curiosa.
    não tinha lido nenhuma resenha dele ainda, mas depois desta sua fiquei mega curiosa! *-*
    adoro ler NA, e ver que este tem uns traços diferentes do habitual me deixa ansiosa!!!

    ResponderExcluir
  8. O livro não tem uma premissa muito original, mas pelo jeito ele é bem desenvolvido e acredito que esse seja o diferencial. As personagens também parecem ser mais maduras e não os típicos problemáticos que geralmente vemos nas histórias. Eu gostei bastante da capa. Ilustração, fontes e cor estão em harmônia, é um belo livro.

    http://umadosemaisforte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Pela sinopse parece mesmo ser um enredo como tantos outros, mas legal que ele conquista. Vou anotar a dica.
    Bjs< Rose

    ResponderExcluir
  10. Pela sinospe para ser muito bom, lembra uma mistura de Dominic, com Belo Desastre e Perdendo-me né!!!
    Adorei a estória parece ser muito bom, e com as opiniões fiquei mais animada ainda pra ler, parabéns pela resenha!!!

    ResponderExcluir
  11. Pelo Que li na sua resenham é um livro gostoso de se ler ,e principalmente percebo que cada capitulo é uma emoção diferente ,tipo Seila ,não sei explicar estou ansiosa pois quero muito esse livro .
    Adorei a historia ,é discreto sem ser rsrs ,Não sei explicar.

    ResponderExcluir
  12. Eu apaixonei por essa capa! A sinopse me chamou muito a atenção também, apesar de parecer clichê como você disse e de me lembrar um pouco Belo Desastre. Mas como amei o Travis e agora sei que é em primeira pessoa estou com mais vontade de ler. Sua resenha me deu mais uma motivação, gosto de saber que a autora conseguiu carregar o drama dos personagens para o enredo e deixar a história emocionante, sem parecer forçado ou impossível.
    Adorei a resenha, subiu o livro pro top 10 da listinha de desejados.

    ResponderExcluir
  13. o livro 'true' parece ser apaixonante ! ficaria mt feliz se eu pudesse le-lo algum dia.

    ResponderExcluir
  14. Amei a capa, amei a resenha! Quero muito ler :)

    ResponderExcluir
  15. O livro é bem do modo cliche, mas eu gostei do modo que a autora mostrou seus personagens e deu direção a historia. Apesar da capa nao sei LINDA, eu quero ler esse livro o quanto antes.

    ResponderExcluir
  16. Legal saber que o livro não é apenas aquele típico clichê de mocinha recatada e mocinho bad boy, saber que tem mais coisas por trás principalmente na vida dele, o que o faz mais humano, foi uma sacada e tanto da autora. E trazer o lado família a tona faz toda a diferença.
    Já me vejo apaixonada pelo Tyler s2

    ResponderExcluir
  17. Eu tenho uma mania de comprar livros, e foi inevitável pra mim não comparar True com After, aí já fiquei com o pés atrás... Apesar disso, não gosto de julgar o livro antes de ler, então sempre dou uma chance. Pelo que pude ver da resenha, os personagens de True parecem ser aquele tipo de pessoa que esta construindo a personalidade, mas ao mesmo tempo já têm uma certa maturidade, e eu gosto disso. Não reclamo da premissa clichê que o livro tem, porque eu amo um clichê, admito!!
    xx

    ResponderExcluir
  18. Já estava bastante interessada em ler esse livro só pela sinopse, e agora depois de ver essa resenha fiquei ainda mais ansiosa em conferi essa história que parece ser ótima.

    ResponderExcluir
  19. Como vc, a sinopse tbm não me chamou a atenção... não gosto de livros nos quais os personagens principais sejam adolescentes ou estejam na faixa intermediário entre a fase adolescente e adulta. Mas li uma resenha bem legal que me fez mudar de ideia.

    ResponderExcluir
  20. Ai, que doce sua resenha! Adorei!
    Até esse momento não tinha me interessado tanto pelo livro.Já estava imaginando o mesmo que você, mais um NA normal. Que bom que esse é diferente.
    Pretendo ler logo logo esse livro.

    ResponderExcluir
  21. True me chamou atenção primeiro pela capa, depois por ser NA (adoro esse gênero). Mas, apesar de gostar muito dessa premissa de badboy e mocinha toda certinha que acabam se apaixonando, queria saber a opinião de alguém que leu o livro falando o que achou. E depois de ver que esse livro não te despertou interesse no início, e fez você gostar no final, com certeza vou querer ler.

    ResponderExcluir
  22. Já tinha ouvido falar desse livro, porém nunca parei para realmente saber sobre a história... Ao ler a sinopse tive a mesma impressão que você, até desanimei um pouco, mais uma história típica de NA e que não se destaca em quesito originalidade, mas ao continuar lendo a resenha descobri que esse livro na verdade parece ser incrível, amei o fato de você poder se identificar com as situações, isso é tão difícil de ser encontrado nesse tipo de livro e que maravilha saber que ela não fica de mimimi eu tenho uma raiva de personagens assim --' Amei a resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011