Resenha: Minha mãe é uma peça

by - sexta-feira, março 20, 2015

Autor: Paulo Gustavo
Páginas:150
Ano: 2015
Editora: Objetiva

Minha Mãe É Uma Peça - 'Minha mãe é uma peça', agora em livro e com histórias inéditas de Dona Hermínia. Essas crianças ainda matam Dona Hermínia de tanta preocupação. Após berrar com os filhos no teatro, no cinema e na TV, ela agora narra as desventuras com a família em livro. Marcelina, que está “imensa de gorda”, e Juliano, que em vez de trabalhar prefere decorar as coreografias daquela “cantora negona linda, a Cebion”, não são os únicos que escutam poucas e boas. Sobra bronca também para o ex-marido, Carlos Alberto, para a nova mulher dele, “a vaca da Soraia”, e para a empregada Valdeia, “que prefere ser chamada de secretária, mas ainda não chegou lá”.
Em sua estreia na literatura, Dona Hermínia — ou melhor, Paulo Gustavo, seu criador — fala sobre sexo, dietas e religião, dá conselhos de como criar os filhos, explica a antipatia que tem por Freud e sua “mania de colocar tudo que é culpa na mãe”, mostra como navegar na internet e faz seu guia de viagens. E, ao contrário dos manuais que ensinam como segurar o marido, conta os segredos para não perder o ex.
Paulo Gustavo ficou famoso com o monólogo Minha mãe é uma peça, em cartaz desde 2006. Pelo papel, foi indicado ao Prêmio Shell de Melhor Ator. Em 2013, o espetáculo virou filme, que teve o maior público do cinema nacional no ano, com 4,6 milhões de espectadores. Agora, a dona de casa divertida e mandona, que arranca gargalhadas cúmplices no teatro, na TV e no cinema, surge no livro Minha mãe é uma peça em fotos, ilustrações e textos inéditos escritos com a colaboração de Ulisses Mattos e Fil Braz.

Certamente você já deve ter ouvido falar de "Minha mãe é uma peça", seja no Teatro, na TV ou no cinema, fato é que Dona Herminia já ganhou o coração de milhares de pessoas. Personagem criada pelo ator e comediante Paulo Gustavo, dessa vez ela vem nos contar suas histórias em um livro. E o que posso dizer sobre ele além de que está simplesmente sensacional?

Meu Deus, poucos livros me fizeram rir tanto como este. Ainda bem que o li em casa, porque tive surtos de risos, do tipo aqueles que chegamos a rolar pelo tapete e sair lágrimas dos olhos. Acredito que todos nós já conhecemos ou temos alguém como Dona Hermínia em nossa vida, seja mãe, avó, tia, fato é que, com certeza, você se sentirá familiarizado com ela e suas opiniões. E o que torna essa personagem marcante e a faz conquistar o público que conquistou é justamente isso.

A narrativa é algo que merece destaque, a sensação é que estamos frente a frente com ela, e não há como parar de ler, pois quanto mais lemos, mais queremos continuar. Dona Hermínia não tem papas na língua, fala sobre tudo mesmo! Sexo, internet, ex-marido, filhos, e muito mais. Sinceridade é sua marca registrada, e obviamente não há como não amá-la.

Além de letrinhas rs há várias ilustrações, como ela gosta! O que me faz perceber o quanto Paulo Gustavo a compôs de uma forma tão bacana, pois encarnou esta personagem e não há dúvidas, ela veio para ficar! Esta é uma linda homenagem a muitas mães, tanto que várias passagens li em voz alta para a minha ouvir "olha mãe, parece você!!" (ela concordava com tudo rs - medo).

Situações cotidianas que farão você se identificar fácil, e histórias hilárias! O sucesso dos palcos, com certeza se repete agora na literatura. Eu queria muito que tivesse mais um livro com as histórias de Dona Hermínia, para mim 150 páginas foi pouco, quero mais! É uma obra deliciosa, que transborda humor e um carinho que só quem tem alguém como ela por perto pode entender.

Se você ainda não conhece essa personagem, está na hora de conhecer! Recomendo e muito a leitura, principalmente para os momentos que você quer ler algo para descontrair, leve, fácil, rápido e que lhe envolva facilmente. Prepare-se para rir muito, e ao final se render ao talento de Paulo Gustavo, e também reservar um espacinho no coração pra essa mãe que já ganhou o Brasil todo!

Leia também

1 comentários

  1. dona Herminia é uma verdadeira peça! eu só quero ver quando eu ler este livro, nem sou escandalosa!

    Quando der, de uma passada no blog, adorarei sua visitinha!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011