Resenha: Vire a página

by - quarta-feira, fevereiro 10, 2016

Autora: Rebecca Beltrán
Páginas: 141
Ano: 2015
Editora: Verus

Um livro com mais de cem atividades para exorcizar os seus demônios e esquecer o seu ex
Escreva, recorte, cole, desenhe e pinte, mas, acima de tudo, divirta-se e espaireça
Quando terminar, você vai perceber que o sol continua nascendo todas as manhãs
Vire a página!


Quando tive esse livro em mãos confesso que ri, algumas folheadas já me bastaram para chamar a amiga do lado da redação e dizer: olha isso, cara!. “Nossa, mas ele é tão divertido assim?”, para mim foi sim! Deixei para ler depois, sentia que ele não era indicado para mim naquele momento, então resolvi pegá-lo novamente quando a curiosidade surgisse. E ela surgiu! 

Vejo “Vire a página” como uma criação divertida da Rebecca Beltrán. As atividades para esquecer o ex a meu ver são engraçadas e bem satirizadas. Ri em diversas passagens, até brinquei de listar algumas coisas do ex, então foi algo que para mim funcionou como uma “brincadeira”. Contudo, devo acrescentar que o meu “eu” tenha influenciado nessa visão, pois estou solteira e feliz, obrigada. Mas para alguém que está saindo agora de um relacionamento, essa visão pode mudar, e o livro se tornar como um bom aliado para lembrar que você tem que seguir em frente. 

Analisando sob este último ponto de vista, as atividades são focadas em te mostrar que ninguém é perfeito, e “endeusar” tanto as pessoas simplesmente não faz sentido. Várias atividades são para você colocar o que te irritava, os defeitos, ou seja, tudo aquilo que era 'negativo' no outro e você não percebia, pois é normal focarmos só nas qualidades. Então, elas só querem que você veja o lado positivo e do que acabou de se livrar. Essa é uma boa tentativa para aquelas pessoas que se remoem tanto e não conseguem sair do passado. 

Em suma, todas as atividades servem para te mostrar uma coisa: virar a página só depende de você. Tudo é para te mostrar que há mil e uma maneiras de você ser feliz sozinha, que não precisa de outra pessoa para te dar o que já deveria ter dentro de você: o amo próprio! 

A obra em si é bem escrita e as ilustrações são impecáveis. Seguindo essa onda dos livros interativos, ele cumpre bem sua proposta de fazer o leitor espairecer e se divertir, então não vejo o porquê de exorcizar o livro. O toque bem-humorado de alguns trechos e a mensagem positiva já fizeram a leitura valer a pena. Então sugiro que o encare com leveza!* 

Se você não sabe como esquecer o “falecido” talvez este livro te ajude e lhe faça ver positivamente essa nova fase. Porém, se está solteira e de boa, leia para descontrair um pouco, não é algo que vá te acrescentar enormemente, mas ele cumpre seu propósito de te fazer se divertir! Ou presenteie aquela sua amiga que insiste em rolar na fossa e não sai dela de jeito nenhum. Ela vai lhe agradecer depois! 


*Não seja ranzinza, deixe os julgamentos um pouco de lado e lembre-se da proposta da obra: te fazer se divertir!

Encontre vários cupons de descontos para comprar seus livros e muito mais neste link e economize! 

Leia também

0 comentários

Blog no ar desde 08/11/2011

Blog no ar desde 08/11/2011