Resenha: O Pequeno Príncipe

by - domingo, março 15, 2015

Autor: Antoine de Saint-Exupéry
Páginas: 160
Ano: 215
Editora: Geração Editorial

O Pequeno Príncipe - Um piloto cai com seu avião no deserto e ali encontra uma criança loura e frágil. Ela diz ter vindo de um pequeno planeta distante. E ali, na convivência com o piloto perdido, os dois repensam os seus valores e encontram o sentido da vida.
Com essa história mágica, sensível, comovente, às vezes triste, e só aparentemente infantil, o escritor francês Antoine de Saint-Exupéry criou há 70 anos um dos maiores clássicos da literatura universal. Não há adulto que não se comova ao se lembrar de quando o leu quando criança.
Trata-se da maior obra existencialista do século XX, segundo Martin Heidegger. Livro mais traduzido da história, depois do Alcorão e da Bíblia, ele agora chega ao Brasil em nova edição, completa, com a tradução de Frei Betto e enriquecida com um caderno ilustrado sobre a obra e a curta e trágica vida do autor.

O Pequeno Príncipe é um dos maiores clássicos da literatura mundial, já foi traduzido inúmeras vezes em diversos países. Certamente você já deve ter lido essa obra clássica de Sant-Exupéry que fez parte da infância de muitos de nós. Eu o li há muitos anos também, porém ter a chance de reler ainda mais nesta bela edição foi uma experiência mais que gratificante.

Muitos pensam que essa é apenas uma história infantil, mas enganam-se completamente. Sua base possui reflexões de temas universais comuns a todo ser humano, independente da idade. Nesta aventura do pequeno princepezinho, através de seus aprendizados e observações nos sentimos tocados pela simplicidade e sinceridade com que sentimentos são expostos.

Uma obra que emana doçura e inocência, porém que abaixo de uma superfície leve apresenta uma profundidade incomparável. Mostrando assim porque é um clássico que resistiu aos tempos, tornando-se atemporal em qualquer tempo que a leitura for realizada e causando identificação a todo leitor.

Quando criança este livro me encantou e algumas das metáforas presentes me pareciam lindas. Este encanto permanece, porém hoje os tantos significados presentes nestas se estenderam. As experiências que acumulamos com o passar dos anos, interferem nessas interpretações e também em como as sentimos. Diversas das cenas presentes e as tantas observações, hoje me tocam mais, levando-me a uma reflexão de maiores proporções.

Nesta edição da Geração Editorial, as ilustrações se apresentam em cores vivas convidativas, e em cada página percebe-se o cuidado com os detalhes, que deixam a experiência de leitura ainda mais envolvente e encantadora. Ao final conhecemos melhor biografia do autor, junto com informações de seus livros e edições do Pequeno Príncipe pelo mundo, com mais ilustrações e curiosidades.

Se você já leu, nunca é tarde demais para reler O Pequeno Príncipe e reviver as gostosas sensações que esta leitura nos proporciona. Para leitores que também amam belas edições e são colecionadores, acredito que esta vale muito ter na estante, é uma das melhores edições que já encontrei da obra. E claro, também é valido como um presente certo e inesquecível! Abaixo confiram algumas fotos e veja como é realmente linda.






Leia também

1 comentários

  1. que linda a diagramação interna!
    eu sempre ouvi maravilhas da história, mas só li uma vez quando pequena e quase não me lembro, então espero remediar isto o mais rápido possivel
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011