Resenha: Destinada à sepultura - Night Huntress #4

by - quarta-feira, março 18, 2015

Autora: Jeaniene Frost
Páginas: 312
Ano: 2012
Editora: Novo Século

Destinada À Sepultura - Desde que a mestiça Cat Crawfield e seu amante vampiro se conheceram, há seis anos, já enfrentaram mortos-vivos trapaceiros, combateram um vampiro Master vingativo e celebraram sua devoção mútua com a união pelo sangue. Agora merecem um descanso.
Mas sua esperança de uma viagem perfeita a Paris é abalada quando, certa noite, Cat acorda aterrorizada. Ela tem visões com um vampiro chamado Gregor, ainda mais poderoso que Bones, que afirma ter laços com Cat no passado, laços que ela própria desconhece.
Na batalha iminente entre o vampiro que assombra seus pesadelos e aquele que tem seu coração, Cat vai precisar de todo o poder que puder convocar para destruir o pior sanguessuga que já enfrentou...
Mesmo que obter esse poder resulte numa “ida à sepultura”.


E chegamos a resenha do quarto livro da série Night Huntress! Uma das minhas séries de vampiros preferidas, então claro, sou sempre suspeita quando vou falar sobre ela. Este volume começou com um cenário que como todos sabem eu sou fã - Paris! Ao ver Cat e Bones na cidade luz certamente não pude evitar meus suspiros de satisfação.

Só que em meio a esse paraíso surge Gregor, um poderosíssimo vampiro (até mais do que Bones) que afirma que Cat é sua! Sim, com os devidos laços de sangue e tudo, antes dela ser de Bones. Meu Deus, neste momento eu já quis a cabeça de Frost na minha estante, mas tudo bem, esperei para ver até onde isso iria. E se não bastasse, Gregor tem o poder de invadir os sonhos de nossa ceifadora ruiva, e até mesmo pode roubá-la...

Lógico que Bones não gostou nada dessa história, e agora uma guerra está em iminência, todos querem o pescoço de sua amada -literalmente. Este começo da trama embora estivesse bom, ainda assim não me envolvia muito, senti certa lentidão nas primeiras cem páginas, tanto que dei uma boa pausa na leitura. Cheguei até a pensar que a autora me decepcionaria pela primeira vez com um livro seu. Quão inocente eu fui, esqueci que quando se trata de Night Huntress decepção é uma palavra que não existe no vocabulário.

Contudo, pela primeira vez eu me revoltei com a Cat, algumas de suas atitudes me fizeram querer ardentemente estapeá-la (cheguei a brigar com ela enquanto lia, o que deve ter passado a impressão que sou louca para meus parentes). Não concordei com alguns dos seus atos, achei precipitados, falhos, mas ainda bem que Frost fez ela pagar pelo que fez, agora como ai vocês vão ter que ler pra descobrir. Bones não precisa de comentários, porque aos olhos da blogueira aqui ele sempre será perfeito.

Depois das primeiras 130 páginas senti que a história entrou em um ritmo muito bom, e claro, várias coisas acontecem que nos deixam de queixo caído. Eu não imaginava que já neste quarto livro alguns personagens centrais tivessem certo destino e que nos surpreenderíamos com alguns outros. Somente com uma ação ainda não consegui concordar completamente, mas acredito que Frost deve ter uma ótima explicação ou aventura nos próximos livros para ter feito o que fez. E em partes, até que tem um lado bom.

Humor e sensualidade não faltam. Aventura, sangue, muitas brigas, um final de tirar o fôlego com momentos em que o leitor sente o coração parar com medo de ler até a próxima linha, sim também não faltam. Se beijei mentalmente os pés da Frost após terminar a leitura? Sim, beijei. Se obrigo indico a todos os amantes de literatura sobrenatural e vampiros a ler a série Night Huntress, tipo agora? Claro! Já está lendo a série? Quarto livro já deve estar lhe esperando, acredito, ai ao seu lado agora, se não tiver, pois trate de providenciá-lo, pois está ótimo, como sempre!

Leia também

2 comentários

  1. de verdade, não é uma proposta que me atraia! estou meio que fugindo de livros com essa temática pois enjoei
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Simplesmente amo essa série, vou começar o quarto livro AGORA ! <3

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011