Resenha: Um lugar no coração

by - quinta-feira, março 05, 2015

Autora: Amy Hatvany
Páginas: 361
Ano: 2015
Editora: Verus

Um Lugar no Coração - Grace nunca quis ser mãe. Mas, quando ela conhece Victor, um homem bonito, carismático, separado e pai dos adolescentes Max e Ava, decide que pode aprender a ser uma ótima madrasta. Afinal, as crianças moram com a mãe, Kelli. Não pode ser tão difícil assim, certo?
Aos treze anos, Ava é bastante madura para a idade. Desde o divórcio de seus pais, ela cuida da mãe emocionalmente instável e do irmão mais novo. E, apesar de não ter nada contra a namorada de seu pai, Ava ainda tem esperança de que os pais voltem a ficar juntos e sejam novamente uma família. Mas, poucos dias depois de Victor e Grace ficarem noivos, Kelli morre em circunstâncias misteriosas — e segredos assombrosos de sua vida são revelados.
Narrado por Grace e Ava no presente, com flashbacks do passado conturbado de Kelli, Um lugar no coração é um retrato comovente e apaixonante de feminilidade, amor e dos desafios e alegrias da vida em família.

A capa linda é o que de imediato me chamou a atenção para "Um lugar no coração". A sinopse sugere um romance emocionante - expectativa que é prontamente atendida em capítulos que discorrem a história dessas três mulheres, juntamente de seus dramas e os sentimentos intrínsecos nas relações familiares.

O livro apresenta uma narrativa sob os três pontos de vistas: Grace, Ava (primeira pessoa) e Kelli (terceira pessoa). Elas tem seus caminhos cruzados. Grace, a noiva de Victor, uma mulher confiante e independente, e Kelli, a ex, e mãe de Ava e Max. A cada capítulo vamos conhecendo cada uma, suas histórias, seus medos, ao mesmo tempo em que somos envolvidos pelo mistério que envolve a morte de Kelli.

O enredo é conduzido por uma escrita cálida, fazendo com que a cada nova página possamos sentir a emoção pungente – traço que percorre toda a narrativa. Aos poucos sentimos que nos aproximamos página a página às personagens, pois suas histórias vívidas são facilmente identificáveis pelo leitor. A emoção que acompanha cada uma e seus traços de personalidade, tornam o drama real e de fácil de envolvimento.

Em alguns momentos fiquei sem fôlego, é uma grande carga de emoção e também de reflexão. Pois esta é uma história que nos toca pela sinceridade marcante em cada atitude e pensamento, deixando-a assim dolorosamente real. Hatvany soube com grande maestria transpor para suas linhas relações humanas que diante de sua escrita tornam-se límpidas.

Há uma sensibilidade que se destaca até mesmo nos pequenos detalhes, facilitando a empatia do leitor com os personagens. Às vezes sentimos raiva, em outros passamos a compreender, não há como não deixar essa obra ganhar um pedacinho de nosso coração e também uma margem de reflexões em nossas mentes.

Um lugar no coração é uma história que vai além do que aparenta ser, possuindo uma profundidade que comove, toca, indo além de uma simples superfície fictícia. Um livro belo que merece ser lido, principalmente por aqueles que desejam uma obra que apresente em suas entrelinhas sentimentos que entram em sintonia com o próprio coração.

Leia também

2 comentários

  1. Amiga tenho bastante curiosidade em ler esse livro viu?
    Sério, já vi várias resenhas falando sobre ele e adorei e agora lendo a sua com tanta perfeição eu simplesmente me encantei. Eu acho que tu escreve divinamente bem e não sei porque não é resenhista do meu blog =[ buaaaaaaaaaaaaa....hahahaha...Mas mesmo assim eu admiro a maneira como vc se expressa sobre os livros que lê, porque realmente dá para sentir em suas palavras. Espero ter a oportunidade de ler, porque agora no momento estou sem dinheiro e com o passar do tempo tudo vai ficando dificil pra gente conseguir né? Mas enfim... Se cuida amiga e fica com Deus

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/03/resenha-verdadeira-bela.html

    ResponderExcluir
  2. aos pouquinhos este livro esta me conquistando, tenho lido uma opinião aqui outra acolá que tem me estimulado bastante!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011